Lição 10 - Uma Liderança chamada para Restaurar - Subsídios Dominical

DICAS:

Post Top Ad

RESVISTA CRISTAO ALERTA
------

Lição 10 - Uma Liderança chamada para Restaurar

📝 Tema: Liderança na Igreja de Cristo - Escolhidos por Deus para Servir | 4° Trimestre de 2022 – CPAD

🎓 Classe: Jovens – Revista do professor

Comentarista: Elias Torralbo

 

TEXTO PRINCIPAL

“E profetizei como ele me deu ordem; então, o espírito entrou neles, e viveram e se puseram em pé, um exército grande em extrema.” (Ez 37.10)


RESUMO DA LIÇÃO

Deus continua usando líderes que estejam comprometidos com Ele, para a restauração do seu povo.


LEITURA SEMANAL

SEGUNDA – Ez 36.24-27 Deus purifica seu povo

TERÇA – Sl 37.4,5 Um convite a confiança em Deus

QUARTA – Ap 2.5 Reconhecer onde caiu

QUINTA – 2 Tm 3.1-17 A corrupção dos últimas dias

SEXTA – Lm 5.19 A soberania de Deus

SÁBADO – Sl 126.1-6 A misericórdia do Senhor


OBJETIVOS

• EXPLICAR a visão do vale de ossos secos:

• MOSTRAR o caminho da restauração; …

• SABER que existe uma chamada para a restauração.


INTERAÇÃO

Prezado (a) professor(a), na lição deste domingo estudaremos a respeito da liderança de Ezequiel. No decorrer da lição enfatize aos seus alunos que ’embora as visões e profecias de Ezequiel fossem claras e vívidas, muito pouco se sabe sobre sua vida. Ele estava entre os milhares de jovens deportados de Judá para a Babilônia, após a rendição do rei Jeoaquim. Antes daqueles dias trágicos. Ezequiel estava sendo treinado para o sacerdócio. Mas durante o exílio na Babilônia, Deus o chamou para pregar em uma das épocas mais difíceis da história de Israel.


Ezequiel experimentou o mesmo tipo de encontro surpreendente com Deus que Isaías 150 anos antes. Como ele, Ezequiel nunca mais foi o mesmo depois do seu encontro com Deus. Embora as mensagens do Eterno por meio de ambos os profetas tivessem muitos pontos em comum, as condições sob as quais viveram foram muito diferentes’ (Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal. Rio de Janeiro: CPAD. p.1035).


CURSOS BÍBLICOS PARA VOCÊ:

1) CURSO BÁSICO EM TEOLOGIA Clique Aqui
2) CURSO MÉDIO EM TEOLOGIAClique Aqui
3) Formação de Professores da Escola Dominical Clique Aqui
5) CURSO OBREIRO APROVADO - Clique Aqui


Matricule-se já ! 

TEXTO BÍBLICO

Ezequiel 37.1-14

1 Veio sobre mim a mão do SENHOR, e ele me fez sair no Espírito do SENHOR, e me pôs no meio de um vale que estava cheio de ossos.

2 E me fez passar em volta deles; e eis que eram mui numerosos sobre a face do vale, e eis que estavam sequíssimos.

3 E me disse: Filho do homem, porventura viverão estes ossos? E eu disse: Senhor DEUS, tu o sabes.

4 Então me disse: Profetiza sobre estes ossos, e diz-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor.

5 Assim diz o Senhor DEUS a estes ossos: Eis que farei entrar em vós o espírito, e vivereis.

6 E porei nervos sobre vós e farei crescer carne sobre vós, e sobre vós estenderei pele, e porei em vós o espírito, e vivereis, e sabereis que eu sou o Senhor.

7 Então profetizei como se me deu ordem. E houve um ruído, enquanto eu profetizava; e eis que se fez um rebuliço, e os ossos se achegaram, cada osso ao seu osso.

8 E olhei, e eis que vieram nervos sobre eles, e cresceu a carne, e estendeu-se a pele sobre eles por cima; mas não havia neles espírito.

9 E ele me disse: Profetiza ao espírito, profetiza, ó filho do homem, e dize ao espírito: Assim diz o Senhor DEUS: Vem dos quatro ventos, ó espírito, e assopra sobre estes mortos, para que vivam.

