Lição 6 Samuel: Juiz, Profeta e sacerdote [Adolescentes] - Subsídios Dominical

Breaking

Home Top Ad

Post Top Ad

Novos Subsídios Bíblicos para as lições  O corpo de Cristo, 1° trimestre de 2024


Lição 6 Samuel: Juiz, Profeta e sacerdote [Adolescentes]

Escola Dominical, Classe: Adolescentes – 2° trimestre de 2023 - CPAD

LEITURA BÍBLICA

1 Samuel 3.1-10

MENSAGEM

E Samuel cresceu. O SENHOR estava com ele e fazia tudo o que Samuel dizia que ia acontecer. 1 Samuel 3.19

DEVOCIONAL

Segunda »1 Sm 1.20-24

Terça » 1 Sm 2.18-21

Quarta »1 Sm 3.21

Quinta » Hb 11.32-34

Sexta » 1 Sm 10.1

Sábado » 1 Sm 16.12,13

Vamos Descobrir

0 ministério de Samuel foi muito importante para o desenvolvimento de Israel como nação. Ele nasceu por um milagre, pois sua mãe era estéril. Foi chamado por Deus num período de pouca atividade profética, marcado pela apostasia e corrupção sacerdotal. Dentro desse contexto, era necessário alguém que suprisse todas essas lacunas. Por isso, Samuel teve um triplo ministério, atuando como sacerdote, profeta e juiz. Você quer conhecer um pouco mais da sua história?

Hora de Aprender

I -  SACERDÓCIO DE EU

1- A liderança de Eli

A Bíblia relata que Eli era sacerdote na cidade de Siló, juntamente com seus filhos Hofni e Fineias (1 Sm 1.3). Os filhos de Eli foram descritos como “filhos de Belial” (1 Sm 2.12, ARC), uma expressão utilizada para designar pessoas de mau caráter ou corrompidas e que desobedeciam aos mandamentos de Deus. Eles eram chamados assim porque cometiam graves pecados (1 Sm 2.17).

 

2 – O encontro de Eli com Ana

No exercício do sacerdócio, Eli conhecia muitas famílias. Na época das festas, diversas famílias saiam de suas casas para ir até Siló, local onde estava o Tabernáculo, a fim de celebrar e oferecer suas ofertas ao Senhor. Seguindo essa tradição a família de Elcana e Ana faziam o mesmo (1 Sm 1.3).

 

Elcana era casado com Ana. Porém, ela era estéril. Seguindo o costume da época, ele casou-se novamente com Penina, que se tornou sua segunda esposa. Penina teve alguns filhos. Ela desprezava Ana, por ser estéril (1 Sm 1.2,6).

 

A condição de saúde de Ana e seu contexto familiar lhe deixavam muito triste (1 Sm 1.7). Um dia Ana foi ao Tabernáculo, em Siló, e orou a Deus. Ela apresentou sua dor ao Senhor e lhe pediu um filho (1 Sm 1.10). Eli observou a situação e achou que Ana estivesse embriagada (1 Sm 1.13). O sacerdote chamou a atenção de Ana, mas ela explicou tudo e Eli a abençoou e rogou que Deus concedesse o pedido dela (1 Sm 1.14-17).

 

Em sua oração, Ana fez um voto ao Senhor. Ela prometeu dedicar o seu filho ao Senhor e nunca cortar o cabelo dele (1 Sm 1.11). De fato, Deus respondeu à oração de Ana e deu-lhe um filho. O menino recebeu o nome de Samuel (1 Sm 1.20). Por fim, Ana cumpriu o seu voto, após desmamar o menino, o dedicou ao Senhor e o entregou para servir no Tabernáculo e ser criado pelo sacerdote Eli (1 Sm 1.26-28).

