Lição 13 O Propósito de Missões

Lições Bíblicas do 4° Trimestre de 2023, Adultos CPAD

Revista: Até os Confins da Terra: pregando o Evangelho a todos os povos até a Volta de Cristo

ComentaristaWAGNER GABY

Data da Aula: 24 de Dezembro de 2023

TEXTO ÁUREO

“Porque, se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa  obrigação; e ai de mim se não anunciar o evangelho!” (1 Co 9.16)


VERDADE PRÁTICA

Pregar o Evangelho a toda a criatura não é uma opção, mas uma imposição divina.

LEITURA DIÁRIA

Segunda - Mt 28.18-20

Uma ordenança para pregar o Evangelho

Terça - 1 Co 9.16

A pregação do Evangelho como o dever de cada crente

Quarta - Mt 24.14

A vinda do Senhor Jesus tem a ver com a obediência da evangelização

Quinta - Ec 9.10; 2 Co 5.10; Ap 22.12

A obra da evangelização é uma urgência no Reino de Deus

Sexta - At 20.24

Prontos em cumprir com alegria a incumbência da evangelização

Sábado - Mt 24.45-51; 25.14-30

Prestaremos contas do nosso trabalho de evangelização


LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Apocalipse 5.9-14

9 - E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro e de abrir os seus selos, porque foste morto e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda tribo, e língua, e povo, e nação;

10 - e para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra.

11 - E olhei e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões e milhares de milhares,

12 - que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças.

13 - E ouvi a toda criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que está no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono e ao Cordeiro sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre.

14 - E os quatro animais diziam: Amém! E os vinte e quatro anciãos prostraram-se e adoraram ao que vive para todo o sempre.


Hinos Sugeridos:  72, 173, 316 da Harpa Cristã


PLANO DE AULA

1. INTRODUÇÃO

A Igreja de Cristo tem um nobre propósito a desempenhar neste mundo: proclamar a mensagem de salvação até que Jesus Cristo volte. Essa é a sublime missão da Igreja. Nos tempos em que vivemos, a Igreja de Cristo, diretamente ou indiretamente, é pressionada a renunciar a sua missão primária. Entretanto, a vontade de Deus é que mantenhamos firmes a missão de proclamar a Cristo, principalmente, em lugares que Ele não foi anunciado.


2. APRESENTAÇÃO DA LIÇÃO

A) Objetivos da Lição:

I) Apontar o alvo da obra missionária;

II) Conscientizar que cada cristão é responsável por essa missão.

B) Motivação: O que estamos fazendo para contribuir com a evangelização de nossa rua, bairro, cidade, estado, nação e o mundo?

C) Sugestão de Método: Pesquise na internet ou em livros de especializado em Missões. A CPAD editou livros nas áreas de Missões que poderão ajudá-lo(a). Selecione um missionário em que a vida é um exemplo no desempenho do propósito missionário. Conclua a lição, abordando esse exemplo.


3. CONCLUSÃO DA LIÇÃO

A) Aplicação: Organize um evangelismo pessoal com a classe, sob a orientação do departamento de Missões, ou secretaria de evangelismo, de sua igreja local. Apresente a sua classe esse desafio: evangelizar o bairro da igreja local. Estimule cada aluno e aluna para que participem dessa atividade de modo que se envolva com Missões Locais.


4. SUBSÍDIO AO PROFESSOR

A) Revista Ensinador Cristão. Vale a pena conhecer essa revista que traz reportagens, artigos, entrevistas e subsídios de apoio à Lições Bíblicas Adultos. Na edição 95, p.42, você encontrará um subsídio especial para esta lição.

B) Auxílios Especiais: Ao final do tópico, você encontrará auxílios que darão suporte na preparação de sua aula: 1) O texto "O Missionário é um Enviado", ao final do segundo tópico, amplia a reflexão a respeito da responsabilidade de pregar o Evangelho.


