FECHAR <----

Observação: Subsídio Bíblico para a lição 6 – Classe: Jovens. 1° Trimestre de 2020.
Há nos Evangelhos um conjunto de afirmações de Jesus que causaram muita repercussão entre os religiosos de sua época; são declarações que Ele inicia com a expressão "Eu sou" (Jo 6.35; 8.12; 10.7,9,11,14; 11.25; 12.46; 14.6; 15.1). Um dos momentos mais tensos é em João 8.58,59, quando em virtude de suas declarações Jesus é quase apedrejado.

1. O nome de Jesus.

O nome Jesus aparece aproximadamente 979 vezes no Novo Testamento (ACF). Vejamos as duas primeiras ocorrências deste nome.

LIVRO da geração de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão. (Mt 1.1). E Jacó gerou a José, marido de Maria, da qual nasceu JESUS, que se chama o Cristo (Mt 1.16).

Jesus é a forma grega (lesous, cuja pronúncia é Iesus Mt 1.21) do heb. Yehoshúa (traduzido como Josué 218 vezes), que significa "Salvador" ou “o Senhor é salvação”.

A expressão grega christos é o adjetivo verbal semita, equivalente a Messias, que, em hebraico, significa “o Ungido”. No Antigo Testamento, essa forma designava o rei de Israel (o ungido do Senhor, como em 1 Sm 16.6), o sumo sacerdote (o sacerdote ungido – Lv 4.3).

No plural, essa expressão se refere aos patriarcas em seu ministério de profetas (“meus ungidos” – Sl 105.15). Jesus cumpriu a profecia messiânica, desempenhando essas três funções.

Portanto a expressão grega christos é equivalente a Messias, que, em hebraico, significa “o Ungido”.

Mateus demonstra de forma clara e inquestionável que Jesus Cristo é o Messias prometido nas diversas profecias do AT, como nesse texto de Is 7.14. (Mt 2.15-23; 8.17; 12.17; 13.25; 21.4; 26.54-56; 27.9; cf. 3.3; 11.10; 13.14, etc.)

O próprio Jesus usa as Escrituras para comprovar sua identidade e ministério (Mt 11.4-6; Lc 4.21; 18.31; 24.44; Jo 5.39; 8.56; 17.12, etc.)


Jesus é chamado de:
1. Jesus Cristo (Mt 1.1);
2. Messias (Jo 1.41);
3. Jesus de Nazaré ( At 10.38) ;
4. Cristo Jesus (Rm 6.23).

Verdades sobre Jesus - Ele é:
1.  O Criador (Cl 1.16,17);
2. Deus (Jo 20.28; Rm 9.5);
3. O único que pode nós levar ao Deus Pai (Jo 14.6);
4. O único que pode nos salvar (At 4.12);
5. O único mediador entre Deus pai e os seres humanos (1Tm 2.5);
6. Só nos tornamos filhos de Deus quando recebemos e cremos em Jesus (Jo 1.11,12).

2. Jesus, o EU SOU

2.1. EU SOU O PÃO DA VIDA (Jo 6.35).
"Eu sou o pão da vida" é a primeira das sete declarações "Eu sou" proferidas por Jesus, e contidas no Evangelho segundo João. A declaração "Eu sou o pão da vida" informa-nos que Cristo é o sustento que nutre a nossa vida espiritual.
Cada uma das setes declarações ressalta um aspecto importante do ministério pessoal de Jesus.

As outras são:

"Eu sou a luz do mundo" (Jo 8.12) - Jesus é a luz verdadeira (1.9). Ele remove as trevas e o engano, iluminando o caminho certo para Deus e a salvação. Todos  que seguem a Jesus são libertos das trevas do pecado, do mundo e de Satanás. Os que ainda andam nas trevas não o seguem (cf. 1 Jo 1.6,7). "Quem me  segue" é um gerúndio contendo a ideia de seguir continuamente. Jesus, na realidade, disse "seguir-me continuamente". Ele reconhecia somente o discipulado   perseverante (Jo 8.31).