10 E profetizei como ele me deu ordem; então o espírito entrou neles, e viveram, e se puseram em pé, um exército grande em extremo.

11 Então me disse: Filho do homem, estes ossos são toda a casa de Israel. Eis que dizem: Os nossos ossos se secaram, e pereceu a nossa esperança; nós mesmos estamos cortados.

12 Portanto profetiza, e diz-lhes: Assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu abrirei os vossos sepulcros, e vos farei subir das vossas sepulturas, ó povo meu, e vos trarei à terra de Israel.

13 E sabereis que eu sou o Senhor, quando eu abrir os vossos sepulcros, e vos fizer subir das vossas sepulturas, ó povo meu.

14 E porei em vós o meu Espírito, e vivereis, e vos porei na vossa terra; e sabereis que eu, o SENHOR, disse isto, e o fiz, diz o SENHOR.


INTRODUÇÃO

Nesta lição, estudaremos a respeito da liderança do profeta Ezequiel pois ele foi uma pessoa importante no processo de restauração de seu povo. Tomaremos como base a visão que ele teve de um vale de ossos secos. Veremos a necessidade que os líderes têm de reconhecerem quando é necessária uma restauração espiritual, moral e social. O nosso objetivo é conclamar a igreja da atualidade a buscar a Deus em favor de uma restauração espiritual para esta geração.


I – A VISÃO DO VALE DE OSSOS SECOS

1. Compreendendo a visão.

A explicação que Deus dá ao profeta a respeito da visão de um vale de ossos secos indica que se tratava de uma espécie de parábola (Ez 37.11-14). Essa visão deve ser compreendida como uma ilustração do que foi prometido pelo Senhor no capítulo anterior, a restauração da terra, a prosperidade e uma renovação de vida, à semelhança da que Adão e Eva tiveram no Éden (Ez 36.16-38). Além da visão do vale de ossos secos, o capítulo 37 de Ezequiel registra a visão de dois pedaços de madeira e ambas têm o objetivo de apontar historicamente para a volta dos exilados do cativeiro babilónico e espiritualmente para a restauração do Novo Israel, como fruto e da obra do Messias (Ez 36:15-17).


2. A mensagem da visão.

Os ossos secos representavam os judeus no cativeiro: eles estavam separados e mortos Contudo, temos um Deus que restaura que faz tudo novo e embora Israel tivesse arruinado (v. 11), o Senhor os conduziria de volta à sua terra, como evidência clara de uma restauração completa (vs. 12.14). Por meio dessa visão, o Senhor mostrou a condição decadente na qual o povo se encontrava e o seu interesse em restaurá-lo.


A finalidade de Deus com a restauração de seu povo pode ser identificada em suas afirmações: “E porei em vós o meu Espírito, e vivereis, e vos porei na vossa terra, e sabereis que eu, o SENHOR, disse isso e o fiz. diz o SENHOR (Ez 37.14). O Espírito de Deus viria sobre o seu povo trazendo uma nova vida, uma nova maneira de pensar e se comportar com ela, a restauração, confirmando, assim, a soberania e a fidelidade divina.


3. Lições deixadas à liderança.

Faziam parte do governo de Israel o rei, o sacerdote e o profeta. O profeta. Ezequiel fazia parte da liderança do seu povo. O quadro apresentado pelo Senhor ao profeta era grave e irreversível, mas Deus mostra a Ezequiel e ao seu povo que para Ele não há impossível e que, independente das condições de uma nação, Ele é capaz de mudar tudo. Chama também a atenção que, além de sequíssimos, aqueles ossos estavam separados “houve um ruído […] e os ossos se juntaram, cada osso ao seu osso” (Ez 37. 7). Há muitas lições importantes no livro de Ezequiel especialmente no capítulo 37 para aqueles que exercem liderança.


Uma delas é o fato de que precisamos manter a nossa confiança em Deus em tempos difíceis de caos, pois Ele é poderoso para mudar qualquer cenário, por mais terrível que seja ou possa parecer. Outra lição importante que podemos extrair é a de que precisamos reconhecer a importância da unidade para uma liderança eficaz O povo de Israel estava destruído espiritual, econômica e socialmente, mas o profeta, como líder, permaneceu fiel ao Senhor e não desistiu diante das adversidades do seu povo. Ele confiou no agir do Todo-Poderoso.


SUBSÍDIO 1

Professor (a), explique aos alunos que esta visão ilustra a promessa no capítulo 36: uma nova vida e uma nação restaurada, social e espiritualmente. Os ossos secos representam os judeus no cativeiro eles estavam dispersos e mortos. Ezequiel sentia que falava com os mortos quando pregava para os exilados, porque eles raramente respondiam à sua mensagem, mas, na visão os ossos responderam. E da mesma maneira que Deus trouxe a vida aos ossos mortos. Ele tinha a vida novamente para o seu povo. que estava espiritualmente morto” (Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal Rio de Janeiro CPAD p. 1072)


II- O CAMINHO DA RESTAURAÇÃO

1. Reconhecer a necessidade da restauração.

Deus conduziu o profeta Ezequiel a um vale de ossos secos, fazendo-o ciente da verdadeira condição de Israel (Ez 37.1,11) para depois mostrar como se daria o processo de restauração. Assim como a cura de uma doença; começar pelo seu diagnóstico; a restauração quando se reconhece os erros. Como parte da liderança do seu povo, o profeta precisava conhecer a real situação dos israelitas. Como é triste quando um líder não consegue enxergar a condição em que se encontram os seus liderados. Não adianta fingir que tudo está bem quando na verdade não está, é preciso reconhecer os erros e trilhar o caminho da restauração.


2. Depender de Deus.

O profeta Ezequiel foi surpreendido pela seguinte pergunta de Deus: “Filho do homem, poderão viver estes ossos?” (Ez 373). O profeta respondeu dizendo: “[…] Senhor JEOVÁ, tu o sabes”. A resposta de Ezequiel reflete a sua visão a respeito de Deus, de si mesmo e de sua fé, pois em vez de emitir uma opinião de qualquer natureza, ele afirma: “Senhor JEOVÁ, tu o sabes”. Tal resposta demonstra que Ezequiel era consciente de sua incapacidade não só de solucionar, mas também de emitir qualquer opinião a respeito de uma situação tão difícil.


Como parte integrante da liderança do seu povo, ele compreendeu que somente Deus seria capaz de apontar uma possível solução para o problema da nação. Depois da resposta do profeta, o que se vê no registro bíblico é a ação direta, autônoma e voluntária de Deus e do seu Espírito agindo, confirmando que a restauração espiritual de um povo ou mesmo de uma geração inteira é obra exclusiva de Deus.


3. Fazer a sua parte.

Qual foi a participação de Ezequiel no processo de restauração do seu povo? Ele teve uma participação importante, apontando os erros e exortando-o a voltar para o Se­nhor. O líder deve apresentar de modo reservado e quando necessário as falhas de seus liderados, não para maltratar e humilhar ninguém, mas para a restauração, a fim de que voltem a fazer o que é certo. Ezequiel profetizou, ou seja, ele falou tudo o que o Senhor havia lhe ordenado: “profetizei como se me deu ordem”(v.7).


O Líder deve buscar a orientação divina para falar com seus Liderados e dizer somente aquilo que Deus mandou. Lembre-se de que o Senhor é sempre verdadeiro, justo e amoroso, mesmo quando estamos cometendo erros. Ezequiel demonstrou humildade e dependência de Deus. Por isso, seu ministério enquanto profeta, foi bem-sucedido.


SUBSÍDIO 2

Professor (a). explique aos alunos que ‘Deus prometeu restabelecer Is­rael não só fisicamente, mas também espiritualmente. Para tanto, Deus daria a seu povo um novo coração para segui-lo, e colocaria o seu Espírito dentro de cada um (ver Ez 11.19.20: Sl 51.7-11) para transformar e capacitar seu povo a fazer a sua vontade. Mais uma vez, a nova aliança foi prometida (Ez 16.61-63: 34.23-25), e seria cumprida em Cristo.


