Lição 8 - A LIDERANÇA DE SALOMÃO

📝 Tema: Liderança na Igreja de Cristo - Escolhidos por Deus para Servir | 4° Trimestre de 2022 – CPAD

🎓 Classe: Jovens – Revista do professor

Comentarista: Elias Torralbo

TEXTO PRINCIPAL

“Dá-me, pois, agora, sabedoria e conhecimento, para que possa sair e entrar perante este povo; porque quem poderia julgar a este teu tão grande povo?” (2 Cr 1.10)


RESUMO DA LIÇÃO

Salomão é reconhecido como o homem mais sábio de toda a história.


LEITURA SEMANAL

SEGUNDA Р1 Rs 1.32-53 Saloṃo ̩ ungido para liderar

TERÇA – 2 Cr 6.12-42 Salomão pede sabedoria para liderar

QUARTA – Mt 12.42 Jesus dá testemunho de Salomão

QUINTA Р2 Cr 1.1-3 Saloṃo busca a Deus

SEXTA Р2 Cr 1.13 Uma lideran̤a de for̤a e riquezas

SÁBADO – 2 Cr 2.1-11 Uma liderança diplomática


OBJETIVOS

• APRESENTAR uma análise da vida de Salomão;

• SABER a respeito da liderança de Salomão;

• COMPREENDER que a liderança de Salomão foi fundamenta em princípios.


CURSOS BÍBLICOS PARA VOCÊ:

1) CURSO BÁSICO EM TEOLOGIA Clique Aqui
2) CURSO MÉDIO EM TEOLOGIAClique Aqui
3) Formação de Professores da Escola Dominical Clique Aqui
5) CURSO OBREIRO APROVADO - Clique Aqui


Matricule-se já ! 

INTERAÇÃO

Prezado (a) professor(a), nesta lição veremos o exemplo de Salomão como líder. Ele foi o homem mais sábio que já existiu. Sua inteligência não foi herdada de seus pais, mas ele a recebeu como um presente de Deus. O Senhor lhe concedeu sabedoria para julgar as causas do seu povo. Nos primeiros anos de seu reinado podemos ver um monarca zeloso com a lei divina, pois ofereceu milhares de ofertas voluntárias com a forma de dedicação e adoração ao Senhor (1 Cr 3.1-5).


A maior realização de Salomão foi sem dúvida a construção do Templo. Apesar disso, com o passar dos tempos seu coração se afastou do Todo-Poderoso e com o seu afastamento vieram as dificuldades e as consequências ruins. Salomão para fechar acordos políticos e comerciais se casou com muitas mulheres que serviam a outros deuses, o que acabou instalando a idolatria no meio do povo. Também acabou por aumentar a carga tributária – trazendo grande dificuldades para os israelitas.


TEXTO BÍBLICO

2 Crônicas 1.1-12

1 E Salomão. filho de Davi.se esforçou no seu reino: e o SENHOR. seu Deus.era com ele e o magnífico grandemente.

2 E falou Salomão a todo o Israel. aos capitães dos milhares e das centenas, e aos juízes e a todos os príncipes em todo o Israel, chefes dos pais.

3 E foram Salomão e toda a congregação com ele ao alto que estava em Gibeão: porque ali estava a tenda da congregação de Deus, que Moisés, servo do SENHOR, tinha feito no deserto.

4 Mas Davi tinha feito subir a área de Deus de Quiriate-Jearim ao lugar que Davi lhe tinha preparado: porque lhe tinha armado uma tenda em Jerusalém.

5 Também o altar de cobre que tinha feito Bezalel, filho de Uri, filho de Hur, estava ali diante do tabernáculo do SENHOR: e Salomão e a congregação o visitavam.

6 E Salomão ofereceu ali sacrifícios perante o SENHOR. sobre o altar de cobre que estava na tenda da congregação

7 Naquela mesma noite, Deus apareceu a Salomão e disse-lhe: Pede o que quiseres que eu te de.

8 E Salomão disse a Deus: Tu usaste de grande beneficência com Davi meu pai e a mim me fizeste rei em seu Lugar.

9 Agora, pois, ó SENHOR Deus, confirme-se a tua palavra dada a Davi, meu pai: porque tu me fizeste rei sobre um povo numeroso como o pó da terra.

10 Dá-me, pois, agora, sabedoria e conhecimento, para que possa sair e entrar perante este povo: porque quem poderia julgar a este teu tão grande povo?

