Mostrando postagens com marcador Personagens Bíblicas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Personagens Bíblicas. Mostrar todas as postagens

Lição 1: Adão, o Primeiro Homem


O homem não é um mero detalhe no Universo; o ser humano é a obra-prima de Deus, o Criador e Mantenedor de todas as coisas.
Lições Bíblicas do 1° trimestre de 2020 - CPAD | Classe: Adultos | Data da Aula: 5 de Janeiro de 2020
Texto Áureo
"E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre [...] toda a terra (Gn 1.26)
Verdade Prática
O homem não é um mero detalhe no Universo; o ser humano é a obra-prima de Deus, o Criador e Mantenedor de todas as coisas.
LEITURA DIÁRIA
Segunda - Gn 1.26: O conselho divino para a criação do homem
Terça - Gn 2.7: A criação do primeiro homem
Quarta - Sl 8: O lugar do homem na criação divina
Quinta - Lc 3.38: O homem é filho de Deus
Sexta - Jo 3.16: Deus ama o ser humano
Sábado -1 Tm 2.5: Jesus, verdadeiro homem

Lição 12- A Rebeldia de Absalão (Subsídio)

Subsídio bíblico para a Escola Dominical - classe dos Adultos. Subsídio para a Lição: 12 | Revista do 4° trimestre de 2019 | Fonte: E-book Subsídios EBD Vol. 18 | VEJA aqui OS SUBSÍDIOS.
INTRODUÇÃO
A vida de Absalão serve para ilustrar que os resultados do pecado permanecem, mesmo quando há sincero arrependimento. Apesar de Davi ter-se arrependido de sua transgressão e ser perdoado por Deus, não escapou das turbulentas consequências em sua própria família. [1]

QUEM ERA ABSALÃO?
No hebraico quer dizer “o pai é da paz”; terceiro filho de Davi e seu único filho com Maaca, filha de Talmai, rei de Gesur (2 Sm 3.3), nascido em 1000 a.C. Era admirado por sua beleza sem defeito, distinguido por sua longa e vasta cabeleira. O peso inconveniente da mesma, cerca de 2 kg., compelia-o a cortá-la anualmente.

Absalão teria sido um excelente rei, e o povo o amava, mas ele não possuía o caráter interior e o controle necessários em um bom líder. Sua aparência, habilidade e posição não compensavam a falta de integridade pessoal.


FUGA, REGRESSO E FALSIDADE DE ABSALÃO (2 Sm 13.37—15.6)

1. Tamar, a irmã de Absalão foi violentada.

O amor anormal que Amnom nutriu por sua meia-irmã era perverso e, no momento que esse desejo teve início, Amnom deveria ter parado de alimentá-lo (Mt 5.27-30). Imperaram, porém, a luxúria e a ilicitude, e Amnom violentou Tamar, irmã de Absalão (2 Sm 3.2; 13.1-22).

Não se tratava apenas de um pecado contrário à natureza, mas também de uma violação dos padrões de pureza sexual estabelecidos pela lei de Deus (Lv 18.9 -11; 20.17; Dt 27.22).

Tamar era sua irmã por parte de pai e mãe. Tanto Tamar quanto Absalão eram conhecidos por sua beleza física (2 Sm 13.1;14:25). Sua mãe era Maaca, princesa da casa real de Talmai em Cesur, um pequeno reino arameu próximo ao mar da Galiléia. Por certo, Davi havia tomado Maaca como esposa a fim de estabelecer um tratado de paz com o pai dela.

2. Absalão mata Amnom e foge.  

Absalão não só vingou o crime cometido contra sua irmã, mas sem dúvida sabia que, ao mesmo tempo, estava eliminando o herdeiro direto ao trono (2 Sm 13 23-26).  Absalão fugiu quase cento e trinta quilômetros para o nordeste, para Gesur (1 Sm 27.8), onde seu avô Talmai era rei (2 Sm 3.3;13.37; Cr 3.2).

3. A volta de Absalão (2 Sm 14.1-33).

Davi ordenou que Joabe fosse a Gesur e trouxesse o exilado para Jerusalém. As palavras de Joabe no versículo 22 sugerem fortemente que havia discutido o assunto com Davi mais de uma vez e que se regozijou grandemente ao ver a questão resolvida. No entanto, algumas restrições foram impostas ao príncipe herdeiro. Deveria permanecer em suas próprias terras - o que equivalia praticamente a uma prisão domiciliar e não teria permissão de ir ao palácio ver o pai. Davi estava testando o filho para determinar se poderia confiar nele, ou talvez tivesse pensado que essas restrições assegurariam ao povo que o rei não estava mimando o filho problemático. Porém, essas limitações não foram empecilho para a expansão da popularidade de Absalão, pois era amado e louvado pelo povo.

SÍNTESE DA REBELDIA E MORTE DE ABSALÃO

1. A revolta de Absalão (Segundo Livro de Samuel, capítulos: 15 e 16).
Absalão inicia uma campanha de quatro anos para usurpar o trono. Sabendo que o Sul é leal, ele se dedica a conquistar as tribos do Norte (15.1-6). Quando julga o momento certo, reúne seus partidários e é aclamado rei em Hebrom, o local onde Davi foi coroado rei de Judá (vv. 7-12; 5.3). Este, rapidamente, foge de Jerusalém com uns poucos seguidores (2 Sm 15.1.3-23). Envia a arca de volta a Jerusalém e consegue alguns homens leais para fingirem apoiar Absalão (w. 24-37). A caminho, Ziba providencia alimento para Davi e é amaldiçoado por um dos parentes de Saul, Simei (2 Sm 16.1-14). Ainda decidido, apesar de sacudido pelos acontecimentos e a incerteza das intenções de Deus, Davi apressa-se em direção a terras onde havia se escondido como fugitivo de Saul. Enquanto isso, Absalão entra em Jerusalém. Abertamente dorme com as concubinas de seu pai. Agora não pode haver volta. O ato declara a firme intenção de Absalão em arrebatar o trono e compromete totalmente os seus seguidores (vv. 15-23).

2. Absalão agora ocupa Jerusalém e deve determinar o próximo passo (Segundo Livro de Samuel, capítulos: 17 e 18).

Aitofel instiga-o a perseguir Davi imediatamente com uma pequena e ágil tropa, antes que este consiga refugiar-se e organizar um exército (17.1-4). Husai manipula os temores de Absalão, lembrando-lhe das façanhas de Davi como guerreiro. Absalão desejará um exército atrás de si para enfrentar Davi (w. 5-14). As táticas de Husai para atrasar a tarefa funcionam. Davi é informado e escapa (vv. 15-29).

3. Morte de Absalão.

Absalão montou em uma mula ligeira, mas enquanto fugia, os galhos de uma árvore enroscaram-se em seus longos cabelos e ele ficou suspenso no ar. Davi havia ordenado que não o matassem, mas Joabe apressou-se até o lugar e o transpassou com três dardos. Seu corpo foi arriado e lançado em uma cova, com um montão de pedras por cima (2 Sm 18.7-17) em cerca de 967 a.C.


CURSOS BÍBLICOS PARA VOCÊ:



1) CURSO BÁSICO EM TEOLOGIA Clique Aqui
2) CURSO MÉDIO EM TEOLOGIAClique Aqui
3) Curso de Secretariado para Igrejas Clique Aqui
4) Formação de Professores da Escola Dominical Clique Aqui
7) CURSO OBREIRO APROVADO - Clique Aqui
Matricule-se já ! 

4. A tristeza de Davi.

O amor do rei por seu filho Absalão não se abatera, e a notícia da morte de Absalão causou amarga tristeza a Davi (2 Sm 18.24-33). Seu lamento era: “Meu filho Absalão, meu filho, meu filho Absalão. Quem me dera que eu morrera por ti. Absalão, meu filho, meu filho” Essas palavras têm sido aproveitadas na composição de um breve, mas lindo hino. Davi parece ter sido um pai amoroso, mas fraco, com seus favoritos, o que talvez tivesse sido um fator no desvio de Absalão.

4. O trono de Davi foi salvo (Segundo Livro de Samuel, capítulos: 19 e 20).

Davi continua mergulhado em profundo desgosto por seu filho morto, Absalão, até Joabe recriminá-lo. Ele deve lembrar-se dos riscos a que ficaram expostos aqueles que o apoiam, e demonstrar sua apreciação (19.1-8). Enquanto isso, os rebeldes mudam seus sentimentos. Eles tardiamente lembram como Davi protegeu seu povo dos seus inimigos e falam em convidá-lo de volta. Davi providencia para que os anciãos de Judá o acompanhem e ruma para Jerusalém (vv. 9-18). Ele é encontrado por Simei, que pede por misericórdia (vv. 18-23). e por Mefibosete, que explica porque não foi ao encontro de Davi mais cedo (vv. 24-30). Davi também recompensa um antigo defensor, Barzilai (vv. 31-40). Mas agora as tribos do norte ficam contrariadas porque uma guarda de honra de Judá reconduziu Davi a Jerusalém (vv. 41-43). O ciúme leva a um conflito aberto, e os homens das tribos do norte rebelam-se novamente (20.1-2). Joabe mata Amasa, a quem Davi havia designado o novo comandante das suas forças e, tomando o comando pessoalmente outra vez, persegue os líderes da nova revolta. Ele acaba com a rebelião (vv. 3-22) e é reconduzido ao comando de todas as forças de Davi. Davi reorganiza seu governo (vv. 23-26). Seu trono foi salvo.

Subsídio Bibliológico
Os três herdeiros do trono de Davi eram Amnom, o primogênito de Davi, Absalão, seu terceiro filho, e o quarto filho, Adonias (1 Cr 3.1, 2). Deus havia advertido Davi de que a espada não se apartaria de sua casa (2 Sm 12.10), e Absalão (que significa "pacífico") foi o primeiro a empunhá-la. O julgamento de Davi contra o homem rico da história de Natã foi: "pela cordeirinha restituirá quatro vezes" (2 Sm 12.6), e esse julgamento foi executado contra o próprio Davi. O bebê de Bate-Seba morreu; Absalão matou Amnom por haver estuprado Tamar; Joabe matou Absalão durante a batalha no monte Efraim; e Adonias foi morto ao tentar usurpar o trono de Salomão (1 Rs 2.12-25).

Deus havia perdoado os pecados de Davi (2 Sm 12.13), mas o rei descobriu que as consequências de pecados perdoados são dolorosas. Deus havia abençoado Davi com muitos filhos (1 Cr 28.5), mas o Senhor transformaria algumas dessas bênçãos em maldições (Ml 2.1, 2). "A tua malícia te castigará, e as tuas infidelidades te repreenderão" (Jr 2.19).


LEIA MAIS AQUI




[1] GARDNER, Paul. Quem é quem na Bíblia Sagrada. Editora Vida

Lição 6 – Estêvão, o primeiro Mártir (Subsídio)


1. Estêvão, um dos Sete.
Com o crescimento dos crentes, houve a necessidade de organizar a ajuda social que estavam realizando. Havia a distribuição diária, principalmente das viúvas, pois as Escrituras ordenavam o cuidado dessas pessoas que não tivessem outro meio de sustento e/ou ajuda de familiares.

Com essa alta demanda, surgiu um problema: os helenistas alegavam que suas viúvas estavam sendo esquecidas na distribuição diária. Esses helenistas eram os judeus de fala grega da Diáspora58 que se haviam estabelecido em Jerusalém. Os 12 apóstolos decidiram, então, que precisavam de homens específicos para cuidar dessa atribuição, pois eles precisavam concentrar-se mais “na oração e no ministério da palavra” (At 6.4). Acredita-se que o diaconato, que vem do termo diakonein (servir), surgiu desse momento em diante.
Veja também:

Lição 6 – Estêvão, o primeiro Mártir

Classe: Jovens | Trimestre: 4° de 2019 | Revista: Professor | Fonte: Lições Bíblicas de Jovens, CPAD
Áudio Lição Aqui | Subsídios Bíblicos aqui | Auxílio - Professores Aqui

TEXTO DO DIA
"E Estêvão, cheio de fé e de poder, fazia prodígios e grandes sinais entre o povo." (At 6.8)

SÍNTESE
O Espírito Santo concedeu a Estêvão poder para realizar prodígios e sinais  entre o povo e sabedoria para pregar o Evangelho.

Lição 5 - Ouvi o Teus Chamado

Lição Bíblica de Adolescentes
Trimestre: 3° de 2019
Editora: CPAD
Revista do Professor
Reverberação: Subsídios EBD
Outras Lições: Acesse Aqui
TEXTO BÍBLICO
1Samuel 3.1-21
Destaque
"Então o SENHOR veio e ficou ali. E, como havia feito antes, disse: — Samuel, Samuel! — Fala, pois o teu servo está escutando! — respondeu Samuel" (1Sm 3.10).

Lição 4 - Ananias e Safira e a mentira ao Espírito Santo

Classe: Jovens | Trimestre: 4° de 2019 | Revista: Professor | Fonte: Lições Bíblicas de Jovens, CPAD
Áudio Lição Aqui | Subsídios Bíblicos aqui | Auxílio - Professores Aqui
TEXTO DO DIA
"Disse, então, Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo e retivesses parte do preço da herdade?"  (At 5.3)

SÍNTESE
A mentira é algo abominável para o Senhor. 

Lição 10 - Pedro é livre da prisão

Classe: Jovens | Trimestre: 4° de 2019 | Revista: Professor | Fonte: Lições Bíblicas de Jovens, CPAD
Áudio Lição Aqui | Subsídios Bíblicos aqui | Auxílio - Professores Aqui

TEXTO DO DIA
"E eis que sobreveio o anjo do Senhor, e resplandeceu uma luz na prisão; e, tocando a Pedro no lado, o despertou, dizendo: Levanta-te depressa! E caíram-lhe das mãos as cadeias."  (At 12.7)

SÍNTESE
Quando a Igreja persevera em um propósito de oração os céus se movem e os milagres acontecem.
Clique e LEIA TAMBÉM:
§  Lições Dominical da para a Classe dos Adultos, Aqui
§  Lições Bíblica para os Jovens, Aqui
§  Subsídios Bíblicos para as Lições, Aqui

Lição 7 - A Conversão de Saulo

Classe: Jovens | Trimestre: 4° de 2019 | Revista: Professor | Fonte: Lições Bíblicas de Jovens, CPAD
Áudio Lição Aqui | Subsídios Bíblicos aqui | Auxílio - Professores Aqui

TEXTO DO DIA
"E, caindo em terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues?"  (At 9.4)

SÍNTESE
A conversão de Saulo foi um dos acontecimentos mais importantes da história do Cristianismo, pois ele foi o vaso escolhido para levar o Evangelho aos gentios.

