FECHAR



Subsídio Lição 12: Quando Deus se Revela ao Homem

Subsídio Bíblico para a Lição dos Adultos (CPAD). LIÇÃO 12 | 4° Trimestre de 2020 | Fonte: Revista Cristão Alerta

Em nossa lição de hoje, observa-se algumas das maneiras que Deus usa para se revelar aos seres humanos. Vemos que Deus se revela: de maneira Pessoal, sabia, poderosa e justa.


I. DEUS SE REVELA COMO UM SER PESSOAL.

Deus se revelou a Jó como um ser pessoal da seguinte maneira. O Senhor falou "do meio de um redemoinho" (Jó 38.1; 40.6). A revelação de Deus a Jó do meio do o redemoinho (Jó 38.1;40.6), é conhecida no meio teológico como uma teofania.


O dicionário teológico define teofania assim: [Do gr. Theos, Deus + phania, manifestação] Manifestação de Deus, desde a voz até a imagem, perceptível pelos sentidos humanos.

O Antigo Testamento registra algumas teofanias de Deus. Nessas teofanias Deus assumiu várias formas visíveis para mostrar-se ao povo. Deus apareceu a Abraão (Gn 18.1-33), a Jacó (Gn 32.28-30), ao povo de Israel (como uma coluna de nuvem durante o dia e uma coluna de fogo durante a noite — Êx 13.21,22), às setenta autoridades de Israel (Êx 24.9-11), a Manoá e sua esposa (Jz 13.21,22), a Isaías (Is 6.1) e a Jo (Jó 38.1;40.6).

A pessoa de Deus é bem distinta do panteísmo, que diz que “tudo o que é agregado é Deus. Deus é tudo e tudo é Deus”. Como um ser pessoal, Deus é imanente e transcendente, isto significa que, Ele está na Sua criação e ao mesmo tempo acima de Sua criação.


Ele é uma pessoa na Sua criação e ao mesmo tempo Ele está separado e bem distinto dela. Ele também está acima de Sua criação, isto é, Ele é maior que Sua criação, distinto dela e não faz parte dela.


Na oração de Salomão por ocasião da dedicação do templo, ele prestou tributos à grandeza transcendental de Deus com estas palavras: "Mas na verdade habitará Deus na terra? Eis que os céus e até o céu dos céus, te não poderiam conter, quanto menos esta casa que eu tenho edificado".  1 Reis 8.27.


A Bíblia revela Deus como uma Pessoa divina que possui todas as características de uma pessoa.


Se Deus não tivesse personalidade com a qual pudesse comunicar-se, os homens não teriam jamais a sua sede do Deus vivo saciada porque jamais entrariam em contato com Ele. Mas o nosso Deus é vivo e tem personalidade.


1.  Deus fala de si mesmo como de uma personalidade

Quando Moisés perguntou: "Qual é o teu nome?" Deus disse:' 'Eu sou o que sou". E disse mais: 'Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós" (Êx 3.14). É impossível imaginar uma expressão mais forte de uma personalidade do que esta!


2. Jesus veio revelar aos homens o seu Pai (Lc 10.22)

Vejamos alguma coisa que Jesus revelou a respeito da personalidade de seu Pai!


3. Jesus falou de Deus muitas vezes como sendo o seu Pai.

Ele disse: "Meu Pai e vosso Pai" (Jo 20.17).

Foi Jesus que nos ensinou a orar: "Pai nosso" (Mt 6.9). Quem é Pai é uma personalidade.


4. Jesus usou, quando centenas de vezes falou de seu Pai, pronomes pessoais.

Ele disse: "Todas as tuas coisas são minhas e as minhas são tuas". "Vou para ti" (Jo 17.10,11). O uso de pronomes pessoais subentendem a personalidade de Deus.


5. Jesus falou de atividades de seu Pai que só são atribuídas a uma pessoa.

Ele disse:

(1) “Meu Pai trabalha” (Jo 5.17);

(2) O meu Pai ama (Jo 3.35);

(3) O meu Pai me enviou (Jo 6.29);

🛑 Obs. A continuação deste conteúdo está na Revista Cristão Alerta.

👉Clique Aqui

📝 SUBSÍDIOS | 🔥 ADULTOS | 📚 ARTIGOS | 💢 JOVENS

Auxílios para a Escola Dominical
Receba Lições, Artigos, Vídeos e Subsídios! É Grátis. Digite seu E-mail e em seguida abra o seu e-mail e clique em nosso link de confirmação: