Lição 3 - Pecado: a maior pandemia da história

Escola Dominical, Classe: Adolescentes – 1° trimestre de 2022 - CPAD

LEITURA BÍBLICA

Gênesis 4.3-8,6.5-7

MENSAGEM

“Todos pecaram e estão afastados da presença gloriosa de Deus.” Romanos 3.23

DEVOCIONAL

Segunda » Rm 6.23

Terça » Mt 15.19

Quarta » Gn 4.7

Quinta » Mt 24.12

Sexta » Is 64.6

Sábado » Hb 4.14,15

🔍VEJA TAMBÉM👇

🎯 Lições classe Adolescentes:

Lição 1 - Criados à imagem de DeusClique Aqui

Lição 2 - Errando o alvo - Clique Aqui

🎯 Lições classe Jovens:

Lição 01 – Conhecendo o Evangelho de João - Clique Aqui

Lição 02 – João Batista preparando o caminho - Clique Aqui

Lição 03 – O primeiro sinal: A água em vinho - Clique Aqui

🎯 Lições classe Adultos:

LIÇÃO 1 A AUTORIDADE DA BÍBLIA, Clique Aqui

LIÇÃO 2 A INSPIRAÇÃO DIVINA DA BÍBLIA, Clique Aqui

LIÇÃO 3 A INERRÂNCIA DA BÍBLIA, Clique Aqui

OBJETIVOS

» EXPLICAR o que é pecado;

» APONTAR os danos que o pecado promoveu na família e na sociedade;

» COMPREENDER que o pecado afastou o homem da comunhão com Deus.

EI PROFESSOR

O pecado original (de Adão e Eva) causou uma tragédia mundial. Teve repercussão no mundo espiritual, na família, na sociedade, na natureza, e abriu as portas para a morte (Rm 6.23). Um simples ato “liberou o vírus do pecado, que desencadeou uma “pandemia” espiritual e amaldiçoou a Terra. A raça humana e toda a Criação sofreu as consequências do pecado.

 

Talvez eles achassem que uma "pequena” desobediência não traria efeitos catastróficos, afinal, que mal teria em comer uma fruta? Entretanto, a questão não era o fruto apenas, mas a escolha de obedecer ou de rebelar-se contra Deus. Quando Adão e Eva pecaram, eles deixaram de se sujeitar a Deus para viverem de forma independente e distante do Senhor.

PONTO DE PARTIDA

O pecado contaminou todos os homens. É isso que chamamos nesta lição de “a maior pandemia da história".


Para iniciar essa aula, você pode apresentar fotografias ou matérias que demonstram alguns males do mundo, tais como drogas, racismo, fome, guerras, etc.


E, então, promova o diálogo e estimule a participação de todos fazendo perguntas provocativas, como por exemplo; ‘existe bondade no mundo? ‘quem é o responsável pela maldade na sociedade?', 'o mal é culpa do ser humano ou do diabo'? ‘o ser humano é livre para escolher entre o bem e o mal?' Conclua dizendo; o mal cresce no mundo mediante o pecado do homem. Hoje vamos entender o que é o pecado e qual a sua gravidade.

VAMOS DESCOBRIR

A última pandemia trouxe perdas incalculáveis para muitas nações do planeta.

Da mesma forma, a pandemia do pecado também gerou danos irreparáveis para a humanidade, em todas as épocas.


Nesta Lição, aprenderemos juntos o que é pecado e quais consequências ele pode trazer para a nossa vida, família e sociedade.

Hora de Aprender

I – O QUE É PECADO

Na lição anterior já aprendemos um pouco sobre o conceito de pecado e vimos como ocorreu a primeira transgressão da humanidade contra Deus. Hoje, vamos aprofundar esse assunto. Então, vamos começar refletindo: você já sabe o que é pecado? Consegue apontar alguns exemplos?

 

Pecado NÃO é um conceito relativo. A Bíblia o define muito bem e o condena claramente (Jo 8.34; Tg 4.17). Na Declaração de Fé das Assembleias de Deus, lemos: “pecado é a transgressão da Lei de Deus: 'porque o pecado é a transgressão da lei’ (1 Jo 3.4 - ARA), ou seja, a quebra do relacionamento do ser humano com Deus". Assim, compreendemos que ao pecar, as pessoas são separadas da comunhão com o Senhor.