11 Então, Deus disse a Salomão: Porquanto houve isto no teu coração, e não pediste riquezas, fazenda ou honra, nem a morte dos que te aborrecem, nem tampouco pediste muitos dias de vida, mas pediste para ti sabedoria e conhecimento, para poderes julgar a meu povo,sobre o qual te pus rei.

12 Sabedoria e conhecimento te são dados: e te darei riquezas, e fazenda, e honra, qual nenhum rei antes de ti teve, e depois de ti tal não haverá.

 

INTRODUÇÃO

Na lição deste domingo, veremos o exemplo de Salomão como líder. É importante ressaltar que, enquanto rei, ele teve pontos positivos e negativos, pois homem algum é perfeito. O seu maior legado, como veremos na lição, foi a sua sabedoria e a sua ação na construção do Templo Salomão era a pessoa certa para esta realização que foi tão almejada por seu pai.


No início do seu reinado, Salomão buscou a Deus e a sua orientação para governar, mas com o passar do tempo seu coração se apartou do Senhor e foi corrompido pelas riquezas e por suas várias esposas e concubinas. Seu exemplo enquanto líder nos mostra que jamais devemos deixar de buscar ao Senhor e depender sempre dEle, pois é e será o nosso bem maior.


I- SALOMÃO: UMA ANÁLISE INICIAL

1. Quem foi Salomão.

Salomão era filho de Davi e foi o terceiro rei de Israel (2 Cr 1.1). Ele governou, muito provavelmente, entre 971 e 931 a.C. portanto, cerca de quarenta anos (1 Rs 11.42). Era filho de Davi com Bate-Seba, e o seu nome significa pacifico, uma característica de seu reinado que foi marcado pela tranquilidade. em contraste com a liderança de seu pai, marcada por muitas guerras e tensões O profeta Natã chamou a Salomão de Jedidias, cujo significado é “amável ao Senhor (2 Sm 12.24,25). Salomão tem sido considerado o homem mais sábio de toda a história, no entanto, não ficou isento de erros. Ele fez muitas alianças com povos idólatras e pagãos. Geralmente essas alianças eram firmadas mediante o casamento com princesas destes povos. Esses casamentos contribuíram com a disseminação de cultos pagãos entre o povo de Israel (1 Rs 11.1-8) e os muitos gastos de seu reinado levaram a cobrar altos impostos ao povo.

 

2. Salomão, o sucessor de Davi.

Por melhor que seja, nenhum líder é eterno e Salomão aparece no cenário bíblico a partir dos relatos sobre os últimos dias de vida de Davi, seu pai. Este foi um período de grande tensão, primeiro porque o rei Davi estava prestes a morrer, e depois porque havia a expectativa sobre quem assumiria o trono de Israel. Enquanto Adonias conspirou para herdar o trono de seu pai, em nenhum momento Salomão é visto em conspirações para tentar tomar o poder, ainda que a promessa tenha sido feita a ele, e que por sinal veio a se cumprir (1 Rs 1.32-53).

 

Salomão foi a escolha de Deus, con forme as palavras do próprio Davi “E de todos os meus filhos […], escolheu ele o meu filho Salomão para assentar no trono do reino do SENHOR sobre Israel (1 Cr 28.5). Se Deus o chamou para exercer algum tipo de liderança aguarde o tempo certa, confie e espere nEle

 

3. Salomão, o líder mais sábio de toda história.

As Escrituras Sagradas apresentam Salomão como o homem mais sábio de sua época, e isso fez dele um líder próspero, respeitado e famoso em todo o mundo, e digno de ser consultado por muitas lideranças de seus dias (Rs 4.29-34). Note que o próprio Jesus testificou da sabedoria de Salomão afirmando que a “Rainha do Sul foi atraída por sua sabedoria (Mt 12.42).

 

É Importante destacar que Salomão não nasceu com a sabedoria com a qual exerceu a sua liderança, mas a recebeu de Deus, Ressalta-se ainda o princípio de que a Bíblia ensina que a verdadeira sabedoria vem de Deus e que os seus servos devem clamar para que a receba (Tg 1.5.6). Diante disso, é plausível afirmar que Salomão obedeceu a este princípio e pediu sabedoria a Deus: “Dá-me, pois. agora sabedoria e conhecimento 1.1″ (2 Cr 1.10).

