Classe: Juvenis} Lição 9 Os Dons do Espírito Santo - Subsídios Dominical

Breaking

Home Top Ad

Post Top Ad

Novos Subsídios Bíblicos para as lições  O corpo de Cristo, 1° trimestre de 2024


Classe: Juvenis} Lição 9 Os Dons do Espírito Santo

Lições Bíblicas Juvenis 4º Trimestre 2023, CPAD Professor | REVISTA: O Espírito Santo em Nós.

Comentarista: Carlos Alexandre 

“Mas a manifestação do Espirito é dada a cada um para o que for útil." (1 Co 12.7)

LEITURA DIÁRIA

1 Co 12.1 Não podemos ignorar os dons

1 Co 12.4 Existe uma diversidade de dons

1 Co 12.11 O Espírito distribui os dons

1 Co 14.1 Devemos desejar os dons

1 Co 12.30 Não possuímos todos os dons

1 Co 14.39 Devemos buscar profetizar

Leia também

Lição 4 - O Espírito Santo no Antigo Testamento

Lição 5 - O Espírito Santo no novo testamento

Lição 6 - O Espírito atuante em Cristo

Lição 7- O Espírito Santo atuando no crente

Lição 8 O Batismo no Espírito Santo

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Romanos 12.4-8

4 Porque assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma operação,

5 assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros.

6 De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada: se é profecia, seja ela segundo a medida da fé:

7 se é ministério, seja em ministrar: se é ensinar, haja dedicação ao ensino;

8 ou o que exorta, use esse dom em exortar; o que reparte, faça-o com liberalidade; o que preside, com cuidado; o que exercita misericórdia, com alegria.

1 Coríntios 12.1,4-11

1 Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes.

4 Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.

5 E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.

6 E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.

7 Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um para o que for útil.

8 Porque a um, pelo Espírito, é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência;

9 e a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar;

10 e a outro, a operação de maravilhas; e a outro, a profecia; e a outro, o dom de discernir os espíritos; e a outro, a variedade de línguas; e a outro, a interpretação das línguas.

11 Mas um só e o mesmo Espírito opera todas essas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.


CONECTADO COM DEUS

Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes..." (1 Co 12.1). O apóstolo Paulo tinha uma legítima preocupação sobre este assunto, por isso buscou orientar os crentes em Corinto. Esse assunto também deve interessar, atualmente, a todo crente, pois o batismo no Espírito Santo e os dons espirituais são ainda uma realidade em nossos dias, não ficando só restrita à época de Paulo.


O Espírito Santo atua na vida da Igreja de modo bem peculiar. A prova de que Ele veio no dia de Pentecoste, para dar início à Igreja, não se limita à experiência das línguas que falaram e nem mesmo aos sinais que presenciaram, mas à continuidade do seu trabalho, atuando de modo poderoso através dos dons. Por meio dEle, o Senhor os reparte a cada um como quer.

 

OBJETIVOS

EXPLICAR o significado e o propósito dos dons;

DIFERENCIAR os dons ministeriais dos dons espirituais;

ENTENDER a maneira como o Espirito Santo distribui os dons.


ANTES DA AULA

O professor da Escola Dominical é um líder do processo dinâmico de ensino e aprendizagem, mas essa tarefa de educar não é exercida sozinha. É preciso contar com outros agentes. Dialogar com vizinhos, pais, irmãos de outros departamentos da igreja se faz muito necessário para conhecer a realidade e experiências vividas pelos alunos. Trazer essas realidades para a sala de aula na contextualização e aplicação do conteúdo pode fazer a diferença na aprendizagem. Ter uma visão ampliada sobre a realidade do aluno pode ajudar no planejamento do conteúdo para que se torne relevante para ele. Estabelecer pontes de diálogos com outras pessoas e instituições ajudem a ampliar o horizonte de alunos e professores, além de poder mudar uma classe.


