FECHAR <----

O plano de Deus para o homem, a família exerce papel fundamental e indispensável. Esse tema é tratado com muita clareza nas abordagens bíblicas que evidenciam o papel da família no plano divino, suas implicações e como a mesma pode glorificar a Deus.

🔍 SUGESTÃO DE LEITURA:

👉 Em Jesus as Mulheres são valorizadas

👉 10 Passos para um Casamento Feliz

👉 Relacionamento em Família

Como nunca antes na história, a família tem sido tema de seminários e encontros que apresentam fórmulas para socorrer casamentos em crise, prometendo ensinar a pessoa a fazer seu cônjuge feliz. Infelizmente, em muitos casos, os problemas e desafios que envolvem uma família são tratados apenas perifericamente, deixando de lado o ponto central da situação. O sucesso de uma família depende de alguns fatores, e dentre encontra-se um casamento bem sucedido, pois, para que uma família viva bem, é necessário que a união entre marido e mulher seja bem estruturada.

Analisaremos o real propósito do casamento à partir do ponto de vista divino, considerando o propósito de Deus para o homem e para a família.

1. O propósito de Deus

Em toda a Bíblia, encontramos diversas passagens que nos asseguram o fato de que em tudo que Deus faz há um propósito (Jó 42.2; Ec 3.1; Rm 8.28). Com isso, afirmamos que a constituição da família não foge a esta regra; isto é, sua existência tem um propósito estabelecido pelo próprio Deus.


Se queremos de fato identificar e solucionar os problemas de uma família, necessariamente precisamos conhecer o propósito para o qual Deus a instituiu.

Para que Deus criou a família? A resposta para esta pergunta encontra-se na Palavra de Deus. Afinal, é Ele quem a constituiu. Leiamos Gênesis 1.26-28; 2.18,21-24.

A partir desta leitura, comecemos por analisar que tudo o que Deus realiza está em pleno acordo com seu perfeito e infalível propósito. Consequentemente, o propósito da criação da família está intimamente ligado à criação do homem e que, por sua vez, com o propósito maior de Deus para a humanidade e toda a criação.

Não podemos cometer o erro de separar a instituição da família da intenção de Deus para com a humanidade, pois ambos estão intimamente ligados. Na verdade, o casamento foi estabelecido por Deus como um dos principais meios para condicionar o homem a cumprir Seu propósito em sua existência.

Vejamos detalhadamente o propósito de Deus para o casamento, e isso partindo do princípio do plano de Deus para a humanidade.

2. O plano de Deus

Que Deus é o Criador de todas as coisas, inclusive do homem, disso não temos dúvida nenhuma. No entanto, com qual finalidade o Senhor criou todas as coisas e em especial o homem? Para respondermos esta pergunta devemos nos voltar inteiramente ao que a Palavra de Deus nos fala.

Ao atentarmos para o que a Bíblia fala a respeito da criação do homem, nos deparamos principalmente com a forma com que Deus o criou e o que foi dito nesse ato. Se observarmos os detalhes que a Bíblia nos fornece sobre a criação do homem, consequentemente poderemos de alguma forma encontrar o seu propósito.

Pode parecer redundante, no entanto, o primeiro ponto a ser destacado aqui é que o homem foi feito pelo próprio Deus, e levando em consideração que toda obra divina possui um propósito bem estabelecido e definido, a criação da raça humana é parte importante desse plano. Ainda dentro disso, devemos pontuar algumas verdades fundamentais a fim de alcançarmos nossos objetivos:
 
🎯 Antes de formar o homem, Deus apenas ordenava que passasse a existir e isso ocorria. Mas quando foi fazer o homem Ele fez uma reunião.

🎯 O ser humano é fruto de uma concordância da Trindade.

🎯 Diferente dos animais e vegetais, Adão foi feito alma vivente a partir do sopro de Deus (2.7) e foi criado à imagem e semelhança de Deus (1.26-27).

🎯 O homem foi criado a partir do modelo divino, o que significa que ele reflete verdades a respeito do próprio Deus.

🎯 Segundo Gênesis 2.7, o homem foi feito do pó da terra e passou a viver após o sopro de Deus nele. Isso significa que sua composição é dupla: ele é terreno e é também divino, aliás ele foi moldado pela própria mão de Deus.

🎯 Tanto homem como mulher fazem parte do plano de Deus, já que em tudo que Ele faz há um propósito (Ef 1.11).

Com essas informações, podemos concluir que o principal propósito da existência do homem é refletir verdades a respeito de seu Criador, isto é, toma-lo conhecido. Após esta breve análise, vejamos o propósito para o qual Deus estabeleceu o casamento.

3. O propósito do casamento

Deus formou o homem com o propósito de manifestar Seu próprio caráter por meio dele e também de relacionar-se com ele. Sendo assim, podemos afirmar que, tanto o homem quanto a mulher estão envolvidos nesse propósito divino e espiritual.

Mas, afinal, com qual propósito Deus constituiu o casamento? Seria o casamento apenas a manifestação do interesse de Deus de que o homem seja feliz e faça sua mulher feliz?

Leiamos Gênesis 2.18,21-24.

As palavras do Senhor revelam que a necessidade humana foi detectada antes mesmo que o próprio homem a descobrisse, e a natureza da mesma é revelada nas próprias palavras divinas: o homem precisava de uma ajudadora idônea.

O que Deus quis dizer com “não é bom que o homem esteja só”?

Ao se referir à mulher, Deus falou: “...far-lhe-ei uma adjutora...”, do latim adjutor, que significa “o que socorre, que auxilia, que ajuda”. Podemos concluir que a criação da mulher e sua união com o homem objetivaram o cumprimento do propósito divino.

Em nossa sociedade viciada em prazer e sucesso pessoal, a ideia que prevalece sobre o propósito do casamento é a felicidade do casal. No entanto, biblicamente falando, observando atentamente a dinâmica do momento da criação e da união do primeiro casal, o que concluímos é que o principal propósito do casamento é a glória de Deus.

É verdade que Deus deseja que o homem viva bem e que no casamento os cônjuges sejam felizes. No entanto, essa satisfação só será possível quando esse casal cumprir o propósito do casamento: a glória de Deus.

De acordo com a Bíblia, o que é ser feliz? Antes de se relacionar com a mulher - quando ela ainda nem existia - o homem se relacionava com Deus e, naturalmente, isso era suficiente para que ele fosse feliz. No entanto, é Deus quem identificou e verbalizou a necessidade de uma companheira para Adão que, mesmo depois com Eva, continuava se relacionando com seu Criador, demonstrando assim a necessidade vital que a raça humana tem de manter- se em comunhão com Deus.

Em resultado à desobediência do casal e sua queda, Deus comunicou uma série de consequências negativas, mas a maior e mais terrível foi a separação e limites entre Criador e criatura. Adão e Eva foram postos para fora do Jardim, mas permaneceram juntos, e se a maior satisfação de um casamento está no fato do casal estar junto, então sua separação seria o maior dos castigos, mas o que vemos é que eles permaneceram juntos, mas agora distanciados de Deus.

Sendo assim, concluímos que a satisfação do casamento não está tanto no homem e na mulher, mas em Deus, e o seu propósito é a glória de Deus.

Artigo: Pr. Elias Torralbo | Reverberação /Adaptação: Subsídios EBD



Estudo Publicado em Subsídios EBD – Site de Auxílios Bíblicos e Teológicos para Professores e Alunos da Escola Dominical.


Auxílios para a Escola Dominical
Receba Lições, Artigos, Vídeos e Subsídios! É Grátis. Digite seu E-mail e em seguida abra o seu e-mail e clique em nosso link de confirmação:

 
Top