Não importa quão impura seja a vida de uma pessoa, Deus lhe oferece um novo começo. Podemos ter nossos pecados perdoados, receber um novo coração de Deus e ter o Espírito Santo dentro de nós, basta aceitar a promessa de Deus. Por que tentar remendar sua antiga vida quando você pode ter uma nova?” (Adaptado da Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal Rio de Janeiro: CPAD. p.1073).


III- UMA CHAMADA À RESTAURAÇÃO

1. Uma geração a ser restaurada.

A geração atual tem sido denominada de pós-moderna. Uma geração em que os não crentes não acreditam mais em verdades absolutas, os fenômenos da pós-modernidade têm levado as pessoas a buscarem o prazer a qualquer custo e ao relativismo ético e moral. Como resultados, temos visto diversas mazelas na sociedade, entre elas a violência urbana crescendo a cada dia.


O divórcio foi banalizado, destruindo muitas famílias e os relacionamentos estão adoecendo. A semelhança do que Deus mostrou ao profeta Ezequiel, esta geração também carece de uma restauração espiritual Estamos vivendo “tempos trabalhosos” e precisamos nos manter firmes naquilo que temos aprendido nas Sagradas Escrituras. Os que exercem liderança estão sendo desafiados, a todo o momento, a se manterem fiéis a Deus.


2. Um alerta aos líderes.

A exposição excessiva nas redes sociais são um desafio para a liderança atual. Muitos já não sabem mais o que significa vida privada, pois a todo o momento estão expondo fotos e vídeos de sua família e de seus momentos mais reservados nas redes sociais. Podemos e devemos fazer uso das mídias, mas é preciso usá-las com sabedoria.


O líder jamais deve expor seus sentimentos e sua vida pessoal nas redes sociais e muito menos os seus liderados: Deus conta com líderes que semelhantes a Ezequiel, se disponham a ser usados para a propagação e a busca por uma restauração operada pelo Espírito de Deus distante das mídias


3. Um alerta aos maus líderes.

Ezequiel, no capítulo 34, faz uma comparação importante mostrando o contraste entre os maus e os bons pastores, líderes do seu povo. O profeta do Senhor revela que o mau pastor, líder, não é somente egoísta, mas é também destrutivo (Ez 34.18-20). Infelizmente, muitos estão destruindo vidas, pois estão ensinando falsas doutrinas e ideias que são totalmente contrárias às Escrituras Sagradas Que Deus tenha misericórdia e continue levantando uma liderança que busque obedecê-lo em tudo.


SUBSÍDIO 3

Explique aos alunos que ‘Ezequiel profetiza contra os líderes de Israel, seus reis, sacerdotes e profetas Com sua cobiça, corrupção e egoísmo deixaram de guiar o povo de Deus no caminho em que Ele o queria. Estavam a explorar o povo e manipular os cidadãos para obterem lucro pessoal, ao invés de lhes dar assistência. Esses líderes, portanto, eram culpados pelo cativeiro de Judá e Deus ia julgá-los (Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal Rio de Janeiro: CPAD p 1218)


CONCLUSÃO

Grandes têm sido os desafios dos tempos atuais, precisamos de homens como o profeta Ezequiel que anunciem a Palavra do Senhor. Deus tem restauração para todos, basta que venhamos reconhecer os nossos erros e nos voltemos para o Senhor.


HORA DA REVISÃO

1. O que trata o capítulo 37 de Ezequiel?

Trata a respeito da visão que o profeta teve a respeito de um vale de ossos secos.

2. Qual o objetivo da visão do vale de ossos secos?

Apontar historicamente para a volta dos exilados do cativeiro.

3. Os ossos secos representam o quê? Representavam os judeus no cativeiro.

4. Segundo a lição, qual o caminho da restauração?

Reconhecer a necessidade da restauração, depender de Deus e fazer a nossa parte.

5. Um mau líder, segundo a lição, é somente um egoísta?

Não. Ele é também destrutivo.

👇 VEJA TAMBÉM Lições CPAD 👇

👉 Novas lições da classe dos ADULTOS- Aqui

👉 Novas lições da classe dos JOVENSAqui


Post Bottom Ad