Mostrando postagens com marcador História. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador História. Mostrar todas as postagens

Lição 3 - Usando a Sutileza a Favor de Meu Povo

Lição Bíblica de Adolescentes
Trimestre: 2° de 2019
Editora: CPAD
Revista do Professor
Reverberação: Subsídios EBD
Outras Lições: Acesse Aqui
TEXTO BÍBLICO
Êxodo 2.1-10
Destaque
"Então a irmã da criança perguntou à princesa: — Quer que eu vá chamar uma mulher israelita para amamentar e criar esta criança para a senhora?" (Êx 2.7).
Leituras sugeridas – Clique e leia:

Lição 13 - A Mensagem Pentecostal

Classe: Adolescentes – 3° Trimestre de 2018 - Lição da revista do Aluno
TEXTO BÍBLICO
Atos 2.1-12
Destaque
"Arrependam-se, e cada um de vocês seja batizado em nome de Jesus Cristo para que os seus pecados sejam perdoados, e vocês receberão de Deus o Espírito Santo” (At 2.4).
Trocando ideias
Os pentecostais têm uma história muito bonita no mundo. Deus chamou pessoas simples, desprovidas de recursos financeiros, bem como de conhecimento formal, mas repletas de amor em seus corações e cheias do Espírito Santo derramado pelo Pai.

Milhares dessas pessoas fizeram empreendimentos espirituais elevadíssimos no Reino de Deus. Isso aconteceu por um único motivo: tais pessoas, homens e mulheres, creram piamente que o que ocorreu no livro dos Atos dos Apóstolos poderia tornar a acontecer em nossos dias. Você também crê?

Lição 12 - O Movimento Pentecostal no Brasil


Classe: Adolescentes – 3° Trimestre de 2018 - Lição da revista do Professor
TEXTO BÍBLICO
Atos 10.44-48
Destaque
"O Senhor diz ao seu povo: Depois disso, eu derramarei o meu Espírito sobre todas as pessoas: os filhos e as filhas de vocês anunciarão a minha mensagem; os velhos sonharão, e os moços terão visões” (Joel 2.28).
LEITURA DEVOCIONAL
SEG.................................................... Mt 3.11
TER..................................................... At 2.1-4
QUA................................................... 1 Co 12.4-11
QUI.................................................... At 8.15-17
SEX.................................................... 1 Co 14.1
SAB..................................................... At 19.1-6
DOM.................................................... Tt 3.6

OBJETIVOS
Narrar o avivamento da Rua Azusa;
Relatar a fundação da Assembleia de Deus no Brasil;
Descrever as três fases do Movimento Pentecostal Brasileiro.

Lição 11 - John Wesley: o poder da pregação

Classe: Adolescentes – 3° Trimestre de 2018 - Lição da revista do Professor
TEXTO BÍBLICO
Romanos 10.13-17
Destaque
"Pregue a mensagem e insista em anunciá-la, seja no tempo certo ou não. Procure convencer, repreenda, anime e ensine com toda a paciência” (2 Timóteo 4.2).
LEITURA DEVOCIONAL
SEG.................................................... Js 24.1,2,19-21
TER.....................................................Ne 3.38
QUA................................................... Mt 5.1,2
QUI.................................................... 2 Pe 2.21-22
SEX.................................................... At 2.14
SAB..................................................... At 17.22,23
DOM.................................................... Tt 2.15

OBJETIVOS
Expor a situação da Igreja no século XVIII;
Descrever a vida e o ministério de John Wesley;
Incentivar os alunos a pregarem a mensagem de Deus.

Lição 10- Armínio: o equilíbrio da Reforma

Classe: Adolescentes – 3° Trimestre de 2018 - Lição da revista do Professor
TEXTO BÍBLICO
Ezequiel 33.10-16
Destaque
"Pois Deus revelou a sua graça para dar a salvação a todos” (Tito 2.11).

LEITURA DEVOCIONAL
SEG.................................................... Jo 3.16-18
TER.................................................. Rm 1.16
QUA................................................... Hb 10,38-39
QUI.................................................... 2 Pe 2.21-22
SEX.................................................... Rm 11.22
SAB..................................................... Mc 16.16
DOM.................................................... Jo 12.32
OBJETIVOS
Relatar a biografia de Armínio;
Ensinar as diferenças entre Calvinismo e Arminianismo;
Alertar sobre a possibilidade de se perder a salvação.