 

I - AUXÍLIO DIDÁTICO

A pandemia do pecado teve início quando Diabo convenceu o ser humano a pecar. A Ciência da Psicologia esquematiza a forma como pensamos: o nosso pensamento sobre algo ativa em nós a emoção que, por sua vez, produz o comportamento e esse comportamento reforça o pensamento, fechando essa estrutura cíclica (veja a ilustração a seguir). Uma vez compreendido esse modelo, é possível entender como aconteceu a tentação com Eva e também como ocorre conosco. Diante disso, devemos estar preparados para resistirmos às astutas ciladas do Diabo, ficando bem atentos aos nossos pensamentos.

 

II - AS CONSEQUÊNCIAS DO PECADO

Depois que Adão e Evo foram expulsos do Jardim do Éden, eles começaram a organizar a vida cotidiana. A raça humana cresceu e se multiplicou, conforme o desígnio de Deus. Porém, à medida que a população cresceu, o pecado se alastrou pela humanidade como uma doença contagiosa e mortal, corrompendo e degradando a sociedade.

 

Podemos observar essa condição logo nos primeiros descendentes de Adão, pois não muito distante da primeira transgressão da humanidade, aconteceu o primeiro assassinato (Gn 4.8).

 

1. Os danos do pecado na família

Em Gênesis, lemos que os dois irmãos, Caim e Abel, foram adorar ao Senhor: "O tempo passou. Um dia Caim pegou alguns produtos da terra e os ofereceu a Deus, o SENHOR. Abel, por sua vez, pegou o primeiro carneirinho nascido no seu rebanho, matou-o e ofereceu as melhores partes ao SENHOR. O SENHOR ficou contente com Abel e com a sua oferta, mas rejeitou Caim e a sua oferta. Caim ficou furioso e fechou a cara” (Gn 4.3-5).


Em seguida, com ciúme e muita raiva, Caim matou seu irmão. Ele não considerou a advertência do Senhor (Gn 4.6, 7) e seguiu os desejos malignos do seu coração, assassinando seu próprio irmão. Ao executar Abel, Caim demonstrou que não amava seu irmão e que não respeitava seus pais. A família de Adão e Eva foi marcada pela dor e pelo luto.


Assim, a Bíblia mostra que os relacionamentos foram danificados pelo pecado. E ainda hoje, hábitos pecaminosos, comportamentos maus e práticas malignas continuam destruindo famílias.


O plano de Deus paro as famílias é uma convivência amorosa e saudável. No lar, devemos ter nosso núcleo de convivência mais íntimo, experimentando acolhimento, respeito, proteção e amor.


Embora o pecado tenha força para desintegrar uma família, em Jesus Cristo há esperança, porque Ele venceu o pecado e a morte (1 Co 15.55-57). Mesmo quando uma família parece estar destruída, Jesus ainda pode restaurá-la; basta que as pessoas se arrependam dos seus erros e se voltem para Ele.


2. Os danos do pecado na sociedade

O capítulo 6 de Gênesis mostra que a maldade humana se multiplicou de geração em geração. Conforme o tempo passou, os homens foram se tornando especialistas em malignidade. O projeto de sociedade, tão Lindamente pensado por Deus, estava sendo danificado, por causa da inclinação das pessoas ao pecado.

 

A Bíblia diz: "Quando o SENHOR viu que as pessoas eram muito más e que sempre estavam pensando em fazer coisas erradas, ficou muito triste por haver feito os seres humanos" (Gn 6.5-6a).

 

O pecado do homem tornou seu coração enganoso e perverso: e corrompeu as relações, desde o núcleo familiar até a constituição social

 

As gerações seguintes, após Adão e Eva. demonstraram indiferença para com Deus e com sua vontade, e encheram a terra de injustiça. Raramente havia algumas exceções, como Enoque e Noé. No geral, ano após ano, os seres humanos pecaram, de modo que a Bíblia diz que “todos pecaram e estão afastados da presença gloriosa de Deus" (Rm 3.23).