 

Ele poderia ter pedido qualquer outra coisa ao Senhor, mas optou pela sabedoria e pelo conhecimento, e isso porque compreendeu que a obra para a qual estava sendo designado pertencia ao Senhor e não a ele. Salomão também reconheceu que a tarefa de liderar a Israel no lugar de seu pai era algo maior do que sua capacidade (v. 10). Deus ouviu a oração de Salomão e fez dele o líder mais sábio de seus dias, e lhe acrescentou outros bens (vv. 11.12). Depois de Jesus, Salomão é considerado o líder mais sábio de toda a existência humana.

 

SUBSÍDIO 1

Professor (a), explique aos alunos que Salomão ainda aparece como uma personalidade das mais surpreendentes assim como a mais dotada das Escrituras Seus primeiros anos são marcados por um zelo raramente igualado dos reis hebreus. Mesmo antes de Deus apareceu a Salomão, o jovem rei ofereceu milhares de ofertas voluntárias, símbolo de dedicação. Então ele desinteressadamente pediu a sabedoria necessária para distinguir entre o certo e o errado para governar o povo de Deus. Demonstrou total compromisso em terminar o templo de Deus. E sua oração em sua dedicação demonstra um profundo discernimento pela natureza do relacionamento de Deus com os fiéis.

 

Contudo, Salomão. com todo o seu zelo inicial e sabedoria, violou a especial lei de Deus para os reis (cf. Dt 17.16,17) Ao solidificar tratados com nações estrangeiras ‘casou com muitas esposas, e em sua paixão por elas não somente permitiu-lhes adorar suas deidades pagãs, mas também começou ele mesmo a prestar-lhes culto. O livro de Eclesiastes registra a confusão e o esvaziamento dos últimos anos de Salomão, e demonstra novamente que mesmo a mais célebre inteligência humana não é substituta para uma fé simples” (Adaptado de Guia do ator da Bíblia CPAD p.227)

 

II- A LIDERANÇA DE SALOMÃO

1. Salomão, um líder influenciador.

Liderar não é dar ordens e nem tampouco exercer poder sobre os seus liderados. mas é influenciar pessoas Salomão.com sabedoria, influenciou pessoas a fim de que a missão que recebeu do Senhor por meio de Davi, seu pai, fosse cumprida. Qual missão foi esta? Construir o Templo para Deus conforme as orientações que lhe foram dadas (1 Cr 28.6,10,11). Ao reconhecer que sozinho não conseguiria desenvolver o trabalho, Salomão buscou a Deus e influenciou milhares de pessoas para trabalharem cooperando assim com a sua missão (1 Rs 5.13-18).

 

O poder de influência de Salomão ultrapassou os limites geográficos do seu reino, pois muitos líderes e pessoas influentes vinham de todas as partes para conhecerem sua sabedoria e a grandeza do seu reinado (1 Rs 4.29-34).

 

Tal verdade è vista no conhecido episódio no qual a rainha de Sabá foi a Jerusalém para ver de perto o que tinha ouvido a respeito de Salomão e ficou admirada com aquilo que presenciou, conforme o relato de 2 Crônicas 9.5,6 “[…] Foi verdadeira a palavra que ouvi na minha terra acerca de dos teus feitos e da tua sabedoria. Porém não cria nas suas palavras, até que vim, e meus olhos o viram e eis que me não disseram a metade da grandeza da tua sabedoria; sobrepujar a fama que ouvi”.

 

2. Uma liderança participativa.

Há quem pense que “liderança corporativa”. ou “liderança participativa” sejam termos dos dias atuais. Contudo, veremos que estes são conceitos presentes já na liderança de Salomão. Com toda a força econômica e todo poder de influência. ele não incorrer no grave erro de acreditar que sozinho, seria capaz de liderar Israel e de concluir a obra para a qual foi chamado Salomão reconheceu que precisaria de pessoas com qualificações específicas para a realização de determinadas tarefas. Por exemplo: Salomão reconheceu que Hirão, rei de Tiro, tinha condições de ajudar na construção do Templo e ele não teve receio de pedir a sua ajuda (2 Cr 2.1-11). Salomão também compreendeu que o líder deve permitir que os seus liderados cooperem para que as propósitos de Deus se cumpram. Salomão desempenhou uma liderança participativa na qual havia espaço para que todos pudessem contribuir.com as seus valores e talentos.

