A Prostituta e a Babilônia: a Rebelião Contra Deus - Subsídios Dominical

Breaking

Home Top Ad

Post Top Ad

Novos Subsídios Bíblicos para as lições  O corpo de Cristo, 1° trimestre de 2024


A Prostituta e a Babilônia: a Rebelião Contra Deus

a Rebelião Contra Deus

Versículo-chave: Apocalipse 17.1

E VEIO um dos sete anjos que tinham as sete taças, e falou comigo, dizendo-me: Vem, mostrar-te-ei a condenação da grande prostituta que está assentada sobre muitas águas.

 

1. A Prostituta Sentada Sobre Muitas Águas

A prostituta sentada sobre muitas águas simboliza a sedução das multidões pela idolatria, paganismo e oposição à fé cristã (Ap 17.15).

2. A Mulher Montada sobre a Besta

A mulher montada sobre a Besta é a descrição da grande prostituta que se veste de púrpura e escarlata, representando reinado, luxo e poder econômico (Ap 17.3a, 17.4a).

  

3. O Cálice e as Abominações da Prostituição

O cálice em sua mão representa as abominações e imundícias da prostituição, simbolizando a contaminação moral e espiritual da sociedade (Ap 17.4c).

 

4. A Fera e o Anticristo

A fera na qual a mulher está montada é a Besta que sai do mar, identificada como o Anticristo que profere blasfêmias e representa o poder político (Ap 13.1, 17.3b, 17.3c, 17.10, 17.12).

  

5. O Nome da Prostituta: Mistério, a Grande Babilônia

O nome da prostituta é revelado como "Mistério, a Grande Babilônia", indicando que "Babilônia" é um símbolo poderoso e representa a mentora da rebelião contra Deus e a depravação da sociedade (Ap 17.5a, 17.5b).

  

6. Assassinato dos Santos e das Testemunhas de Jesus

A Babilônia é responsável pelo assassinato dos santos e das testemunhas de Jesus, simbolizando perseguição e desconstrução da fé bíblica (Ap 17.6a).

 

7. O "Espírito da Babilônia"

O "espírito da Babilônia" é um sistema global deliberadamente anticristão que engloba aspectos religiosos, econômicos e políticos.

SAIBA MAIS na Revista Cristão Alerta: Acesse Aqui

 

Conclusão

Diante do estudo sobre a prostituta e a Babilônia, fica claro que há uma poderosa influência anticristã permeando os sistemas religiosos, econômicos e políticos do mundo. A figura simbólica da prostituta representa a sedução das multidões para longe da verdadeira fé, envolvendo-as na idolatria, no materialismo e na rebeldia contra Deus.

 

A Babilônia, como a mentora dessa rebelião, é responsável pela contaminação moral e espiritual da sociedade, perseguindo os santos e testemunhas de Jesus. É essencial que a Igreja de Jesus esteja alerta e vigilante diante desse espírito de Babilônia, reconhecendo suas estratégias e enganos.

 LEIA TAMBÉM:

O  Anticristo na  Bíblia

A Igreja Diante do Espirito da Babilônia

Neste momento crítico, a Igreja precisa se fortalecer em sua fé, se apegando à verdade das Escrituras e buscando uma profunda comunhão com Deus. Ela deve permanecer firme em seus princípios, discernindo os enganos e desviando-se das influências contrárias ao evangelho.

 

É um chamado para que a Igreja se mantenha unida, orando e agindo em amor e verdade, sendo luz no meio das trevas e testemunhas corajosas do poder transformador de Cristo. Que a Igreja permaneça vigilante e engajada na missão de proclamar o evangelho, resistindo aos ataques do espírito da Babilônia e mantendo-se fiel ao Senhor Jesus, em quem encontramos a verdadeira vida e salvação.


CURSOS BÍBLICOS PARA VOCÊ:

1) CURSO BÁSICO EM TEOLOGIA Clique Aqui
2) CURSO MÉDIO EM TEOLOGIAClique Aqui
3) Formação de Professores da Escola Dominical Clique Aqui
5) CURSO OBREIRO APROVADO - Clique Aqui


Matricule-se já ! 

Post Bottom Ad