AUXÍLIO DIDÁTICO

Precisamos aprofundar nossa perspectiva sobre Abel a fim de compreendermos a mensagem bíblica. Vejamos a apresentação que encontramos no Dicionário Bíblico: “Segundo filho de Adão. Era pastor. Ele oferecia a Deus ‘os primogênitos do rebanho’, uma oferta mais aceitável que é de Caim, composta de grãos e vegetais. Não está explícito se ele era o preferido porque sua oferta incluía a vida e, portanto, representava o símbolo da vida, ou porque era oferecida com espírito mais sincero. Num ímpeto de ira, Caim matou-o e tentou exime-se dessa responsabilidade. Abel tornou-se o modelo de um mártir que sofre por sua fé (Mt 23.35). Foi honrado por Jesus e aparece na galeria dos heróis da fé (Hb 11.4). Embora sua oferenda fosse superior à de Caim, era inferior à de Jesus Cristo (Hb 12.24). Pode ser dito a respeito dele que foi o primeiro pastor, o primeiro a oferecer sacrifícios de animais, o primeiro homem justo (Mt 23.35; 1 Jo 3.12) e o primeiro mártir" (Dicionário Bíblico Wycliffe. Rio de Janeiro: CPAD, 2010, p.2).


III - UM MUNDO LONGE DE DEUS

Inveja, ciúme, rancor, mágoa, vingança, ódio e mentira são algumas práticas que podemos identificar no trecho bíblico que estamos estudando. Tais características guardam semelhanças com a nossa sociedade atual, não é mesmo?


A corrupção do gênero humano trouxe graves consequências para a vida, para os relacionamentos, para as famílias e sociedade. Sofrimentos, dores, choros e mortes poderiam ser evitados se o homem não escolhesse praticar o mal.


A presença do mal é percebida na história bíblica apenas após a Queda do homem. E ainda hoje está presente em nosso meio porque “como está escrito: Não há um justo, nem um sequer" (Rm 3.10 - ARC). A maldade que existe no mundo está vinculada à pecaminosidade e injustiça do homem. Mesmo assim, o Criador decidiu manifestar a sua misericórdia, enviando o seu Único Filho a este mundo para morrer no Calvário, a fim de que a humanidade encontre o caminho da vida eterna (Jo 3.16).


AUXÍLIO TEOLÓGICO

Há muitas palavras para pecado: por exemplo, transgressão, delito, ofensa, fraqueza. Não importa como você o chame, o pecado é um comportamento egoísta - fazer o que quer e ignorar os mandamentos de Deus. Estas ações levam à crueldade com o próximo e à rebelião contra o Senhor. O desejo de pecar faz com que tenhamos prazer em ações malignas. O pecado foi trazido à raça humana através do primeiro homem. Adão. A única formo de romper o poder do pecado é através da fé em Jesus (...).


Todos precisamos nos acertar com Deus. Mesmo que tentemos bastante, nenhum de nós consegue ter uma vida perfeita. Nossos melhores esforços jamais ganhariam o perdão de Deus ou pagariam o preço pelo pecado. Porque Deus nos ama, decidiu enviar seu Filho.


Jesus, para morrer na cruz em nosso lugar. Apenas Jesus poderia ter uma vida perfeita e cumprir todas as Leis de Deus. ELe morreu na cruz com sacrifício final por nossos pecados. Quando decidimos crer em Jesus, conquistamos um alto relacionamento com Deus e alcançamos a vida eterna com Ele" (Bíblia de Estudo Pentecostal para Meninos. Rio de Janeiro: CPAD, 2015).


CONCLUSÃO

A pandemia espiritual do pecado causa destruição por todo o mundo, deixando graves sequelas, desde o tempo de Adão e Eva. Não se pode, por isso, subestimar seus efeitos, mesmo quando o pecado aparenta ser pequeno e inofensivo. A cada dia temos de nos afastar do pecado, buscando uma vida dê santidade e comunhão com Deus.

VAMOS PRATICAR

1. Segundo a lição, o que é pecado?

Pecado é a transgressão da Lei de Deus.

2. Segundo a lição, por que Caim matou Abel?

Porque Caim ficou com ciúme do seu irmão e cheio de raiva, quando viu que Deus se alegrou com a oferta de Abel, mas rejeitou a sua oferta.

3. Cite três exemplos de pecado que você observa hoje em nossa sociedade.

Resposta pessoal.

Escola Dominical Adolescentes - CPAD | 1° Trimestre de 2022 | Título: A História da Salvação | Lição 3: Pecado: a maior pandemia da história| Subsídios Dominical

DICAS DE CURSOS BÍBLICOS









Imagens de tema por gaffera. Tecnologia do Blogger.