1. SIGNIFICADO DOS DONS

1.1. O que são dons?

A palavra “dom" significa presente, dádiva, donativo ou também se refere ao dote natural de cada pessoa. Os dons espirituais significam dádivas de Deus concedidas à sua igreja para edificação da mesma. Existe uma variedade de dons e, quanto mais a Igreja possuí-los, mais operações do Espírito acontecerão. Ninguém recebe os dons por merecimento e a Bíblia diz que o Espírito concede a cada um como lhe apraz.


1.2. Classificação dos dons

O Espírito Santo atua de diferentes modos na Igreja de Cristo, distribuindo dons que são classificados pelos estudiosos como dons ministeriais (são os dons que se relacionam com o serviço da igreja) e espirituais (são os dons relacionados à vida espiritual da igreja).


1.3. Os propósitos dos dons

Muitas pessoas recebem os dons do Espírito com propósitos divinos específicos. Dentre eles, podemos destacar:

a) Revelar ao mundo que a igreja é o Corpo de Cristo, e, assim, no nome de Jesus será glorificado;

b) Confirmar a Palavra de Deus através da operação de milagre (Mc 16.15-20);

c) Edificar o crente em particular e, a igreja de um modo geral (1 Co 14.12).

2. OS DONS MINISTERIAIS

Em Romanos 12.4-8, Paulo falou da importância que cada crente tem na Igreja de Jesus. Ele usou a figura de um corpo e seus respectivos membros, distinguindo a importância de cada um (Rm 12.5), Em seguida, o apóstolo passou a descrever os dons ministeriais, mostrando que todos podem estar ocupados na obra de Deus, desempenhando um trabalho importante com muito zelo e amor.


a) Profecia. A profecia é o único dom que aparece também na outra lista (1 Co 12.7-11). É importante destacar que pronunciar alguma palavra da parte de Deus aos homens é algo que demanda fé e responsabilidade.

b) Ministério. O sentido que Paulo emprega aqui, “ministrar” ou “servir”, é a disposição, capacidade e poder, dados por Deus, para alguém servir e prestar assistência prática aos membros e aos líderes da igreja, a fim de ajudá-Los a cumprir suas responsabilidades para com Deus (At 6,2,3).


c) Ensino. Ensinar requer dedicação e é uma tarefa de implicações sérias. Deus deu à Igreja esse ministério levantando pessoas qualificadas para isso (Ef 4.11), pois apenas o Espírito Santo pode sustentá-lo.


d) Exortação. A ideia de exortar, aqui, é diferente de falar duro com alguém, mas consolar as pessoas, encorajando-as.


e) Assistencial. A Igreja tem um tipo de serviço que é repartir com os necessitados. Hoje essa tarefa é mais conhecida como “assistência social” e para esse tipo de serviço a recomendação bíblica é a liberalidade. Esse dom caminha junto com a misericórdia, que é compaixão pelos necessitados.


Não podemos ser indiferentes com os que sofrem, e também não podemos ajudar alguém para “ficarmos bem com a nossa consciência". Devemos exercer compaixão com alegria no coração, sendo misericordiosos como no exemplo da parábola do Bom Samaritano (Lc 10.30-37).


f) Administração. Nem todos estão no posto de liderança. Existe uma hierarquia que deve ser respeitada, pois ela foi constituída por Deus para o bom andamento da sua obra na Terra. Por isso a exigência que a Bíblia faz para quem preside, é muito alta: “com cuidado". Dessa forma, devemos fazer o que a Bíblia manda: obedecer aos nossos pastores (Hb 13.7.17). pois muito é exigido também deles.


INTERAÇÃO

O corpo humano é uma das figuras que representa a organicidade da Igreja de Cristo, em que a existência de diversos órgãos, contribuem juntamente para um mesmo corpo. Para ajudar na compreensão desta aula, selecione uma imagem, corte-a em alguns pedaços e distribua para os seus alunos. Depois peça para que cada um venha a frente para encaixar o pedaço e remontar a imagem. Explique que os dons espirituais são recursos que Deus concede individualmente a cada crente com objetivo de edificação de toda a igreja. Cada um contribui com o dom recebido e todos são edificados.