 "Eu sou a porta" (Jo 10.9) - Quem entrar por meio de Cristo será "salvo", ou seja, terá vida eterna e abundante (Jo 10. 10), tudo quanto necessita para ser liberto do pecado, da culpa e da condenação. Jesus é a única porta da salvação; não há salvação senão por Ele (At 4.12).                                      

"Eu sou o bom Pastor" (10.11,14) - Jesus declara que Ele é o bom Pastor prometido nas profecias (Sl 23.1; Is 40.11; Ez 34.23; 37.24).
Esta metáfora de Jesus como o Bom Pastor ilustra o cuidado terno e devotado que Ele tem por seu povo. É como se Ele dissesse: "Eu sou, para com todos aqueles que creem em mim, o que um bom pastor é para as suas ovelhas:  cuidadoso, vigilante e amoroso".

A característica de Cristo como o Bom Pastor é que Ele morreu por suas ovelhas. É isso que, de modo ímpar, ressalta a Cristo como Pastor. É a morte de Cristo na cruz que salva suas ovelhas (Is 53.12; Mt 20.28; Mc 10.45). Cristo é aqui chamado o "Bom Pastor"; em Hb 13.20 é chamado o "grande Pastor"; e em 1 Pe 5.4, o "Sumo Pastor".

O ministro do evangelho que ocupa esta posição apenas como meio de vida, ou de obter honrarias, é o "mercenário" referido nos versículos 12,13. O verdadeiro pastor cuida de suas ovelhas. O falso pastor pensa em primeiro lugar em si mesmo e na sua posição diante dos homens.

"Eu sou a ressurreição e a vida" (Jo 11.25) - Para quem crê em Jesus, a morte física não é um fim trágico. É, pelo contrário, a admissão à vida eterna e abundante, e, à comunhão com Deus. "Viverá" refere-se à ressurreição; "nunca morrerá" (Jo 11. 26) significa que o crente terá um corpo novo, imortal e incorruptível (1 Co 15.42-54), que não poderá morrer, nem deteriorar-se (Rm 8.10; 2 Co 4.16).

"Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida" (Jo 14.6) – Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim.

"Eu sou a videira" (Jo 15.1,5) –Nesta parábola ou alegoria, Jesus se descreve como "a videira verdadeira" e aqueles que se tornaram seus discípulos, como "os ramos". Ao permanecerem ligados nEle como a fonte da vida, frutificam. Deus é o lavrador que cuida dos ramos, para que deem fruto (vv. 2,8). Deus espera que todo crente dê fruto.
Jesus fala de duas categorias de varas: infrutíferas e frutíferas.

1) As varas que cessam de dar fruto são as que já não têm em si a vida que provém da fé perseverante em Cristo e do amor a Ele. A essas varas o Pai tira, i.e., Ele as separa da união vital com Cristo (cf. Mt 3.10). Quando cessam de permanecer em Cristo, Deus passa a julgá-las e a rejeitá-las (v. 6).

2) As varas que dão fruto são as que têm vida em si por causa da sua perseverante fé e amor para com Cristo. A essas varas o Pai "limpa", poda, a fim de ficarem mais frutíferas. Isso quer dizer que Ele remove de suas vidas qualquer coisa que desvia ou impede o fluxo vital de Cristo. O fruto é o caráter cristão, como qualidades, que no crente glorifica a Deus, mediante sua vida e seu testemunho (ver Mt 3.8; 7.20; Rm 6.22; Gl 5.22,23; Ef 5.9; Fp 1.11)

APROFUNDE SEU CONHECIMENTO SOBRE JESUS

SUGESTÃO DE LEITURA:
👉 Subsídios para a Classe de Adultos: Clique Aqui
👉 Subsídios para a Classe de JovensClique Aqui
👉 VÍDEO AULAS - Classe de Adultos - Clique Aqui
🎯  Estudos para Professores EBD - Clique Aqui
👉 LIÇÕES Completas ADULTOS EM ÁUDIO AQUI

Adaptação de: Subsídios EBD
 
Top