Lição 4 A INFLUÊNCIA DAS AMIZADES [Juvenis] - Subsídios Dominical

Breaking

Home Top Ad

Post Top Ad

Novos Subsídios Bíblicos para as lições  O corpo de Cristo, 1° trimestre de 2024


Lição 4 A INFLUÊNCIA DAS AMIZADES [Juvenis]

Lições Bíblicas Juvenis 1° Trimestre 2024 CPAD

Lições Bíblicas Juvenis 1° Trimestre 2024 CPAD

Revista: FELIZ POR INTEIRO: o que Deus preparou para mim | Comentarista: Jonas José de Oliveira | Subsídios Dominical |Lição 4 A INFLUÊNCIA DAS AMIZADES 

“Vós sereis meus amigos se fizerdes o que eu vos mando” (Jo 15.14).

Êx 33.11 Moisés era amigo de Deus

Jó 42.10 Jó orava por seus amigos

Jo 15.15 Jesus nos chama de amigos

Tg 2.23 Abraão foi chamado de amigo de Deus

Tg 4.4 O perigo da amizade com o mundo

Pv 17.17 Amizade que nasce nos momentos difíceis


LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: João 15.10-20

10 Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai e permaneço no seu amor.

11 Tenho-vos dito isso para que a minha alegria permaneça em vós, e a vossa alegria seja completa.

12 O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.

13 Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a sua vida pelos seus amigos.

14 Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando,

15 Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor, mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer

16 Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça, a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vos conceda.

17 Isto vos mando: que vos ameis uns aos outros.

18 Se o mundo vos aborrece, sabei que, primeiro do que a vós, me aborreceu a mim.

10 Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas, porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos aborrece,

20 Lembrai-vos da palavra que vos disse: não é o servo maior do que o seu senhor. Se a mim me perseguiram, também vos perseguirão a vós: se guardarem a minha palavra, também guardarão a vossa.

Baixar o livro pdf doutrina da igreja

CONECTADO COM DEUS

Você tem muitos amigos? Você desfruta de amizade sincera dentro de sua casa? E no ambiente escolar? Na igreja, você pode contar com amigos verdadeiros? Essas questões refletem o assunto de hoje, afinal, Deus não nos criou para vivermos isolados, longe das pessoas. Amizades são um presente de Deus para nós e, sempre que orarmos ao Deus Pai, em nome de Jesus, nosso melhor amigo, o Deus Espírito Santo nos orientará sobre o cuidado que devemos ter com as amizades vazias de Deus, com conversas que corrompem nossa comunhão com o Senhor e também nos ajudará a nutrir boas amizades que serão fontes de alegria para nossas vidas.

1. A AMIZADE É UMA BÊNÇÃO PARA NOSSA VIDA

1.1 Quem tem amigos pode se alegrar

Salomão foi o homem mais sábio que pisou na terra (1 Rs 3.12). Foi ele quem disse: “O homem que tem muitos amigos pode congratular-se, mas há amigo mais chegado do que um irmão" (Pv 18.24). Se você tem amigos, você pode celebrar ao Senhor pois as amizades são uma bênção para as nossas vidas. Deus nos criou para vivermos em sociedade. Ter amigos é ter a oportunidade de celebrar, assim como o pastor que encontrou a ovelha perdida e reuniu seus amigos para festejar o retorno da ovelha perdida (Lc 15.6). E a mulher que encontrou a moeda que tinha perdido dentro de casa e também convidou suas amigas para celebrar (Lc 15.9). Quem tem amigos, pode festejar.


1.2. Quem tem amigos encontra ajuda

Salomão disse: "Porque, se um cair, o outro levanta 0 companheiro: mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante" (Ec 4.10). Quantas vezes Deus coloca pessoas em nossas vidas para nos ajudar nos momentos difíceis? Você se lembra de alguém que te ajudou em momentos de dificuldades? Os amigos são bênçãos para nós, assim como Barnabé foi um grande amigo e uma bênção para o apóstolo Paulo. Ao se converter, Paulo foi desacreditado por muitos por conta de seu histórico de perseguição aos cristãos. Barnabé, no entanto, acreditou em Paulo e o ajudou em seus primeiros passos na vida cristã (At 9.26,27). Barnabé investiu, encorajou e instruiu seu amigo Paulo.