INTRODUÇÃO

O propósito da Igreja de Cristo neste mundo é o de proclamar a mensagem de salvação até Jesus voltar. Claramente, a Palavra de Deus nos mostra que a missão da Igreja envolve um propósito global, ou seja, a missão de pregar o Evangelho a cada criatura. Não importa a língua, a cultura ou o contexto econômico, cada pessoa deste mundo deve conhecer a respeito de Jesus e de sua mensagem de salvação. Esse é o assunto que estudaremos nesta semana.


PALAVRA-CHAVE: Propósito

I – O ALVO DA OBRA MISSIONÁRIA

1. O fundamento da realidade salvífica.

Numa leitura atenta do livro do Apocalipse é possível perceber o propósito de Deus de redimir a humanidade desde o livro de Gênesis. Por exemplo, em Apocalipse 5 há o relato de uma grande multidão de pessoas redimidas pelo sangue de Jesus: “Digno és de tomar o livro e de abrir os seus selos, porque foste morto e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda tribo, e língua, e povo, e nação” (Ap 5.9). Isso aqui é o resultado produzido pela obra de Cristo no Calvário. Nesse sentido, anunciar essa realidade salvífica para todo ser humano é o alvo sublime de nossa missão.

 

2. Um propósito global.

Em Mateus 28.18-20, a palavra “toda” traz a mesma conotação de alcance em que encontramos em Apocalipse 5. Isso reitera o princípio universal de nossa missão. Nesse caso, pregar o Evangelho a todos os povos para resultar em conversão de milhões de pessoas de todas as etnias é o propósito glorioso de Deus para a sua Igreja. Essa noção de universalidade, ou totalidade, relacionada ao alcance do Evangelho, nos responsabiliza como parte integrante desse poderoso e grandioso projeto de Deus: a obra missionária (1 Co 9.16). Diante dessa assertiva, nosso dever básico é o de proclamar o Evangelho a todos os povos.

 

SINÓPSE I

O alvo da obra missionária é apresentar o plano de salvação a todo o pecador.


II – PREGAR O EVANGELHO: A RESPONSABILIDADE DE TODO CRISTÃO

1. Qual é a nossa disposição?

Como está a nossa disposição em levar o Evangelho a todo o mundo? Você sabia que a vinda do Senhor Jesus tem a ver com a execução dessa ordenança (Mt 24.14)? À luz dessa grande urgência evangélica, o que temos feito em prol do Reino de Deus (Ec 9.10; 2 Co 5.10; Ap 22.12)?

 

Temos formado obreiros suficientes para cumprir a Grande Comissão? E os jovens crentes? Eles enxergam a grande urgência deste trabalho (Jo 4.35)? Estamos prontos a dar a vida por essa grande obra (At 20.24)? Essas perguntas contribuem para atestarmos uma grande realidade, ou seja, se a igreja não atender ao apelo divino da Grande Comissão, se houver omissão por parte de seus líderes, e se os crentes não se dispuserem a ir ao campo, e se o mundo não receber o Evangelho nesta dispensação da Graça, haverá um duro juízo contra os negligentes (Mt 24.45-51; 25.14-30).

 

[...] Se a igreja não atender ao apelo divino da Grande Comissão, se houver omissão por parte de seus líderes, e se os crentes não se dispuserem a ir ao campo, e se o mundo não receber o Evangelho nesta dispensação da Graça, haverá um duro juízo contra os negligentes.”

 

2. “Pois me é imposta essa obrigação”.

O apóstolo Paulo via a responsabilidade de pregar o Evangelho como uma obrigação imposta a ele (1 Co 9.16).

A expressão “ai de mim se não pregar o evangelho” tem dois sentidos claros:

1) a obrigação;

2) a punição.

O apóstolo estava consciente de que pregar o Evangelho é uma obrigação que inside privilégio, pois é a partir do que Cristo fez por nós. Nesse sentido, é um ato de obediência a Deus. Contudo, essa obrigação também leva em conta a punição em relação à recusa sistemática dessa obrigação imposta ao apóstolo. Ora, pregar o Evangelho não é uma opção para o cristão, mas uma imposição divina.