Enfatize que os dons espirituais têm grande significado para nós. É por intermédio deles que vivificamos a nossa fé.

3. OS DONS ESPIRITUAIS

Os dons Espirituais são descritos em 1 Coríntios 12.7-11. Para fins didáticos, dividiremos essa lista em três grupos: dons de revelação, dons de locução e dons de poder.


3.1. Dons de revelação

Esse grupo de dons espirituais tem como grande característica a revelação de verdades ou situações que não são possíveis de acessar apenas com a racionalidade ou os recursos do intelecto humano.


a) Palavra de Sabedoria (1 Co 12.8). Esse dom é extremamente prático e útil para a vida orgânica da igreja e para cada um de seus membros, pois ele orienta a prática da fé, auxiliando no que falar e como agir em meio às desafiantes situações que surgem inesperadamente na dinâmica vida da igreja (At 6.10).


b) Palavra da Ciência. Esse dom tem a ver com um conhecimento mais apurado de Deus, do evangelho e da aplicação do evangelho no viver cristão (1 Co 2,12).


c) Discernimento de Espíritos. Num tempo de grande apostasia dentro do círculo do cristianismo, muitos estão sendo ludibriados por falsos profetas e nesse contexto, o dom de discernimento de espíritos é extremamente necessário.


3.2. Dons de Locução

Os dons de locução estão ligados diretamente à manifestação extraordinária de mensagens da parte de Deus para a igreja.


a) Variedade de Línguas (1 Co 12.4)

É a capacidade dada pelo Espírito Santo para falar línguas desconhecidas de quem fala, mas podem ser conhecidas de quem as ouve (At 2.6) Segundo o Pr. Antônio Gilberto, o falar em línguas como evidência do Batismo no Espírito Santo é diferente do dom de variedade de línguas. No primeiro caso, todos os crentes batizados no Espírito falarão línguas como confirmação, mas nem todos receberão o dom de variedade de línguas.


b) Interpretação de Línguas (1 Co 12.10)

O dom de interpretação de Línguas é um complemento do dom de variedade de Línguas. Por intermédio desse dom, a igreja é edificada com uma mensagem compreensível aos ouvintes.


c) Profecia.

Este dom é o que tem mais importância nos escritos de Paulo (1 Co 14.5). É bom destacar que é preciso submeter o conteúdo das profecias às Escrituras Sagradas (1 Co 14.29) pois Deus nunca irá contradizer o texto bíblico (Jr 23.28).


3.3. Dons de Poder

Esse grupo de dons está relacionado aos eventos extraordinários no seio da igreja. Eles ocorrem quando o Espírito Santo inverte a lógica humana da realidade levando a Igreja a experimentar o extraordinário.


a) Fé (1 Co 13.2). Nesse caso não se trata da fé salvífica (Rm 10.17) nem da fé como fruto do Espírito (Gl 5.22), mas é a capacidade que o Espírito Santo concede ao crente para este realizar coisas que vão além da esfera natural da vida, e tem como propósito a edificação da igreja.


b) Dons de curar. Dispomos deste maravilhoso dom que pode trazer alívio aos que sofrem enfermidades, bem como glorificar a Deus por meio da cura divina.


c) Dons de operar maravilhas.

Há milagres que não estão relacionados às curas, mas marcados por atos extraordinários (Êx 14.21; 15.25; 16.15; 1 Rs 17.22; 2 Rs 6.6) que continuaram durante o ministério de Jesus e dos Apóstolos (Jo 2.9,10; 11.43; Mt 14.29; 15.36,37; At 16.25,26; 27.22,44) e esses atos milagrosos podem ser testemunhados hoje, como disse Jesus (Mc 16.17).