1.3. Quem tem amigos pode desfrutar de comunhão

 João, conhecido como o apóstolo do amor, falou diversas vezes sobre o privilégio da comunhão com nossos irmãos e amigos. Ele declarou: "Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado" (1 Jo 1.7). João nos convida a amar nosso irmão (1 Jo 2.10) e deixa claro que aquele que não ama a seu irmão não é de Deus (1 Jo 3.10), pois a mensagem divina para nós é que amemos uns aos outros (1 Jo 3,11). A grande maioria de nós conhece de cor o texto de João 3.16, mas nem todos memorizamos a passagem de 1 Jo 3.16. Aqui lemos: “Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos". Quem tem amigos desfruta desta comunhão tão maravilhosa. Como é bom vivermos em união (Sl 133.1)! Boas amizades nos trazem alegria, comunhão e ajuda.

LEIA TAMBÉM 👇

2. O CUIDADO COM AS INFLUÊNCIAS DAS AMIZADES

2.1. Amizades que não acrescentam nada em nossa vida

Se, por um lado, quando desfrutamos da boa amizade, podemos receber ajuda e viver em comunhão, é preciso tomarmos cuidado com aquelas amizades que não acrescentam absolutamente nada em nossa vida. São amizades tóxicas que nunca nos farão bem. O apóstolo Paulo foi enfático ao dizer que as más conversações corrompem os bons costumes (1 Co 15.33). As pessoas com quem você convive, influenciam diretamente em seus hábitos, em sua comunicação e em suas atitudes. Os psicólogos afirmam que somos o resultado das cinco pessoas mais próximas de nós e somos o reflexo dessas pessoas. Se convivemos com pessoas negativas, incrédulas e murmuradoras, podemos nos tornar iguais a elas. Com quem você tem convivido? Pense sobre isso.

2.2. Amizades que prejudicam nossa comunhão com Deus

Existem pessoas que se aproximam de nós, mas que, infelizmente, ao se aproximarem, nos afastam de Deus. O apóstolo Tiago escreveu que quando somos amigos do mundo nos constituímos inimigos de Deus (Tg 44). Por isso mesmo, você precisa andar junto de quem anda com Deus. Ao nutrir amizades, procure conhecer o perfil dessa pessoa e veja se ela teme a Deus, se deseja obedecer a Palavra do Senhor, Infelizmente, muitos adolescentes e jovens que antes trabalhavam na obra de Deus, ao se aproximarem de certas pessoas, se afastaram do trabalho do Senhor, deixaram de ler a Bíblia e de ter comunhão com Jesus, Ore e peça a Deus que afaste de sua vida pessoas que podem prejudicar sua comunhão espiritual. Quando decidimos fazer amizades com pessoas mundanas, corremos o risco de nos afastarmos de Deus.


2.3. Amizades que causam danos em nossa comunhão com os outros

Já que estamos falando de Salomão, vale lembrar o que ele registrou, inspirado pelo Espírito Santo, ao dizer que há seis coisas que Deus não gosta e a sétima ele abomina que é aquele que semeia contendas entre os irmãos (Pv 6.16-19). Aquelas amizades possessivas são prejudiciais pois a pessoa pensa que você só deve ser amigo dela e de mais ninguém. Ou então aquela pessoa que gosta de espalhar boatos e fazer fofocas o tempo todo, e que se você conviver com ela, com certeza, se afastará de outras pessoas.


Se a amizade com alguém está prejudicando o seu relacionamento saudável com outras pessoas, então esta amizade está causando danos em sua vida e você precisa orar sobre isso e pedir a sabedoria que vem de Deus para que possa desfrutar da comunhão de todas as pessoas ao seu redor e não apenas de uma única pessoa ou um único grupo.

