A obrigação do cristão em fazer o bem - Subsídios Dominical

Breaking

Home Top Ad

Post Top Ad

Novos Subsídios Bíblicos para as lições  O corpo de Cristo, 1° trimestre de 2024


A obrigação do cristão em fazer o bem

Introdução:

Muitos cristãos conservadores questionam a necessidade de fazer o bem para aqueles que lhe fazem mal. No entanto, o próprio Jesus nos ensina em Mateus 5:44 que devemos amar nossos inimigos, bendizer aqueles que nos maldizem, fazer o bem àqueles que nos odeiam e orar pelos que nos maltratam e perseguem.

 

1. A obrigação do cristão em amar o próximo

O amor ao próximo é uma das principais mensagens da Bíblia. Jesus nos ensina que devemos amar nosso próximo como a nós mesmos em Mateus 22:39. Isso inclui não apenas aqueles que nos amam, mas também aqueles que nos perseguem ou nos fazem mal.


2. A atitude do cristão diante da maldade

Mesmo diante da maldade, o cristão não deve retribuir com a mesma moeda. Em Romanos 12:17-21, Paulo nos ensina a não retribuir o mal com o mal, mas a vencer o mal com o bem. Isso significa que devemos fazer o bem aos que nos fazem mal, e assim, poderemos até conquistá-los para Cristo.


Jesus é o exemplo máximo de amor e bondade. Em João 13:15, Ele nos ensina a seguir Seus passos e a fazer o bem aos outros como Ele fez. Em nenhum momento, Jesus retribuiu o mal com o mal, mas sempre agiu com amor e misericórdia.


3. A importância de perdoar

O perdão é um ato de amor e misericórdia. Em Mateus 6:14-15, Jesus nos ensina que se não perdoarmos os outros, o Pai Celestial também não perdoará nossos pecados. Portanto, perdoar é uma obrigação do cristão.

 

4. O perigo de não fazer o bem

Em Tiago 4:17, a Bíblia nos alerta que aquele que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado. Isso significa que, ao ignorar a obrigação de fazer o bem, estamos pecando contra Deus.

 

Fazer o bem não é uma opção para o cristão, mas um mandamento de Deus. Em Efésios 2:10, a Bíblia nos ensina que fomos criados em Cristo Jesus para fazermos boas obras, que Deus preparou de antemão para que andássemos nelas.

 

5. A recompensa de fazer o bem

Fazer o bem pode trazer muitas recompensas, não apenas na vida eterna, mas também na vida terrena. Em Gálatas 6:9, a Bíblia nos ensina que não devemos nos cansar de fazer o bem, pois no devido tempo colheremos se não desfalecermos.

 

6. Fazer o bem é um reflexo do caráter cristão

Fazer o bem é uma das características do verdadeiro cristão. Em Colossenses 3:12-15, Paulo nos ensina que devemos nos revestir de misericórdia, bondade, humildade e paciência. Essas virtudes são refletidas em nossas ações quando fazemos o bem aos outros.

 

7. O bem que fazemos reflete em nossas vidas

Fazer o bem aos outros pode trazer muitos benefícios para nossas próprias vidas. Em Provérbios 11:25, a Bíblia nos ensina que aqueles que são generosos serão abençoados. Quando fazemos o bem, estamos semeando bênçãos para nossas próprias vidas.

 

8. A importância da oração

Além de fazer o bem aos outros, devemos orar por aqueles que nos maltratam ou perseguem. Em Mateus 5:44, Jesus nos ensina a orar por nossos inimigos. A oração pode ser uma forma muito eficaz de mudar a situação e trazer a paz.


Conclusão

Fazer o bem é uma obrigação do cristão. Devemos amar nosso próximo como a nós mesmos, perdoar aqueles que nos fazem mal, agir com bondade e compaixão, orar pelos que nos perseguem e fazer o bem independentemente da reciprocidade.

Este E-book é uma verdadeira fonte informativa para os novos e os veteranos professores de Escola Bíblica.


Post Bottom Ad