SUBSÍDIO

O apóstolo Pedro exortou a igreja sobre como o dom de Deus deve ser administrado. E usou a figura do despenseiro, que, antigamente, era o homem que cuidava da despensa. Tinha que ser homem de total confiança do Patrão. Ele cuidava da aquisição de mantimentos; zelava pela sua guarda, para que não se estragassem e distribuía-os para a alimentação da família. Ele tinha a chave da despensa. Dessa forma, os despenseiros de Deus, ministros ou membros da igreja, que é a “família de Deus" (Ef 2.19), precisam ter muito cuidado no uso dos dons concedidos pelo Senhor para a provisão, alimentação espiritual e edificação.


Diz Pedro: “Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus, Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá, para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o poder para todo o sempre. Amém" (1 Pe 410,11). (RENOVATO, Elinaldo. Dons Espirituais e Ministeriais. Rio de Janeiro: CPAD, p, 31)


PARA CONCLUIR

Os Dons do Espírito Santo são “ferramentas" úteis para a Igreja cumprir a sua missão. Nós devemos reafirmar a atualidade dos Dons e buscar fervorosamente por eles para a nossa própria edificação e enriquecimento espiritual. Os dons não salvam, mas ajudam a Igreja a levar a mensagem da salvação em Jesus Cristo.


CONHEÇA OS SEUS ALUNOS

"Seu aluno busca um mentor, não um guru. Ele busca um amigo, não um transmissor de fatos. A aprendizagem acontece melhor quando há confiança, e a confiança vem do relacionamento. Passe tempo construindo pontes de comunicação com seus alunos. Decerto, alguns limites profissionais devem ser estabelecidos. Mas aprender a falar ‘com’ seus alunos é melhor do que continuar falando 'a' eles. Procure conhecê-los. Quais são os seus sonhos? O que os motiva? Como você pode tocar o interesse deles? Permita que eles o conheçam. Transparência o ajudará a partilhar conhecimento de modo eficaz e pessoal.” (TOLER, Stan. Minutos de Motivação para Professores. Rio de Janeiro: CPAD, p. 17)


HORA DA REVISÃO

1. Para fins didáticos, em relação aos dons espirituais, qual a divisão abordada nessa lição?

Dons de Revelação, dons de Locução e dons de poder.

2. Releia o texto de 1 Coríntios 12.1-11 e cite, nominalmente, os 9 dons presentes no texto.

Dom da palavra de sabedoria, palavra do conhecimento, discernimento de espíritos, dom da fé, dons de curar, dons de operar maravilhas, dom de variedade de línguas, dom de interpretação de Línguas e dom de profecia.

3. Quais dons são considerados “dons de revelação”?

Dom da palavra de sabedoria, palavra da ciência, discernimento de espíritos.

4. Quais dons são considerados “dons de poder"?

Dom da fé, dons de curar, dons de operar maravilhas.

5. Quais dons são considerados dons de locução?

Dom de variedade de línguas, dom de interpretação de línguas e dom de profecia.


 

Lições Bíblicas Juvenis 4º Trimestre 2023 | Professor - CPAD

REVISTA: O Espírito Santo em Nós.

LIÇÕES

Lição 1- A natureza do Espírito Santo

Lição 2- Os nomes do Espírito Santo

Lição 3- Os símbolos do Espírito Santo

Lição 4- O Espírito Santo no antigo testamento

Lição 5- O Espírito Santo no Novo Testamento

Lição 6- O Espírito atuante em Cristo

Lição 7-O Espírito Santo atuando no crente

Lição 8- O batismo no Espírito Santo

Lição 9- Os dons do Espírito Santo

Lição 10- Conservando o poder

Lição 11- O fruto do Espírito Santo

Lição 12- Pecando contra o Espírito Santo

Lição 13- Buscando o Espírito Santo

Lição 14- O Espírito Santo e a obra Missionária

DICAS DE LEITURAS

INFORMAÇÕES AQUI

***

INFORMAÇÕES AQUI


***

INFORMAÇÕES AQUI

***

INFORMAÇÕES AQUI

***

Post Bottom Ad