3. COMO DESFRUTAR DAS AMIZADES

3.1. Seja amigo de quem é amigo de Deus

Olhando para a Palavra de Deus, percebemos que fazer amizades é uma decisão pessoal. Sansão decidiu andar com Dalila (Jz 16), Herodes escolheu andar com a esposa de seu irmão (Mc 6.17-28), Acabe decidiu andar com Jezabel (1 Rs 19 — 22), mas Enoque escolheu andar com Deus e ser amigo de Deus (Gn 5.21-24). Ao decidirmos regar amizades com pessoas que andam com Deus, recebemos as bênçãos espirituais, Um exemplo prático é procurar as pessoas em sua igreja que vivem em oração, frequentam a Escola Dominical, apoiam o pastor nos trabalhos da igreja e mostram o Fruto do Espírito em suas vidas. São dessas pessoas que você precisa se aproximar, fazer amizade e ser orientado (a) através dele (a).


3.2. Seja amigo de quem promove você

Quantas vezes somos ensinados pela Bíblia a respeito de amizades que promovem as pessoas e as tornam melhores em todas as áreas de suas vidas? Um clássico exemplo é a amizade de Jesus com Pedro, Tiago e João. Biblicamente, vemos que Jesus amou a todos, multiplicou 5 pães e 2 peixes para uma multidão de cinco mil homens (Mt 14.13-21), chamou setenta discípulos para a obra, escolheu doze homens para o ministério, mas manteve aproximação com Pedro, Tiago e João. Esses três não eram mais importantes do que os outros, mas decidiram ficar mais perto de Jesus, A amizade com o Senhor os promoveu, Somente esses três foram com Jesus na casa de Jairo quando Jesus curou sua filha (Mc 5.37); eles foram os únicos que subiram ao monte onde Jesus transfigurou-se (Mt 17.1); apenas Pedro, Tiago e João estiveram com Jesus no Jardim do Getsêmani (Mt 26,36). Deus pode colocar pessoas em sua vida que te levarão para mais perto da presença de Jesus.


3.3. Jesus, nosso melhor amigo

Quando falamos sobre amizades, também sabemos que muitas vezes as pessoas nos decepcionam e, outras vezes, somos nós que as decepcionamos. Não existe um amigo perfeito assim como nós não somos perfeitos. Entretanto, podemos descansar o nosso coração, afinal, mesmo que tenhamos problemas em nossas amizades, nosso Senhor Jesus é o nosso amigo por excelência, Ele mesmo disse: “Já não vos chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor, mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer" (Jo 15.15). Você pode contar com Jesus em todas as horas de sua vida. Nos momentos mais difíceis, fale com Ele, abra o seu coração e saiba que Ele é o seu melhor amigo. Jesus chamou Lázaro de seu amigo (Jo 11.11) e realizou o milagre da ressurreição dele depois de quatro dias que tinha sido sepultado. Até mesmo Judas, que o traiu, foi chamado de amigo (Mt 26.50). Jesus é o nosso verdadeiro amigo.


PARA CONCLUIR

É importante sabermos o valor e reconhecer a influência das amizades. Ter amigos é uma bênção. Amigos agregam valor, nos ajudam, proporcionam comunhão. Por outro lado. há amizades que podem prejudicar nossa comunhão com Deus, nosso relacionamento com nossos irmãos em Cristo e que não acrescentam nada de bom para nós. Aproveite este momento e coloque em oração esta situação, pedindo ao Senhor que dirija os seus passos e lhe dê amigos verdadeiros.


HORA DA REVISÃO

1. Quais as bênçãos que as boas amizades nos trazem?

2. De acordo com a lição, por que algumas amizades podem atrapalhar nossa comunhão com Deus?

3. Ao decidirmos regar amizades com pessoas que andam com Deus. o que recebemos?

4. Com quais discípulos Jesus manteve uma aproximação maior?

5. De acordo com a lição, quem é o nosso verdadeiro amigo?

Post Bottom Ad