FECHAR <-----

A expiação é universal

Porque Deus é amor (Jo 3.16; 1 Jo 4.8), e não quer que ninguém pereça, mas que todos cheguem ao arrependimento (1 Tm 2.4; 2 Pe 3.9), a morte expiatória de Cristo é universal; alguns de seus benefícios são automaticamente estendidos a todos (ex. a libertação da condenação do pecado adâmico) e todos os seus benefícios são para todos que os aceitem (ex. o perdão dos pecados efetivos e a imputação de retidão).
A expiação é universal. Isto não quer dizer que toda a humanidade será salva incondicionalmente, mas que a oferta sacrificial de Cristo, até certa extensão, atendeu às reivindicações da lei divina, de modo a tornar a salvação possível a todos. A redenção, portanto, é universal ou geral no sentido provisional, mas especial ou condicional em sua aplicação ao indivíduo.


SALVAÇÃO SOMENTE PARA OS ELEITOS
Só serão salvos, entretanto, os que forem predestinados por Deus para a salvação eterna. Estes são os eleitos.

Quem está incluído nos eleitos?
Todos os que Deus anteviu que aceitarão sua oferta de salvação por intermédio de Cristo ao não resistirem à graça que lhes foi estendida mediante a cruz e o evangelho. Deste modo, a predestinação é condicional em vez de incondicional; a presciência eletiva de Deus é causada pela fé dos eleitos.

A predestinação para o arminianismo
A predestinação é o propósito gracioso de Deus de salvar toda a humanidade da ruína completa. Não é um ato arbitrário e indiscriminado de Deus que visa garantir a salvação a certo número de pessoas e a ninguém mais. Inclui provisionalmente todos os homens e está condicionada somente pela fé em Cristo.

Conclusão
O Espírito Santo opera nos corações e mentes de todas as pessoas até certo ponto, dá-lhes alguma consciência das expectativas e provisão de Deus, e as chama ao arrependimento e à fé. Deste modo, "a Palavra de Deus é, em certo sentido, pregada universalmente, mesmo quando não registrada em uma linguagem escrita".
"Os que ouvem a proclamação e aceitam o chamado são conhecidos nas Escrituras como os eleitos." Os réprobos são os que resistem ao chamado de Deus.
Fonte: Teologia Arminiana - Mitos E Realidades, Roger-Olson

Adaptação de: JAS