Subsídios Bíblico – Veja o Vídeo

A Ciência Prova que a Ideologia de Gênero é uma grande Mentira

Parabéns! É um menino!
Ou: “Parabéns! É uma menina”!

Em 20 anos como pediatra, foi assim quer começou a relação com vários dos meus pacientes. Nossos corpos revelam o nosso sexo. Sexo biológico não é escolhido. Ele é determinado na concepção, pelo nosso DNA e isso é marcado em todas as células do nosso corpo.
A sexualidade humana é binária: ou você tem um cromossomo “Y” normal e se desenvolve em um homem, ou você não o tem, e se desenvolve em uma mulher.

Há, pelo menos, 6.500 diferenças genéticas entre homens e mulheres. Hormônios e cirurgias não podem e nem irão mudar isso.


Veja, “identidade” não é biológica; é psicológica. Identidade tem a ver com pensar e sentir. Pensamentos e sentimentos não são geneticamente determinados. Podem estar certos de fato, ou errado de fato.  Por exemplo: se eu entrar no consultório do meu médico e disser: “Olá! Eu sou Margareth Thatchar”, meu médico me dirá que estou delirando, e me receitará um antipsicótico. Entretanto, se eu lhe dissesse: “ Eu sou um homem”, ele diria: “Parabéns, você é transgênero”. Se eu disser: “Doutor, quero me matar. Sou um deficiente preso em um corpo normal. Por favor, remova a minha perna”, eu seria diagnosticada com transtorno de identidade de integridade do corpo.  Mas se eu disser ao mesmo médico: “Eu sou um homem. Agende uma mastectomia dupla”, ele irá fazê-lo.

De acordo com a maioria das principais organizações médicas, se você quiser cortar um braço ou uma perna saudável, você possui uma doença mental.  Mas se você quiser cortar seios saudáveis, ou um pênis, você é transgênero. Vamos ser claros: Ninguém nasce transgênero.  

Se a identidade de gênero fosse definida ainda no útero, gêmeos idênticos teriam a mesma identidade de gênero, em 100% dos casos. Isto não acontece!

Tive um paciente que era um garoto. Vamos chama-lo de Andy. Entre os três e cinco anos de idade, ele brincava cada vez mais com meninas e com brinquedos típicos de meninas e começou a dizer que era uma menina. Eu indiquei um terapeuta para Andry e seus pais.  Às vezes, a doença mental de um pai ou abuso infantil são fatores, mas é mais comum que a criança esteja percebendo mal a dinâmica familiar e internalize uma fala crença.

No meio de uma sessão, Andy largou o caminhãozinho e agarrou uma Barbie.  Ele disse: “A mamãe e o papai não me amam quando sou um menino”.  A terapeuta descobriu que, quando Andy tinha três anos, sua irmã deficiente nasceu. Ela exigia muito mais do carinho e da atenção dos pais.  Andy interpretou isso mal como: “A mamãe e o papai amam meninas. Se eu quiser que eles me amem de novo, terei que virar uma menina”.

Com a terapia familiar, Andy melhorou. Hoje, os pais do Andy escutariam algo bem diferente. Eles escutariam: “Esse é o Andy de verdade’. Vocês devem mudar o nome dele, e pedir para tratarem ele como menina, senão ele irá cometer suicídio”.

Atenção: se uma menina, que insiste que é um homem, receber testosterona todo dia, por um ano, ela precisará remover os seis aos 16 anos. Veja só: a Academia Americana de Pediatria publicou um relatório, pedindo que pediatras alertem os jovens sobre fazer tatuagens, pois elas são permanentes e podem deixar cicatrizes. Mas a mesma associação apoia totalmente que meninas de 16 anos removam ambos os seios, mesmo sem autorização dos pais, desde que ela insista ser um homem e tome diariamente testosterona  por um ano.

Sejamos claros: doutrinar as crianças, a partir da pré-escola, com a mentira de que elas podem estar presas no corpo errado, destrói os fundamentos do teste da realidade de uma criança. Se uma criança não pode confiar na realidade do seu corpo físico, no que elas poderão confiar?

Ideologia transgênero em escolas é abuso psicológico e frequentemente resulta à castração química, esterilização e mutilação cirúrgica.  Se isto não é abuso infantil, senhores e senhoras, então o que é?

Verdades que desmentem a Ideologia de Gênero
O Sexo biológico não é escolhido
O Sexo é determinado na concepção
Nossos corpos revelam o nosso sexo
Ninguém nasce transgênero
Ideologia transgênero em escolas é abuso psicológico

Artigo: Dr. Michelle Cretella
Presidente, American College of Pediatricians
Fonte: Vídeo “Pediatria americana refuta a Ideologia de Gênero”.