Lição 13 Jesus, O Modelo de Líder

📝 Tema: Liderança na Igreja de Cristo - Escolhidos por Deus para Servir | 4° Trimestre de 2022 – CPAD

🎓 Classe: Jovens – Revista do professor

Comentarista: Elias Torralbo

👇 VEJA TAMBÉM Lições 👇

👉 Novas lições da classe dos ADULTOS- Aqui

👉 Novas lições da classe dos JOVENSAqui

👉 Novas lições BETEL da classe dos ADULTOS - Aqui

TEXTO PRINCIPAL

“Porque o Filho do Homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos.” (Mc 10.45)

RESUMO DA LIÇÃO

Jesus é definitivamente o modelo a ser seguido por toda a liderança cristã.

LEITURA SEMANAL

SEGUNDA – Jo 1.1-14

Jesus Cristo, o Filho de Deus

TERÇA – Lc 9.18-22

Jesus prediz sua morte

QUARTA – Jo 13.1

O amor de Jesus

QUINTA – Jo 13. 12-17

O líder que ama e que serve

SEXTA – Hb 4.14-16

Jesus é superior ao sumo sacerdote

SÁBADO – Hb 3.1-3

Jesus, maior do que todos os patriarcas


OBJETIVOS DESTA LIÇÃO

CONSCIENTIZAR a respeito da natureza da liderança de Jesus;

COMPREENDER o modelo de liderança de Jesus:

EXPLICAR que durante o seu ministério terreno Jesus foi um líder prático.

 

INTERAÇÃO

Professor (a), na lição deste domingo estudaremos a respeito da liderança daquele que deve ser o nosso modelo de líder: Jesus Cristo. Veremos que o Senhor Jesus Cristo foi um líder próximo de seus liderados. Ele frequentou a casa de Pedro, o que mostra que conhecia de perto a realidade dos primeiros apóstolos. Jesus também é o exemplo de uma liderança servidora. Ele lavou os pés dos seus discípulos, deixando-nos o exemplo de humildade, serviço e amor ao próximo (Jo 13.1-12). Depois da cerimônia da lavagem dos pés, o Salvador declarou: “Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também” (Jo 13.15).


EXTO BÍBLICO

JOÃO 13.1-15

1- Ora, antes da festa da Páscoa, sabendo Jesus que já era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, como havia amado os seus que estavam no mundo, amou-os até ao fim.

2- E, acabada a ceia, tendo já o diabo posto no coração de Judas Iscariotes, filho de Simão, que o traísse.

3- Jesus, sabendo que o Pai tinha depositado nas suas mãos todas as coisas, e que havia saído de Deus, e que ia para Deus.

4- Levantou-se da ceia, tirou as vestes e, tomando uma toalha, cingiu-se.

5- Depois, pôs água numa bacia e começou a lavar os pés aos discípulos e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido.

6- Aproximou-se, pois, de Simão Pedro, que lhe disse: Senhor, tu lavas-me os pés a mim?

7- Respondeu Jesus e disse-lhe: O que eu faço, não o sabes tu, agora, mas tu o saberás depois.

8- Disse-lhe Pedro: Nunca me lavarás os pés. Respondeu-lhe Jesus: Se eu te não lavar, não tens parte comigo.

9- Disse-lhe Simão Pedro: Senhor, não só os meus pés, mas também as mãos e a cabeça.

10- Disse-lhe Jesus: Aquele que está lavado não necessita de lavar senão os pés, pois no mais todo está limpo. Ora, vós estais limpos, mas não todos.

11- Porque bem sabia ele quem o havia de trair, por isso, disse: Nem todos estais limpos.

12- Depois que lhes lavou os pés, e tomou as suas vestes, e assentou outra vez à mesa, disse-lhes: Entendeis o que vos tenho feito?

13- Vós me chamais Mestre e Senhor e dizeis bem, porque eu o sou

14- Ora, se eu. Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros.

15- Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.


INTRODUÇÃO

Esta lição tem como objetivo apresentar Jesus como o maior e mais importante líder de todos os tempos Veremos algumas características da liderança dEle, e que deve servir de modelo para todos os líderes. Que venhamos seguir o modelo de liderança deixado por nosso Senhor.

1- A NATUREZA DA LIDERANÇA DE JESUS

1. A divindade de Jesus.

Não é certo falar a respeito das obras de Jesus sem considerar quem Ele é. Por isso, antes de fazer uma análise sobre o modelo de liderança deixado por Jesus, é imprescindível que se faça uma reflexão a respeito de sua natureza.

No Evangelho de João encontramos os sete “Eu sou” de Jesus, e cada um deles revela a sua pessoa, obra e divindade. Mas quem é Jesus e qual é a sua natureza? Como fruto da revelação divina, Pedro respondeu a esta pergunta, afirmando: “és o Cristo, o Filho do Deus vivo” (Mt 16.16.17).