Lição 8- A Reforma Protestante

Classe: Adolescentes – 3° Trimestre de 2018 - Lição da revista do Professor
TEXTO BÍBLICO
Mateus 7.24-27
Destaque
"Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança na mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele” (Romanos 12.2).
LEITURA DEVOCIONAL
SEG.................................................... Jo 14.6
TER.................................................. 1 Tm 2.5
QUA.................................................. SI 119.130
QUI.................................................... Is 45.20
SEX.................................................... Hb 11.6
SAB................................................... Jr 3.15
DOM.................................................. Rm 11.33-36
OBJETIVOS
Relatar os antecedentes da Reforma Protestante;
Ensinar o que levou Lutero a fazer a Reforma Protestante; Demonstrar as conquistas da Reforma Protestante.

Material Didático
Fotos de uma Bíblia e fita adesiva.
QUEBRANDO A ROTINA
Antes dos alunos chegarem à sala, prenda com a fita adesiva, embaixo de cada cadeira, a foto de uma Bíblia.

Comece a aula fazendo uma leitura da parábola do "Tesouro Escondido” (Mt 13.44). Após a leitura, pergunte aos seus alunos qual seria a reação deles se soubessem que tem um tesouro que muitas pessoas não tiveram acesso, escondido embaixo da cadeira de cada um. Espere que retirem as fotos e diga que a Bíblia foi um tesouro escondido pela própria igreja para muitas pessoas. Mas após a Reforma Protestante, nós tivemos livre acesso a esse maravilhoso presente de Deus. Conscientize seus alunos sobre o privilégio que eles possuem em ter livre acesso à Bíblia e que, infelizmente, em muitos países, a maioria dos servos de Deus está proibida de ler as Escrituras.

Lição 7- Agostinho e Aquino: doutores da Igreja

Classe: Adolescentes – 3° Trimestre de 2018 - Lição da revista do Professor
TEXTO BÍBLICO
Romanos 12.7; 2 Timóteo 3.16
Destaque
"Os mestres sábios, aqueles que ensinaram muitas pessoas afazer o que é certo, brilharão como as estrelas do céu, com um brilho que nunca se apagará” (Daniel 12.3).
LEITURA DEVOCIONAL
SEG.................................................... Ef 4.11
TER.................................................. 1 Pe 3.15
QUA.................................................. Pv 2.2
QUI.................................................... 2 Tm 3.14
SEX.................................................... Tg 3.1
SAB................................................... Tt 2.1
DOM.................................................. 1Tm4.6
OBJETIVOS
Ensinar o significado do título “Doutor da Igreja”;
Exporá vida e á obra de Agostinho de Hiponae de Tomás dê Aquino;
Incentivar os alunos a crescerem no conhecimento bíblico.

Lição 9- Lutero e Calvino: os agentes da Reforma

Classe: Adolescentes – 3° Trimestre de 2018 - Lição da revista do Professor
TEXTO BÍBLICO
Efésios 2.1-10
Destaque
"Pois o evangelho mostra como é que Deus nos aceita: é por meio da fé, do começo ao fim. Como dizem as Escrituras Sagradas: 'Viverá aquele que, por meio da fé é aceito por Deus’” (Romanos 1.17).
LEITURA DEVOCIONAL
SEG.................................................... SI 119.86,87
TER.................................................. 2 Co 3. 4-6
QUA.................................................... Gl2.16
QUI.................................................... Hb 10.19
SEX.................................................... Rm 4.22
SAB..................................................... Ef 2.18 E
DOM.................................................. 1Tm 1.4
OBJETIVOS
Relatar as biografias de Lutero e Calvino;
Ensinar os pensamentos de Lutero e Calvino;
Destacar a importância desses dois homens para a História da Igreja.
Material Didático
Folhas de papel e canetas.
QUEBRANDO A ROTINA
Divida a turma em grupos de no máximo cinco componentes, e distribua papel e caneta para cada grupo.
Faça a seguinte pergunta: "Ter fé em Deus é a mesma coisa que acreditar em Deus?” Dê um tempo para que respondam.
Peça que um representante de cada grupo leia as respostas dadas. Durante este momento incentive a participação de toda a turma.

No final demonstre que ter fé é diferente de acreditar, pois muitas pessoas acreditam que Deus existe, mas mesmo assim não entregam sua vida a Ele por falta de fé. Finalize agradecendo a Deus pela fé que Ele nos deu e pedindo que cada vez mais pessoas venham a ter fé em seus corações.