 

3. Salomão, um líder visionário.

Salomão foi um líder que se dedicou a alargar as suas fronteiras, os seus negócios e as suas áreas de atuação. Nesse sentido, ele se cercou de pessoas capazes que pudessem ajudá-lo (1 Rs 4.2-6). Além disso, se empenhou em manter a força de seu exército e, estrategicamente, estabeleceu lideranças independentes sobre cada uma das doze tribos, sem negligenciar o aspecto religioso de todo o Israel.

 

A visão de Salomão contribui para aumentar a riqueza do seu reinado (1 Rs 10.14-21): ampliar o comércio exterior (1 Rs 10.22,23; 2 Cr 9.10-22) edificar novas cidades (1 Rs 9.18,19) e ampliar o conhecimento, pois ele se dedicou à literatura, à música e às ciências do seu tempo (1 Rs 4.33). Salomão não teve medo de expandir aquilo que havia sido estabelecido pelo seu pai Davi

 

SUBSÍDIO 2

Professor (a), explique que os principais destaques do longo reinado de Salomão estão reunidos nos capítulos 9, 10 e 11 de 1 Reis. O relato começa com a segunda aparição de Deus a Salomão, reafirmando promessas, mas também advertindo-a” (Adaptado de Guia do Leitor da Bíblia CPAD, p. 228)

 

III-UMA LIDERANÇA FUNDAMENTADA EM PRINCÍPIOS

1. Salomão, um líder de princípios.

É atribuída a Salomão a autoria dos seguintes livros poéticos: Provérbios. Cantares e Eclesiastes. O livro de Provérbios é um conjunto de máximas que visam ensinar a sabedoria para auxiliar as pessoas a viverem corretamente. Pensar em uma liderança segundo os padrões de Salomão passa, inevitavelmente, pela observância de alguns princípios expostos no livro de Provérbios, como por exemplo: O líder precisa saber ouvir (Pv 18.13); saber louvar em tempos de adversidades (Pv 27.21); agir de forma justa (Pv 17.26); trabalhar arduamente (Pv 12.24); adquirir sempre conhecimento (Pv 18.15); dar oportunidade para que todos falem (Pv 18.17); e ter resiliência (Pv 24.10).


2. Salomão, um líder que buscou a Deus.

Salomão foi um líder bem-sucedido, sem dúvida, um dos mais poderosos de toda a história. No início do seu reinado, procurou buscar a Deus em oração, oferecendo sacrifícios (1 Cr 1.1-6)


3. Salomão, um líder que procurou agir com justiça.

A semelhança de seu pai, Salomão foi um líder que procurou julgar o povo com retidão e justiça. Há um episódio em que uma mãe se descuidou e dormiu sobre o seu bebê, vindo a sufocá-lo até a morte, e ao notar isso, ela trocou o bebê morto pelo vivo de outra mulher, gerando assim uma terrível confusão e discussão. a ponto de levarem a questão a Salomão. que, sabiamente, propôs a divisão do bebê vivo para que pudesse repartir entre elas e com isso a verdade apareceu e a questão foi solucionada (1 Rs 3.16-28).

 

SUBSÍDIO 3

Professor(a), enfatize a ideia de que embora Salomão tivesse exercido uma Liderança fundamentada em princípios, ele não era perfeito. Como homem cometeu muitas falhas, mas também teve momentos em que foi bem assertivo.


CONCLUSÃO

Nesta lição, aprendemos a respeito da liderança de Salomão, o homem mais sábio da história, razão pela qual as características de sua liderança podem contribuir para a liderança na atualidade. Enquanto Salomão buscou a Deus e procurou fazer a sua vontade, ele foi muito bem-sucedido. Mas a partir do momento em que permitiu que o seu coração se apartasse de Deus, experimentou a tristeza e a decepção pela vida.


HORA DA REVISÃO

1. Quem foi Salomão? R. Ele era filho de Davi e foi o terceiro rei de Israel

2. Qual o irmão de Salomão que conspirou para herdar o trono? R. Adonias

3. Salomão herdou a sabedoria de seu pai? R. Não Sua sabedoria foi uma dádiva de Deus.

4. Cite três características da liderança de Salomão, segundo a lição. R. Um líder influenciador, uma liderança participativa e uma liderança voluntária

5. Qual foi o maior legado de Salomão? R. A construção do Templo.

👇 VEJA TAMBÉM Lições CPAD 👇

👉 Novas lições da classe dos ADULTOS- Aqui

👉 Novas lições da classe dos JOVENSAqui