 

II - O CHAMADO DE SAMUEL

Samuel cresceu em Siló, como ajudante do sacerdote Eli (1 Sm 2.11). Com o passar dos anos, Samuel ganhou o respeito do povo, por causa da sua postura e compromisso com Deus (1 Sm 2.26). Ele viu os filhos de Eli dando um péssimo exemplo no serviço sacerdotal: desrespeitando as ofertas entregues no altar (1 Sm 2.12-17) e se deitando com as mulheres que trabalhavam à porta da Tenda Sagrada (1 Sm 2.22-25). Entretanto, Samuel não cometeu os mesmos erros de Hofni e Fineias.

 

Uma noite Deus chamou a Samuel. Todavia, o jovem não conhecia a voz do Senhor, pois Deus ainda não tinha falado com ele (1 Sm 3.3,4).

Assim, Samuel foi até Eli, achando que o velho sacerdote o chamara. Essa situação se repetiu três vezes, até que Eli entendeu que era Deus quem queria falar com Samuel. Eli orientou o jovem a responder: “[...] Fala, ó SENHOR, pois o teu servo está escutando" (1 Sm 3.9). Samuel agiu conforme a orientação de Eli (1 Sm 3.10). E o Senhor falou com ele. Naquela noite Samuel recebeu uma mensagem profética pela primeira vez na vida. Deus anunciou a ele uma profecia contra Eli, seu mentor, e contra a família dele (1 Sm 3.11-14).

 

Na manhã seguinte, Eli exigiu que Samuel contasse tudo o que o Senhor tinha anunciado. E, assim, Samuel anunciou para o sacerdote que o juízo de Deus viria sobre ele e sua casa (1 Sm 3.15-18).

 

III- O MINISTÉRIO DE SAMUEL

Samuel exerceu 3 ministérios diferentes. Ele foi sacerdote, profeta e juiz.


1 - O sacerdote

No momento em que a nação estava espiritualmente depravada e o sacerdócio em Siló estava corrompido, devido à atuação dos filhos Eli, Samuel atuou na função sacerdotal de forma eficaz. Samuel era temente a Deus e por isso ganhou o respeito de toda a nação.

 

2 - O profeta

A Bíblia também relata que as profecias anunciadas por Samuel eram verdadeiras, pois se cumpriam (1 Sm 3.19). Deus aparecia continuamente a Samuel em Siló e seu ministério profético foi confirmado publicamente (1 Sm 3.20,21).

Samuel preocupou-se em reunir um grupo de homens para ensinar a Lei do Senhor e instruí-los quanto aos mandamentos de Deus.

 

O ajuntamento de profetas é citado algumas vezes na Bíblia: 1 Samuel 10.5,10,12. Muitos anos depois da morte de Samuel, na época dos profetas Elias e Eliseu, o ajuntamento dos profetas ainda existia, pois é mencionado em 1 Reis 20.35 e 2 Reis 2.3,5,7; 6.1. A formação de uma geração de homens comprometidos em buscar a Deus e obedecer a seus mandamentos foi um dos legados do ministério profético de Samuel.

 

3 O juiz

Samuel atuou como juiz em Israel todos os dias de sua vida (1 Sm 7.15). Ele foi presente em algumas cidades e regiões: Mispa, Betei, Gilgal e Ramá. Ele ia até esses lugares para ouvir o povo e resolver questões que eram apresentadas. Todavia, Samuel atuou como juiz, especialmente, em Ramá, onde tinha uma casa (1 Sm 7.16,17).

 

CONCLUSÃO

Deus usou Samuel para trazer o povo de Israel de volta à adoração, para consolidar o sacerdócio e inaugurar a atividade profética de forma contínua em Israel.

 

PENSE NISSO

Muitas pessoas hoje culpam os maus exemplos de líderes para justificar os próprios pecados. Mesmo convivendo com péssimas referências de lideranças, Samuel escolheu ser temente a Deus e tornou-se um grande líder. Faça como Samuel, seja fiel a Deus e lembre-se de que o nosso maior exemplo é Jesus. É para Ele que devemos olhar.

Post Bottom Ad