ESTUDANDO A BÍBLIA
Você já se perguntou por que seus alunos vão à igreja? O que os motiva a fazer isso?
Vão por que são obrigados pelos pais, ou por que simplesmente para eles a igreja é um encontro social? Será que eles realmente possuem a fé que produz a salvação?

Para ser salvo, não basta somente acreditar que Deus existe e cue é bom. E necessário crer na mensagem da cruz, que Jesus Cristo morreu por nossos pecados. Crer não é simplesmente acreditar, é muito mais profundo, pois exige uma mudança de consciência e atitude.

Ore por seus alunos, para que aqueles que não possuem a verdadeira fé, aquela que agrada a Deus, venham possui-la. Conscientize seus alunos sobre a urgência dessa questão, pois somente assim o ser humano pode ter uma vida agradável a Deus.

Martinho Lutero e João Calvino são os mais famosos reformadores. Calma! Eles não eram pedreiros, carpinteiros ou sequer reformavam móveis. Ser chamado "reformador” na História da Igreja significa ser agente da Reforma Protestante. 

 Martinho Lutero: como ser aceito por Deus?
Nascido em 1483, na Alemanha, Martinho Lutero era filho de humildes camponeses. Apesar de pobres, seus pais se esforçavam para que ele tivesse uma boa educação. Com o objetivo de realizar o sonho de seu pai, que queria ter um filho advogado; em 1501, Lutero matriculou-se na 'acuidade de Direito. Mas esses planos foram mudados quando em 1505, um raio por intermédio de uma forte tempestade caiu perto de Lutero. Deitado no chão e tremendo de medo, ele gritou: "Santa Ana, me ajuda e me tornarei monge!” (segundo o ensino católico, Santa Ana teria sido mãe de Maria e avó de Jesus). Calma! Não culpe o pobre Lutero! Nesta época não existia outra igreja no Ocidente, então, todo cristão era católico e acreditava nos santos.

Em 1508, Lutero recebeu um convite que era a realização de um sonho. Ele iria para Roma. Tinha esperança de que na chamada "cidade santa”, lugar onde o papa morava, fosse encontrar a verdadeira santidade cristã. Que decepção! Roma era uma cidade corrupta, os padres praticavam todos os tipos de pecados e não se importavam com isso.

Nesta época, Lutero era professor na Universidade de Wittenberg, e ensinava os Livros de Gênesis e Salmos. Mas Lutero tinha muitos problemas com a forma que esses livros mostravam Deus.


Uma nova consciência!
Sua angústia crescia cada dia mais, até que por volta do ano 1514, Lutero entendeu o texto de Romanos 1.17 que diz que o homem é aceito por Deus pela fé. Ao ter esse entendimento, ele afirma que sentiu as "portas do paraíso se abrindo”.

Começou então a ensinar que o homem não é merecedor da salvação e que não há nada que ele possa fazer para alcançá-la, mas que Deus a oferece de graça para a humanidade (Rm 3.22-24). Mas como conciliar essa descoberta maravilhosa com o ensino oficial da igreja, que afirmava que por intermédio das boas obras, e da compra de indulgências (um perdão papal) era possível salvar-se.

No dia 31 de outubro de 1517, Lutero colocou na porta da igreja de Wittenberg suas "95 teses” em que condenava a situação da igreja e o comércio da fé realizado com a venda de indulgências. Este acontecimento deu início a Reforma Protestante, movimento que dividiu a igreja em católica e protestante.

Até hoje, o dia 31 de outubro é considerado o "dia da Reforma Protestante”, sendo uma excelente oportunidade para comemorarmos, ao invés do halloween, uma data tão especial.

Lutero reformou radicalmente várias práticas cristãs: agora todos podiam lera Bíblia e participar do culto por intermédio do canto, pois era um admirador da música e escreveu alguns hinos, seu mais conhecido se chama "Castelo Forte” (número 581 da Harpa Cristã).
Lutero também ensinou que Cristo é o único que pode unir Deus e os homens (l Tm 2.5; Jo 14.6). Seus ensinamentos trouxeram um sentimento de liberdade entre o povo, porque o livrou das superstições, dos impostos cobrados pelo papa e da imoralidade praticada pelos padres. 0 povo de Deus agora tinha liberdade para adorar com alegria!

Lutero morreu no ano de 1546, mas seus ensinamentos continuam a influenciar homens e mulheres até os dias atuais.

