Lições Juvenis} Lição 4 - O Espírito Santo no antigo testamento - Subsídios Dominical

Breaking

Home Top Ad

Post Top Ad

Novos Subsídios Bíblicos para as lições  O corpo de Cristo, 1° trimestre de 2024


Lições Juvenis} Lição 4 - O Espírito Santo no antigo testamento

Lições Juvenis} Lição 4 - O Espírito Santo no antigo testamento

Lições Bíblicas Juvenis 4º Trimestre 2023, CPAD Professor | REVISTA: O Espírito Santo em Nós.

Comentarista: Carlos Alexandre

VERSÍCULO CHAVE:

“E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espirito de Deus se movia sobre a face das águas". (Gn 1.2)

LEITURA DIÁRIA

SEGUNDA Mq 3.8 O Espírito nos fortalece

TERÇA Ne 9.20 O Espírito ensina no deserto

QUARTA Zc 4.6 O Espírito é suficiente

QUINTA Jl 2.28 O Espírito prometido

SEXTA Ag 2.5  O Espirito dá coragem

SÁBADO 1 Sm 10.10 O Espírito muda o homem

 

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Gênesis 1.1,2

1 No princípio, criou Deus os céus e a terra.

2 E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.

 

Números 27.15-18

15 Então, falou Moisés ao Senhor, dizendo:

16 O Senhor, Deus dos espíritos de toda carne, ponha um homem sobre esta congregação,

17 que saia diante deles, e que entre diante deles, e que os faça sair, e que os faça entrar; para que a congregação do Senhor não seja como ovelhas que não têm pastor.

18 Então, disse o Senhor a Moisés: Toma para ti a Josué, filho de Num, homem em quem há o Espírito, e põe a tua mão sobre ele.

 

Juízes 6.34,35

34 Então, o Espírito do Senhor revestiu a Gideão, o qual tocou a buzina, e os abiezritas se ajuntaram após ele.

35 E enviou mensageiros por toda a tribo de Manassés, que também se convocou após ele; também enviou mensageiros a Aser, e a Zebulom, e a Naftali, e saíram-lhe ao encontro.

 

2 Pedro 1.19-21

19 E temos, mui firme, a palavra dos profetas, à qual bem fazeis em estar atentos, como a uma luz que alumia em lugar escuro, até que o dia esclareça, e a estrela da alva apareça em vosso coração,

20 sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação;

21 porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.

 

CONECTADO COM DEUS

Somos o povo que crê na atualidade da experiência com o Espírito Santo, mas somos também herdeiros da Reforma Protestante que reafirmou a autoridade das Escrituras. Em nossa experiência com o Espírito Santo nos submetemos ao crivo das Escrituras e reafirmamos que a experiência que atropela a Escritura, não é uma experiência com o Espírito de Deus. Nas próximas duas lições examinaremos as referências ao Espírito Santo no Antigo e Novo Testamentos.

 

OBJETIVOS

DEMOSTRAR a atuação do Espírito Santo na criação:

DIALOGAR sobre a atuação do Espírito Santo na formação de Israel;

EXPLICAR a atuação do Espírito Santo em vários aspectos e diversas ocasiões.

 

ANTES DA AULA

Fundada em 20 de julho de 1780 na cidade de Gloucester, na Inglaterra, a Escola Bíblica Dominical foi um grande marco para o ensino cristão no mundo, Na época, a cidade sofria com grande desigualdade social, analfabetismo e violência, Não existia ensino público, as crianças pobres trabalhavam em condições insalubres, 12 horas por dia, nas fábricas. Aos domingos, elas ficavam nas ruas, sem nenhuma escolarização.

 

Perpetuava-se o ciclo de pobreza e desigualdade. Sensibilizado, o jornalista Robert Raikes teve a ideia de criar uma escola, aos domingos, que ensinasse fundamentos cristãos, boas maneiras, língua inglesa e outras matérias. Inicialmente pagava os professores com suas próprias economias. Seu trabalho transformou aquela cidade e continuou transformando a vida de muitas pessoas ao redor do mundo. Assim como Raikes, nós precisamos crer na relevância do nosso trabalho como professores da ED, lembrando que o nosso trabalho não é vão no Senhor (1 Co 15.58).

 

Ao examinarmos as Escrituras Sagradas e a História da Igreja, somos capazes de perceber que em todas as gerações, desde o Éden até nós, existe um arranjo que nos leva diretamente para Jesus Cristo. A ação do Espirito Santo, nesse sentido é inquestionável e vamos perceber isso ao examinar as referências ao Espírito Santo no Antigo Testamento. Tais £ referências apontam para diversas obras realizadas pelo Espírito de Deus, que incluem 0 anúncio da mensagem de Deus aos homens, seu papel na criação e na formação do povo de Israel.