SINÓPSE II

Pregar o Evangelho é a obrigação de cada crente.


AUXÍLIO MISSIOLÓGICO

O MISSIONÁRIO É UM ENVIADO

Há uma identificação de Cristo com seus enviados que dissipa toda a amargura e espanta as sombras através de seu sorriso abençoado. Sua presença e companhia são uma experiência constante e a herança permanente deles. A grande necessidade dos que são enviados é praticar constantemente a consciência de sua presença. [...]


O missionário hoje é um ‘enviado’ se for um missionário no sentido bíblico da palavra. Um missionário não é aquele que partiu, mas aquele que foi enviado. É o modo como vai que faz toda a diferença. Se ele não caminhar com a segurança divina de que foi enviado, não será capaz de suportar a tensão, frustração, as pressões e os desapontamentos da vida missionária. A consciência, contudo, de ter sido enviado o sustentará em seus julgamentos e fracassos e certamente irá conduzi-lo ao triunfo e sucesso. [...]” (PETERS, George W. Teologia Bíblica de Missões. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2000, p.306).

CONCLUSÃO

Há um propósito divino quanto a proclamar a mensagem de salvação ao pecador. Não podemos, então, desviar um milímetro desse santo propósito. De fato, evangelizar não é uma opção. Pelo contrário, é uma imposição divina como resultado do que o Senhor Jesus fez em nossas vidas por intermédio do Espírito Santo. Portanto, preguemos a boa notícia para todo o pecador e em qualquer lugar em que ele se encontrar. Esse é o mais nobre e sublime propósito da Igreja de Cristo.


REVISANDO O CONTEÚDO

1. O que é possível perceber numa leitura atenta no livro de Apocalipse?

Numa leitura atenta do livro do Apocalipse é possível perceber o propósito de Deus em redimir a humanidade desde o livro de Gênesis.

2. Qual é o alvo sublime de nossa missão?

Anunciar a realidade salvífica para todo ser humano é o alvo sublime de nossa missão.

3. Segundo a lição, qual é o propósito glorioso de Deus para a sua Igreja?

Pregar o Evangelho a todos os povos para resultar em conversão de milhões de pessoas de todas as etnias é o propósito glorioso de Deus para a sua Igreja.

4. Qual é a sua disposição em levar o Evangelho ao pecador?

Resposta pessoal.

5. Quais são os dois sentidos da expressão “ai de mim se não pregar o evangelho”?

A expressão “ai de mim se não pregar o evangelho” tem dois sentidos claros:

1) a obrigação; 2) a punição.

Lições Bíblicas Adultos 1° trimestre 2024 CPAD

REVISTAO CORPO DE CRISTO Origem, Natureza e Missão da Igreja no Mundo

Comentarista: Pr. José Gonçalves

Temas das Lições - Clique e leia

Lição 1- A origem da igreja

Lição 2 - Imagens bíblicas da igreja

Lição 3 - A natureza da igreja

Lição 4 - A igreja e o reino de Deus

Lição 5 - A missão da igreja de Cristo

Lição 6 - Igreja: organismo ou organização?

Lição 7 - O ministério da igreja

Lição 8 - A primeira ordenança da igreja: o batismo

Lição 9 - A segunda ordenança da igreja: a ceia do Senhor

Lição 10 - O poder de Deus na missão da igreja

Lição 11 - O culto da igreja cristã

Lição 12 - O papel da pregação no culto

Lição 13 - Sendo o templo do Espírito

Compartilhar:

CURSOS BÍBLICOS PARA VOCÊ:

1) CURSO BÁSICO EM TEOLOGIA Clique Aqui
2) CURSO MÉDIO EM TEOLOGIAClique Aqui
3) Formação de Professores da Escola Dominical Clique Aqui
5) CURSO OBREIRO APROVADO - Clique Aqui


Matricule-se já !