AUXÍLIO HISTÓRICO
Lutero tinha quatro paixões que serviam para todos os crentes, e que explicam as grandes mudanças que iniciou.

Sola scriptura ('Apenas as Escrituras’). Deus usou sua Palavra para abrir o dique em que estava confinado o poder e a Igreja dEle. Hoje, na Alemanha, todas as estátuas de Martinho Lutero mostram-no apertando a Bíblia perto do coração. Com frequência, ele dizia: 'Pela Palavra de Deus, e apenas pela Palavra de Deus’. E na Palavra de Deus ele não encontrou oração pelos mortos, nem outros intercessores além de Cristo. Ali tampouco se afirmava que a retidão estava firmada nas obras.
Sola Christus ('Apenas Cristo’). Quando Lutero leu a Bíblia, descobriu que as pessoas tinham acesso direto a Deus por intermédio de Cristo, e este se tornou o segundo lema da Reforma. 0 compromisso radical de Lutero com a suficiência de Cristo e da sua obra levou-o a denunciar qualquer mediador entre Deus e o homem que não fosse Jesus Cristo. Nem Maria, nem santos mortos, nem sacerdotes podiam pegar o papel de mediador dado apenas a Jesus. Lutero acreditava que as pessoas tinham acesso direto a Deus por intermédio de Cristo.

Sola gratia ('Apenas graça’). Cristo vem a nós pela graça de Deus. E Ele que inicia o processo, quem vem em busca do perdido para salvá-lo. Ele trabalha em nós para nos atrair a Ele. Ele inicia o relacionamento conosco.

Sola fide ('Apenas por meio da fé’). Nossa resposta à graça de Deus é a fé. O homem não pode salvar a si mesmo. A salvação acontece por Intermédio de Cristo, e apenas de Cristo, por meio da profunda graça dEle e da confiança (fé) radical nEle” (GARLOW, J ames L. Deus e o seu Povo: A História da Igreja como Reino de Deus. Rio de Janeiro: CPAD. 2011, p.129).

Clique e acesse
João Calvino: Deus é Soberano
Embora Lutero seja conhecido como aquele que iniciou a Reforma Protestante, João Calvino é considerado o grande organizador doutrinário o dessa Reforma.

Nascido em 1509, França, Calvino era filho de um rico advogado. Com quatorze anos começou a estudar na Universidade de Paris. Isso mesmo. Com  anos Calvino já estava na faculdade. Começou preparando-se para ser padre, mas o seu pai queria que fosse advogado, então ele também estudou Direito.

Aos 27 anos escreveu um livro chamado "Institutos da Religião Cristã”, onde procurou apresentar de forma organizada a doutrinas cristãs. Algo que até aquele momento, nem mesmo Lutero havia feito. Sua obra fez com que Calvino ficasse famoso. Ele foi convidado a ir para a cidade de Genebra, na Suíça, para organizar a vida da população de acordo com a Bíblia. Ele foi muito rigoroso e acabou sendo expulso da cidade. Após quatro anos, em 1541, foi convidado a retornar e continuar seu trabalho. Calvino aceitou o convite e permaneceu em Genebra até sua morte em 1564.

Assim como Agostinho de Hipona, Calvino ensinava que devido ao pecado, o ser humano perdeu a capacidade de escolher o que é bom. Então como algumas pessoas se convertem? Calvino explica que Deus escolhe quem irá se converter, e essa escolha não tem por base nada que esta pessoa tenha feito, é simplesmente fruto da soberania divina. Então a morte de Cristo não foi para salvar todas as pessoas, mas apenas as que foram escolhidas. Sendo impossível a esse escolhido não aceitar ao convite de salvação oferecido por Deus, e aceitando a salvação também é impossível perdê-la. Esse ensino é conhecido como "Predestinação” e é o pensamento mais famoso de Calvino sendo seguido por algumas igrejas protestantes de perspectiva histórica.

AUXÍLIO HISTÓRICO
As crenças de Calvino são frequentemente identificadas pelo anagrama TELIP. Estes cinco pontos doutrinais não descrevem todo ensinamento de Calvino, mas são os pontos em que seu sistema diferia das doutrinas católicas romanas da época.

Total depravação humana - A queda de Adão em pecado foi tão grande que nenhum ser humano jamais terá capacidade de responder ao que é bom.

Eleição condicional - Deus escolhe as pessoas de maneira incondicional; i.e., a escolha de Deus não se fundamenta em qualquer coisa que a pessoa faça ou em qualquer reação que tenha.