VEJA TAMBÉM LIÇÕES

👉 Novas lições da classe dos ADULTOS- Aqui

👉 Novas lições da classe dos JOVENSAqui

👉 Novas lições BETEL da classe dos ADULTOS - Aqui

 

1. O ESPIRITO SANTO NO OBRA DA CRIAÇÃO

O Pentateuco é o nome dado para os 5 primeiros livros da Bíblia. Neste conjunto de Livros, o Espírito Santo é citado logo no início: “No princípio criou Deus os céus e a terra. E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espirito de Deus se movia sobre a face das águas" (Gn 1.1,2).

 

Segundo a Bíblia Palavras-Chave (CPAD) o termo “mover", referido ao ato do Espirito Santo que se movia sobre a face das águas, no hebraico, tem o sentido de “chocar", ou seja, não era um mover sem propósito, sem rumo ou meramente contemplativo. O movimento do Espírito Santo no momento da criação era intencional e cheio de propósito. Tudo era sem forma, mas o Espírito Santo, em sua infinita misericórdia, gerava esse mundo de encantos e belezas que conhecemos hoje.

 

Como participante da Trindade Ele é Igualmente Criador do Universo, assim como o Pai e o Filho. Ele participou ativamente da criação do mundo e do homem (Gn 1.2; Is 40.12,13: Jó 26.13:33.4) e sustenta ativamente a obra criada (Sl 10410-30: Is 40.7).

 

INTERAÇÃO

Leia o texto bíblico que se encontra em Salmos 104.29,30 e, em seguida, apresente algumas imagens com paisagens naturais conhecidas como, por exemplo: Niágara Falis, Rio Amazonas, Lençóis Maranhenses, Cordilheira dos Andes, Alpes Suíços, Monte Everest... Pergunte aos seus alunos se eles identificam esses lugares.

 

Você também pode mostrar imagens do universo divulgadas pela NASA. Converse com os seus alunos sobre o papel criador desempenhado pelo Espírito Santo ao “pairar" sobre as águas em Gênesis 1.1,2.

 

2. O ESPÍRITO SANTO NA FORMAÇÃO DO POVO DE ISRAEL

A tarefa de conduzir uma grande nação em um tempo turbulento é um desafio grande demais para exercer sozinho. Essa era a tarefa de Josué, além de substituir um grande líder, Moisés, ele tinha que conquistar a terra ocupada pelos povos cananeus.

 

A responsabilidade que recaiu sobre os ombros de Josué seria praticamente impossível se não fosse a ação do Espírito Santo enchendo-lhe de sabedoria (Dt 34.9). Pense nos desafios que você tem de enfrentar. Agora lembre-se de que assim como Josué, você também poderá contar com o auxílio do Espírito Santo.

 

Logo ao entrar na Terra Prometida, surge o desafio de conquistar e ocupar o território e para isso Deus levantou líderes que, igualmente inspirados pelo Espírito Santo, lideraram o povo nessa tarefa, conduzindo a nação de Israel.

 

3. O ESPÍRITO SANTO CAPACITANDO PARA O SERVIÇO

A atuação do Espírito Santo, no Antigo Testamento, era esporádica na vida das pessoas. Ele repousava e atuava exclusivamente em algumas delas e, às vezes, também em ocasiões específicas, porque ainda não era chegado o tempo da sua plena atuação no mundo à qual o profeta Joel menciona em 2.28-32.

 

3.1. Instruindo para o serviço.

Ao lermos os livros do Antigo Testamento, constatamos que muitos homens foram separados e cheios do Espírito para executarem tarefas especiais. Dentre eles podemos citar José, que foi cheio do Espírito Santo para poder discernir o sonho de Faraó e administrar o país; Moisés necessitou da unção do Espírito Santo para enfrentar Faraó e guiar o povo peto deserto e tantos outros líderes foram, da mesma forma, privilegiados por este poder.

 

3.2. Inspirando os profetas.

Os profetas eram homens usados para transmitir a mensagem de Deus ao povo. Eles não falavam de si mesmos, mas inspirados pelo Espírito Santo. Esse era o aspecto mais importante, para que suas palavras tivessem o cumprimento do tempo previsto. Entre eles, destacamos: Miqueias (3.8); Isaías (6.9); Jeremias (1.9); Ezequiel (1.3; 3.14); Débora (Jz 4.4); Zacarias (2 Cr 24.20) e muitos outros.