Essa declaração foi um reconhecimento público da divindade de Jesus. Por isso, todas as obras dEle decorrem e refletem o seu caráter divino, inclusive as suas ações como líder. O modelo de liderança que Ele deixou deve ser o padrão de referência e ideal a ser alcançado, pois retrata aquilo que Deus espera de um líder.


2. A autoconsciência de Jesus.

Uma das marcas mais visíveis e perceptíveis nas atitudes de Jesus é a plena consciência que Ele sempre teve de que é o Filho de Deus (Mt 11.25-27). Por diversas vezes a Bíblia mostra Jesus reafirmando a sua natureza, ou seja, Ele não tinha dúvida de onde veio e nem de quem o enviou (Jo 16.28).


A serenidade e a segurança com que Jesus enfrentou o interrogatório de Pilatos é de impressionar, e isso se deu justamente pela convicção do Mestre acerca de si mesmo e de quem o enviou (Jo 18.36).


Esta convicção de sua identidade deu a Jesus as condições necessárias para lidar com equilíbrio e tranquilidade com Judas Iscariotes, que haveria de traí-lo, e com todas as adversidades que teve de enfrentar (Jo 13.18.19). Jesus mostra que o líder deve ter plena consciência da natureza de seu chamado e de quem o enviou


3. Jesus e a consciência de sua missão.

Ciente de sua natureza e de quem o enviou, Jesus teve clareza a respeito de sua missão, ou seja, do que Ele veio fazer no mundo. Esta consciência pode ser vista nas palavras que dirigiu aos seus pais quando eles o encontraram ensinando aos doutores da Lei: “Por que é que me procuráveis?


Não sabeis que me convém tratar dos negócios de meu Pai?” (Lc 2.49). A verdade é que em cada etapa de sua trajetória terrena Jesus teve muita clareza acerca de sua missão. Compreender sua missão deu a Jesus as condições necessárias para realizar tudo com excelência.


PROFESSOR(A), “o professor respondeu sorrindo: ‘Aprendi há muito tempo que é inútil tentar vender respostas reais para alguém que só quer comprar ecos. Cuidado para não colocar-se em posição de pensar que sabe todas as respostas. Todas as vezes que fizer isso estará se colocando em perigo. É praticamente impossível considerar-se especialista, e continuar ao mesmo tempo crescendo e aprendendo. Todos os grandes aprendizes são grandes ouvintes. Um problema comum, à medida que as pessoas ganham mais autoridade, é que elas sempre passam a ouvir aos outros menos e menos” (MAXWELL, John C: Como Tornar-se uma Pessoa de Influência. Rio de Janeiro: CPAD, 2000, p. 103).”


SUBSÍDIO 1

Professor(a), explique que neste primeiro tópico veremos que a natureza da liderança de Jesus é divina e não humana. Evidência o fato de que “quando Jesus foi concebido no ventre de Maria, Deus se fez homem. Ele não era em parte humano e nem em parte divino: era completamente humano e completamente divino (CL 2.9). Antes de Cristo vier ao mundo, o povo conhecia a Deus parcialmente.


Depois da vinda de Cristo, o povo pode conhecer a plenitude de Deus, porque Ele se tornou visível e tangível! em Cristo, sua expressão perfeita na forma humana. Os dois erros mais comuns a respeito de Jesus são: minimizar sua humanidade ou a sua divindade. Jesus é tanto Deus como homem”. (Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal Rio de Janeiro: CPAD, 2009. p. 1414.)

II - O MODELO DE LIDERANÇA DE JESUS

1. Uma liderança fundamentada no amor.

Do ponto de vista bíblico, nenhuma obra terá valor se não for realizada com amor. Em outras palavras, é o amor que valida e dá autenticidade a toda e qualquer ação da Igreja (1 Co 13). Tudo o que Jesus realizou, em seu ministério, terreno foi por amor. O amor é essencial para que o líder seja bem-sucedido. O amor deve ser evidenciado em obras, assim como Deus provou o seu amor por nós.


2. Uma liderança sacrificial.

Qualquer reflexão a respeito da obra de Jesus em favor da humanidade, inclusive a sua liderança, deve começar com base em sua disposição em se sacrificar pelo favor do outro (Fp 26-8).


3. Uma liderança em favor do próximo.

O olhar do Mestre sempre esteve voltado para o outro e nunca para si mesmo. Firmado no princípio apresentado a Abraão, de que nele todas as famílias da terra viriam a ser abençoadas (Gn 12.3). o Senhor Jesus disse ter recebido a unção divina com o propósito de abençoar as outras pessoas.


Ele reconheceu estar cheio do Espírito Santo, não para fins pessoais, mas para evangelizar os pobres, curar os quebrantados do coração, apregoar liberdade aos cativos, dar vistas aos cegos, pôr em liberdade os oprimidos” (Is 611-3).


