FECHAR <----

Subsídio bíblico para a Escola Dominical - classe dos Adultos. Subsídio para a Lição: 6 | Revista do 1° trimestre de 2019 | Fonte: E-book Subsídios EBD Vol. 19 | VEJA aqui OS SUBSÍDIOS.

OS SEXOS QUE DEUS CRIOU

1. O conceito de Sexo e Sexualidade.

a) Sexo - conformação física, orgânica, celular, particular que permite distinguir o homem e a mulher, atribuindo-lhes um papel específico na reprodução. A palavra sexo pode ser usada como referência aos órgãos sexuais ou à prática de atividades sexuais.

b) Sexualidade - conjunto de caracteres especiais, externos ou internos, determinados pelo sexo do indivíduo.

2. Os dois sexos criados por Deus.

Deus criou apenas dois sexos: masculino e feminino (Gn 1.27; 2.22-24). O Criador não uniu dois “machos” nem duas “fêmeas”. A Bíblia é clara: “E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou” (Gn 1.27).


O sexo foi criado por Deus tanto para a procriação quanto para a recreação do casal. Por meio dele, a união heterossexual tem dado prosseguimento à ordem divina de fazer com que homens e mulheres perpetuem suas gerações.

3. O relacionamento sexual é para ser desfrutado com a pessoa certa, no casamento (Pv 5.15).

O texto de Provérbios 5.15-19 é um texto poético que trata do relacionamento sexual no casamento. Quando o poeta recomenda que se beba da água da própria cisterna (v.15), ele se utiliza de uma metáfora para falar da esposa, a mulher escolhida para ser companheira (v.18). Ou seja, a mulher pela qual ele se enamorou, conheceu, amou e, por fim, com quem se casou. A fonte, o manancial do homem, deve ser somente a sua própria esposa (cf. Êx 20.17). O texto bíblico mostra que o prazer sexual no casamento é legítimo, pois foi idealizado e instituído por Deus (Gn 2.20-25).

SEXO SOMENTE NO CASAMENTO

A legitimidade cristã para a satisfação dos apetites sexuais entre um homem e uma mulher restringe-se ao casamento monogâmico (1 Co 7.9). Toda prática sexual realizada fora disso constitui-se em sexo ilícito.



DISTORÇÕES SEXUAIS
Por distorções sexuais, nos referimos as práticas sexuais condenadas pela Bíblia Sagrada. Vejamos algumas dessas distorções.

1. O adultério (Lv 18.20). 
O adultério é condenado tanto no Antigo quanto no Novo Testamento. O adultério se refere ao relacionamento sexual de uma pessoa casada com "outra casada ou solteira".

O adultério é estritamente proibido tanto no Antigo Testamento (o sétimo mandamento, Ex 20.14; Dt 5.18; punível sob a lei com morte por apedrejamento, Lv 20.10; Dt 22.22ss.) quanto no Novo Testamento (Rm 13.9; Gl 5.19; Tg 2.11).

O Adultério, além de ofender a Deus e transgredir seus Mandamentos, é uma ofensa para toda a família e traz prejuízos, danos morais e espirituais para todos. 

👉Os adúlteros não herdarão o Reino de Deus (1 Co 6.9,10)

2. A prostituição.
O autor da Carta aos Hebreus diz: “Venerado entre todos seja o matrimônio e o leito sem mácula, mas aos adúlteros e aos que se dão à prostituição, Deus os julgará” (Hb 13.4).
👉Deus condena a prostituição (1Ts 4.3).
👉Abstenha-se da prostituição (1Ts 4.3-5).
👉A prostituição profana o "templo do Espírito Santo"(1 Co 6.18,19).

3. A fornicação.
 O sexo entre pessoas solteiras é chamado fornicação. Na Bíblia, tal prática é tida como uma impureza sexual. Quem se entrega a tal prática não herdará a vida eterna (Ap 21.8).

👉A fornicação na união estável.
A união estável, de acordo com a lei civil brasileira, existe quando duas pessoas se unem, dividindo seus trabalhos e despesas.

Um casal que vai viver junto na mesma casa, tendo uma vida conjugal, sem ter o compromisso do casamento, está em uma união estável. Sendo assim, a união estável, aos olhos de Deus é fornicação. Portanto, é pecado.
Para prevenir esse pecado, o apóstolo Paulo orienta os cristãos a se casarem (1 Co 7.2, ACF).

4. O Homossexualismo.
De acordo com o Dicionário Houaiss, homossexualismo é a prática amorosa ou sexual entre indivíduos do mesmo sexo. O apóstolo Paulo classifica os homossexuais em duas categorias: ativos - os "sodomitas", e passivos - os "efeminados (Gr. Malakos, significa afeminado)". A palavra grega para "sodomita" é arsenokoités, "que mantém relações sexuais com homem" (1 Co 6.10 – ARC).

Deus abomina a prática homossexual e tal prática no Antigo Testamento era punida com a morte (Lv 18.22; 20.13) e é proibida em toda a Escritura Sagrada (Rm 1.24-28; 1 Tm 1.10).

Na Nova Aliança, o assunto é tratado na esfera espiritual, por isso quem comete tal prática não sofre a pena capital, mas caso não se arrependa e deixe tal prática não poderá herdar a salvação (1Co 6.10). 

👉A Bíblia condena a prática do homossexualismo, quer masculino, quer feminino (Lv 18.22; Rm 1.26).

O dinheiro proveniente do homossexualismo e da prostituição não deve ser introduzido na Casa de Deus: “Não trarás salário de prostituição nem preço de sodomita à Casa do Senhor, teu Deus, por qualquer voto; porque uma e outra coisa são igualmente abomináveis ao Senhor, teu Deus” (Dt 23.18 — ARA).

Em outras palavras a Igreja de Jesus não pode receber das pessoas: dízimos, ofertas e outras doações, vindas das práticas do homossexualismo e/ou da prostituição.

5. Ideologia de gênero [1].
a) Definindo.
É a teoria de que o gênero de uma pessoa não é determinado no nascimento. Ou seja, uma pessoa pode ser um homem ou uma mulher, independentemente do sexo com que nasceu.

Para os defensores Ideologia de Gênero, o ser humano nasce sexualmente neutro e só depois é "socializado" como homem ou mulher. Logo, se essa ideologia fosse implantada, qualquer pessoa, mesmo sendo um homem, poderia ser considerada uma mulher e qualquer mulher poderia ser reconhecida como um homem, caso assim desejassem.

A ideologia de gênero prega, em síntese, que as expressões "sexo" e "gênero" devem ter significados diferentes, onde os aspectos biológicos do corpo passam a ter nenhuma importância para a definição de homem e mulher.

b) A verdade Bíblica sobre a falsa teoria da Ideologia de Gênero.
A construção social e cultural pode influenciar o individue de forma positiva ou negativa, mas isto não poderá invalida a verdade Divina de que Deus já criou os seres humanos com um o sexo definido. Ou seja, o ser humano não nasce sexualmente neutro.

c) Deus criou dois sexos anatomicamente distintos.
E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou (Gn 1.27).
LEIA MAIS AQUI


VEJA TAMBÉM:
1) Maçonaria: Uma Religião Não Cristã Aqui
2) Curso para a Formação de Professores (as) da Escola Dominical Aqui
3) E-Book Subsídios EBD - 1° Trim de 2020 - Aqui
4) E-book: A Bíblia Responde - Aqui
5) Antropologia Bíblica - A Doutrina do Homem à Luz da Bíblia - Aqui



[1] A ideologia de gênero é uma corrente de pensamento, não uma teoria científica, não é uma evidência científica e muito menos bíblica.

 
Top