Limitação da redenção - A morte de Cristo na cruz é apenas para algumas pessoas selecionadas. A morte de Cristo é eficaz apenas para os eleitos e, nesse sentido, não é para todas as pessoas.
Irresistibilidade da graça - Possivelmente, a pessoa escolhida para receber salvação não pode resistir a ela.

Perseverança - Uma vez que a pessoa é verdadeiramente salva, é impossível perder esta condição. Essa doutrina também é conhecida  como segurança eterna.” (GARLOW, James L. Deus e o seu Povo: A História da Igreja como Reino de Deus. Rio de Janeiro: CPAD, 2011, p.142).

Conclusão
Até hoje, os livros de Lutero e Calvino são estudados e influenciam muitas pessoas. Para eles, a vida cristã deve ter como base a Bíblia Sagrada, devendo ser rejeitado tudo o que é contrário a ela. Agindo assim o cristão terá uma vida fortalecida diante de Deus.


Recapitulando
Lutero e Calvino são os reformadores mais conhecidos. Nascido na Alemanha, em 1483, Lutero não sabia como o homem pecador poderia ser aceito por Deus. Ao ler o texto de Romanos 1.17 descobriu que somente por meio da fé em Jesus Cristo o ser humano pode aproximar-se de Deus. Ao ensinar esta descoberta, Lutero acabou dividindo a igreja em Católica e Protestante.

Calvino nasceu em 1509, na França. Escreveu um livro chamado "Institutos da Religião Cristã”, onde é o primeiro a apresentar de forma organizada a doutrina cristã.

Seu pensamento mais famoso é chamada de "Predestinação” que afirma que Deus, através de sua soberania, escolhe quem irá se salvar, sendo que Cristo morreu apenas por esses escolhidos. Quem é escolhido não consegue resistir ao convite de salvação oferecida por Deus, sendo assim impossível perdê-la.

Refletindo
1.Segundo Lutero, o que o homem deve fazer para se' aceito por Deus?
Ter fé em Deus.

2.Você tem buscado uma vida de fé?
Resposta Pessoal.
3.Qual a sua opinião em relação ao ensino da "predestinação”? Resposta Pessoal.
Lição Bíblica de Adolescentes
Trimestre: 3° de 2018
Editora: CPAD
Revista do Professor
Reverberação: Subsídios EBD
Outras Lições: Acesse Aqui
Fonte: Lições Bíblicas de Adolescentes – 3° trimestre de 2018, CPAD – Divulgação: Subsídios EBD

Lição 6- A Igreja na Idade Média


Classe: Adolescentes – 3° Trimestre de 2018 - Lição da revista do Professor
TEXTO BÍBLICO
2 Pedro 2.1-3
Destaque
"Estou muito admirado com vocês, pois estão abandonado tão depressa aquele que os chamou por meio da graça de Cristo e estão aceitando outro evangelho” (Gaiatas 1.6).
LEITURA DEVOCIONAL
SEG................................................. Cl 2.8
TER.................................................. Mt 23.27,28
QUA.................................................. Gl 4.9,10
QUI.................................................... 1Tm 4.1-3
SEX....................................................Cl 2.18,23
SAB................................................... Jd.4
DOM.................................................. Hb 6.4-6
OBJETIVOS
Ensinar como a Igreja Romana alcançou primazia no Cristianismo;
Relatara comportamento da Igreja Medieval
Comparar a Igreja Medieval com a mensagem da Igreja Primitiva

Lição 5 - A Igreja no Tempo Antigo

Classe: Adolescentes – 3° Trimestre de 2018 - Lição da revista do Professor
TEXTO BÍBLICO
Lucas 21.12-17
Destaque
"Depois vocês serão presos e entregues para serem maltratados e vocês serão mortos. Todos os odiarão por serem meus seguidores” (Mateus 24.9).
LEITURA DEVOCIONAL
SEG................................................. Jo 15.18,19
TER.................................................. Mc 13.9
QUA.................................................. Jo 17.14
QUI.................................................... 1 Co 4.13
SEX................................................... Hb 11.36-38
SAB................................................... Rm 8.31-39
DOM.................................................. Ap 2.10
OBJETIVOS
Relatar as perseguições sofridas pela Igreja Primitiva;
Ensinar a diferença entre os Pais Apostólicos, Pais Dogmáticos e Pais Apologéticos;
Incentivar os alunos a suportarem as perseguições em nome de Cristo.