 

3.3. Separando para o sacerdócio.

O sacerdócio era um cargo muito especial, Deus determinou a Moisés que ungisse Arão e seus filhos para este ofício. A unção, como já vimos, representava o Espírito Santo separando uma pessoa para um determinado serviço. No caso do sacerdote, ele era o intermediário, o intercessor, aquele que levava as culpas do povo diante de Deus, através de oferecimentos de sacrifícios.

 

3.4. Ungindo para governar.

Deus preparou Samuel para ungir o primeiro (Saul) e o segundo (Davi) reis de Israel. Depois da unção simbólica do óleo, eles foram cheios do Espírito Santo (1 Sm 10.6; 10.10; 16.13). Outros reis também foram ungidos pelo Espírito Santo, para governarem o povo de Deus. Mas muitos deles abandonaram o Senhor e se envolveram com a idolatria, levando, assim, toda nação a pecar. Nessas ocasiões, o Todo-Poderoso retirava o seu revestimento de poder e eles agiam por sua própria vontade.

 

SUBSÍDIO

Juízes Escolhidos por Deus

Até mesmo os que Deus escolhera, para ajudar e livrar o povo durante esse período, não estavam totalmente isentos de suas fraquezas. Mas o Espírito operava, às vezes, a despeito delas. Parece, na realidade, que Deus escolhia pessoas que não eram importantes nem famosas a fim de deixar claro que o poder era dEle, e não dos homens. [...] Quando esses homens e mulheres eram despertados e movidos pelo Espírito Santo, reconquistavam para Deus os corações do povo, levavam os israelitas para a vitória, e os inspiravam para servira Deus. [...]

 

Jó é o mais antigo livro da Bíblia; ele também faz referência ao Espírito Santo. Em Jó 26.13: “Pelo seu Espírito ornou [abrilhantou] os céus", é a expressão que muitos intérpretes entendem ter o Espírito Santo usado o vento para esse .* fim. “O sopro de Deus no meu nariz" forma um paralelo com o “alento em mim” (Jó 27.3). "O espírito do homem" (Jó 32.8,18) é, indubitavelmente, o espírito humano, mas o trecho (justamente com Jó 33.4) reconhece que o homem deve este espírito ao Espírito Santo (como em Gênesis 2.7). Eliú (que começa a falar em Jó 32.6) acha, porém, que seu próprio espírito recebeu uma medida maior de sabedoria e de poder do Espírito Santo do que à medida que os três amigos de Jó possuíam. Nesse sentido, Eliú sugere que tem um dom carismático. Mas isso é ignorado, entretanto, no modo de agir de Deus com Jó e seus três amigos no restante do Livro. (HORTON. Stanley M. A Doutrina do Espírito Santo no Antigo e Novo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, p. 35, 57)

 

CONHEÇA OS SEUS ALUNOS

Os jovens na faixa etária dos seus alunos estão na idade de fazer sérias opções das quais dependerá o seu futuro.

Por essa razão, eles precisam de pessoas maduras e experientes que lhes orientem no caminho certo.

Você, professor, é uma dessas pessoas.

Portanto, estude, pesquise, crie e leve aos alunos um ensino sadio, proveitoso, baseado na fé e na convicção de quem já passou por experiências verdadeiras e, por isso, tem conteúdo para ensinar a Palavra de Deus, Ore para que suas palavras saiam ungidas e alcancem os corações dos jovens.


PARA CONCLUIR

Embora não tivesse ainda chegado o momento de sua plena atuação no mundo, o Espírito Santo já se manifestava nos tempos do Antigo Testamento, desde o livro de Gênesis e na vida dos homens mais ilustres.

 

HORA DA REVISÃO

1. Em Gênesis 1.2 qual o sentido da palavra "mover" segundo a lição?

termo “mover” tem o sentido de “chocar", ou seja, era um mover de quem estava gerando o mundo.

2. Quem encheu Josué de sabedoria?

O Espírito Santo.

3. No Antigo Testamento, o Espírito Santo atuava, de forma plena, na vida das pessoas?

A atuação do Espírito Santo, no Antigo Testamento, era esporádica na vida das pessoas.

4. Quem inspirava os profetas?

Cite o nome de pelo menos três profetas apresentados na lição.

O Espírito Santo. Profetas Miqueias, Isaías e Jeremias, entre outros.

5. Quando os reis abandonavam ao Senhor, o que Deus fazia?

O Todo-Poderoso retirava o seu revestimento de poder e eles agiam por sua própria vontade.

DICAS DE LEITURAS

INFORMAÇÕES AQUI


***

INFORMAÇÕES AQUI


***

INFORMAÇÕES AQUI


***

INFORMAÇÕES AQUI

***

INFORMAÇÕES AQUI

***

INFORMAÇÕES AQUI

***

INFORMAÇÕES AQUI


Post Bottom Ad