Lição 12: A Rebelião de Absalão


Lições Bíblicas do 4° trimestre de 2019 - CPAD | Classe: Adultos | Data da Aula: 22 de Dezembro de 2019

Áudio Lição Aqui | Subsídios Bíblicos aqui | Auxílio - Professores Aqui
TEXTO ÁUREO
“E desta maneira fazia Absalão a todo o Israel que vinha ao rei para juízo; assim, furtava Absalão o coração dos homens de Israel.” (2 Sm 15.6)

VERDADE PRÁTICA
A rebelião revela uma natureza depravada e apóstata contra Deus, visando apenas propósitos que contrariam a perfeita vontade divina.
Veja também:
·          Novas Lições da Escola Dominical, Adultos – Aqui
·          Novas Lições da Classe de JovensAqui
·          Auxílios para Professores da Escola DominicalAqui
·          Subsídios Bíblicos para AdultosAqui
·          Áudios Lições - Aqui

A História de Emílio Conde

Jornalista, escritor, historiador, compositor, músico, antigo diretor do Mensageiro da Paz, órgão oficial das Assembleias de Deus no Brasil e comentarista de Lições Bíblicas da escola dominical publicadas pela Casa Publicadora das Assembleias de Deus, Emílio Conde nasceu em 8 de outubro de 1901, em São Paulo. Seus pais, João Batista Conde e Maria Rosa Conde, eram de origem italiana. 

VEJA O VÍDEO

Lição 11- Usando a Minha Influência

Lição Bíblica de Adolescentes
Trimestre: 2° de 2018
Editora: CPAD
Revista do Professor
Reverberação: Subsídios EBD
Outras Lições: Acesse Aqui
TEXTO BÍBLICO
Ester 4.9-17
Destaque
"Ele gostou dela mais do que de qualquer outra moça, e ela conquistou a simpatia e a admiração dele como nenhuma outra moça havia feito. Ele colocou a coroa na cabeça dela e a fez rainha no lugar de Vasti" (Et 2.17).

Lição 2: Fui Injustiçado

Lição Bíblica de Adolescentes
Trimestre: 2° de 2019
Editora: CPAD
Revista do Professor
Reverberação: Subsídios EBD
Outras Lições: Acesse Aqui
TEXTO BÍBLICO
Gênesis 37.12-36
Destaque
Jacó já era velho quando José nasceu e por isso ele o amava mais do que a todos os seus outros filhos. Jacó mandou fazer para José uma túnica longa, de mangas compridas" (Gn 37.3).
Leituras sugeridas – Clique e leia:

Lição 11 - John Wesley: o poder da pregação

Classe: Adolescentes – 3° Trimestre de 2018 - Lição da revista do Professor
TEXTO BÍBLICO
Romanos 10.13-17
Destaque
"Pregue a mensagem e insista em anunciá-la, seja no tempo certo ou não. Procure convencer, repreenda, anime e ensine com toda a paciência” (2 Timóteo 4.2).
LEITURA DEVOCIONAL
SEG.................................................... Js 24.1,2,19-21
TER.....................................................Ne 3.38
QUA................................................... Mt 5.1,2
QUI.................................................... 2 Pe 2.21-22
SEX.................................................... At 2.14
SAB..................................................... At 17.22,23
DOM.................................................... Tt 2.15

OBJETIVOS
Expor a situação da Igreja no século XVIII;
Descrever a vida e o ministério de John Wesley;
Incentivar os alunos a pregarem a mensagem de Deus.

Lição 7- Agostinho e Aquino: doutores da Igreja

Classe: Adolescentes – 3° Trimestre de 2018 - Lição da revista do Professor
TEXTO BÍBLICO
Romanos 12.7; 2 Timóteo 3.16
Destaque
"Os mestres sábios, aqueles que ensinaram muitas pessoas afazer o que é certo, brilharão como as estrelas do céu, com um brilho que nunca se apagará” (Daniel 12.3).
LEITURA DEVOCIONAL
SEG.................................................... Ef 4.11
TER.................................................. 1 Pe 3.15
QUA.................................................. Pv 2.2
QUI.................................................... 2 Tm 3.14
SEX.................................................... Tg 3.1
SAB................................................... Tt 2.1
DOM.................................................. 1Tm4.6
OBJETIVOS
Ensinar o significado do título “Doutor da Igreja”;
Exporá vida e á obra de Agostinho de Hiponae de Tomás dê Aquino;
Incentivar os alunos a crescerem no conhecimento bíblico.