SUBSÍDIO 2

Professor (a), inicie o tópico fazendo a seguinte pergunta: “Qual era o modelo de liderança de Jesus?” Incentive a participação de todos e ouça os alunos com atenção. Em seguida, escreva no quadro as três características de Jesus que se encontram no tópico 2 da revista: Uma liderança fundamentada no amor, uma liderança sacrificial e uma liderança em favor do próximo. Em seguida, discuta com os alunos a respeito de cada uma delas. Conclua enfatizando que Jesus é o modelo de líder perfeito.

III - JESUS, UM LÍDER PRÁTICO

1. Um líder próximo de seus liderados.

Jesus não foi um líder de “gabinete”, mas sempre esteve entre os seus liderados e no meio das multidões. Ele comeu com os discípulos, conversou, ouviu os seus dramas e atendeu-os em suas necessidades (Hb 4.14-16).

Jesus não esperava que as pessoas fossem a Ele, mas Ele mesmo se dirigia até elas com a finalidade de pregar o Evangelho do Reino (Lc 13:22).


2. Uma liderança pautada na oração.

Jesus orou e ensinou seus discípulos a orarem (Lc 11.1-4). Ele orou no início e durante todo o seu ministério (Mt 14.23): orou durante uma noite inteira para escolher os que seriam os seus apóstolos (Lc 6.12-16). Ele também orou antes de ser crucificado (Mc 14.32-42). Um dos principais legados de Jesus como líder é, sem dúvida, a sua vida de oração, que deve ser imitada por aqueles que são chamados a atuar na liderança


3. Uma advertência à liderança cristã.

Outra marca da liderança de Jesus, que deve ser observada pelos líderes da atualidade, foi a sua descrição. Infelizmente, na atualidade, não são poucos os que têm entrado pelo caminho da busca por popularidade e tem se perdido e levado outros a se perderem também. Jesus não buscou ser popular, mas sempre se manteve fiel à missão que recebeu do Pai (Jo 6.60-71).


Ele sempre se afastava quando a multidão era muito grande (Lc 5.1-3; 15.16). Não fez marketing pessoal, mas investiu no bom nome, como se vê no exemplo do cego de Jericó que, embora não tivesse condições de conhecer a sua face em virtude de sua deficiência visual, conhecia bem o seu nome (Mc 10.46-52).


Deus prometeu engrandecer o nome de Abrão, mas não a Abraão, porque as pessoas passam, mas o nome do Senhor permanece. O exemplo deixado por Jesus é de que o líder deve investir naquilo que realmente importa, isto é, no bom nome.


SUBSÍDIO 3

Professor (a), explique que em sua plena humanidade. Jesus foi um líder prático e tudo que Ele fez e ensinou pode ser realizado por nós. Jesus não somente ensinou o que fazer. Ele fez para nós deixar o exemplo. Pode parecer desafiador. todavia é possível o líder ser próximo de seus liderados, conhecendo suas necessidades. Também é possível uma liderança pautada na oração e no jejum. Seguindo o exemplo de Jesus Cristo o líder deve investir naquilo que é realmente importante se distanciando de tudo que não é relevante para o Reino de Deus.

CONCLUSÃO

Nesta lição estudamos a respeito do modelo de liderança de Jesus. Vimos que Cristo teve uma vida de oração e que Ele amou a todos. O Mestre é o maior e melhor líder de todos os tempos. Que venhamos seguir o seu exemplo, buscando amar e servir ao nosso próximo. Vivendo para a glória de Deus.

HORA DA REVISÃO

1- Qual a natureza de Jesus?

R. Divina e humana

2- Jesus tinha consciência de sua deidade?

R. Sim (Jo 16.28)

3- Cite as características do modelo de liderança de Jesus.

R. Uma liderança fundamentada no amor, uma liderança sacrificial e uma liderança em favor do próximo.

4- Como o amor deve ser evidenciado pelo líder?

R. Ele deve ser evidenciado por obras.

5- Qual a característica que você acredita ser indispensável a um líder? Resposta pessoal

📝 SUBSÍDIOS | 🔥 ADULTOS | 📚 ARTIGOS | 💢 JOVENS

Auxílios para a Escola Dominical
Receba Lições, Artigos, Vídeos e Subsídios! É Grátis. Digite seu E-mail e em seguida abra o seu e-mail e clique em nosso link de conformação:

Compartilhar:

CURSOS BÍBLICOS PARA VOCÊ:

1) CURSO BÁSICO EM TEOLOGIA Clique Aqui
2) CURSO MÉDIO EM TEOLOGIAClique Aqui
3) Formação de Professores da Escola Dominical Clique Aqui
5) CURSO OBREIRO APROVADO - Clique Aqui


Matricule-se já !