Featured

 


FECHAR<===


Assunto: Grandes temas do apocalipse – Uma perspectiva profética impressionante dos últimos tempos
Lição: Jovens e Adultos
Trimestre: 1° de 2018
Comentarista: Pr. Joá Caitano
Editora: Central Gospel
TEXTO BÍBLICO BÁSICO
Mateus 24.21
21 - Porque haverá, então, grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco haverá jamais.
Sofonias 1.14-18
14 - O grande dia do Senhor está perto, está perto, e se apressa muito a voz do dia do Senhor; amargamente clamará ali o homem poderoso.
15 - Aquele dia é um dia de indignação, dia de angústia e de ânsia, dia de alvoroço e de desolação, dia de trevas e de escuridão, dia de nuvens e de densas trevas,
16 - dia de trombeta e de alarido contra as cidades fortes e contra as torres altas.
17 - E angustiarei os homens, e eles andarão como cegos, porque pecaram contra o Senhor; e o seu sangue se derramará como pó, e a sua carne, como esterco.
18 - Nem a sua prata nem o seu ouro os poderá livrar no dia do furor do Senhor, mas, pelo fogo do seu zelo, toda esta terra será consumida, porque certamente fará de todos os moradores da terra uma destruição total e apressada.
Apocalipse 6.15-17
15 - E os reis da terra, e os grandes, e os ricos, e os tribunos, e os poderosos, e todo servo, e todo livre se esconderam nas cavernas e nas rochas das montanhas
16 - e diziam aos montes e aos rochedos: Caí sobre nós e escondei-nos do rosto daquele que está assentado sobre o trono e da ira do Cordeiro,
17 - porque é vindo o grande Dia da sua ira; e quem poderá subsistir?

TEXTO ÁUREO
Como guardaste a palavra da minha paciência, também eu te guardarei da hora da tentação que há de vir sobre todo o mundo, para tentar os que habitam na terra. Apocalipse 3.10

SUBSÍDIOS PARA O ESTUDO DIÁRIO
2ª feira - Daniel 12: Um tempo de terrível angústia
3ª feira - Ezequiel 9: O grande dia do furor do Senhor
4ª feira - Lucas 21.25-33: Sinais espantosos no céu e na terra
5ª feira - Apocalipse 11.1-3: Dois profetas especiais na Grande Tribulação
6ª feira - Apocalipse 16: As sete taças da ira de Deus
Sábado - Marcos 13.24-31: Os anjos ajuntarão os escolhidos de Deus

OBJETIVOS
Ao término do estudo bíblico, o aluno deverá:
• compreender que as tragédias da Grande Tribulação não serão, em sua maioria, figurativas, nem simbólicas;
• conhecer os protagonistas deste tempo escatológico;
•  descrever os propósitos da Grande Tribulação.
Leia também:
- Lições Bíblicas de Jovens – 1° Trimestre de 2018 – Acesse Aqui
- Lições Bíblicas de Adultos – 1° Trimestre de 2018 – Acesse Aqui
- Lições Bíblicas Juvenis - – 1° Trimestre de 2018 – Acesse Aqui
- Estudos Auxílios para professores da EBD – Acesse Aqui

 
ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS
Caro professor,
Como apoio didático, sugerimos que, nos tópicos 2.2 e 2.3, seja apresentado aos alunos um quadro contendo fatos relacionados ao Anticristo e ao Falso Profeta, registrados nas Escrituras.
DEZ IMPORTANTES FATOS REGISTRADOS NAS ESCRITURAS
ACERCA DO ANTICRISTO
ACERCA DO FALSO PROFETA
A ponta pequena (Dn 7.8)
A besta que subiu da terra (Ap 13.11)
Um rei, feroz de cara (Dn 8.23)
Dois chifres, semelhantes aos de um cordeiro (Ap 13.11)
O príncipe que há de vir (Dn 9.26)
O último precursor do Anticristo (Ap 13.12)
O assolador (Dn 9.27)
O assistente direto do Anticristo (Ap 13.12)
O rei que fará sua vontade (Dn 11.36)
Imitador dos profetas do Senhor (Ap 13.12)
O pastor insensato (Zc 11.15)
Terá a aparência de cordeiro e boca de dragão (Ap 13.11)
O homem do pecado (2 Ts 2.3)

Instrumento do diabo nos últimos dias (Ap 13.13)
O filho da perdição (2 Ts 2.3)
Induzirá os habitantes da terra a fazerem uma imagem à besta (Ap 13.14)

O cavaleiro do cavalo branco (Ap 6.2)
Obrigará as pessoas a colocarem a marca da besta (Ap 13.16)
A besta que sobe do mar (Ap 13.1-9)
Será derrotado por Cristo e lançado no lago de fogo (Ap 19.20)

COMENTÁRIO
Palavra introdutória
Conhecer o que o futuro nos reserva oferece-nos a oportunidade de preparação e de definição sobre onde passaremos a eternidade. Por essa razão, nesta lição, estudaremos este evento que ocupa a maior parte do livro das revelações proféticas (Ap 6—19); além disso, examinaremos vários textos proféticos do Antigo Testamento, que nos oferecem uma descrição abrangente, rica e esclarecedora acerca do que será, quando e como se dará o maior tempo de sofrimento na história da humanidade.

1. EM QUE CONSISTIRÁ A GRANDE TRIBULAÇÃO?
Segundo as profecias bíblicas, a Tribulação durará sete anos — período conhecido como a última das 70 Semanas Proféticas de Daniel (Dn 9.24; 12.1). Nesse tempo, toda a terra e seus habitantes experimentarão o caos absoluto e uma devastação sem precedentes, durante 2.520 dias.

Conforme destacado na Lição 3 (tópico 1.3), esse período (Tribulação e Grande Tribulação) será dividido em duas partes de três anos e meio cada uma:
 
• a primeira etapa de três anos e meio — tempo, e tempos, e metade de um tempo (Dn 7.25; Ap 12.14); equivale a quarenta e dois meses (Ap 11.2; 13.5); igualmente a mil duzentos e sessenta dias (Ap 12.6) — é chamada na Bíblia de Tribulação e abrange os capítulos 6—9 do Apocalipse;
• a segunda etapa é denominada, no texto bíblico, de a Grande Tribulação e terá a mesma duração que a primeira (três anos e meio). Esta será a pior e mais terrível época na história da humanidade; depois dela, outra não será testemunhada por olhos humanos.

1.1. Após o arrebatamento dos salvos
No fim dos tempos, a contagem regressiva dos últimos dias começará após todos os salvos serem arrebatados pelo Senhor — conforme descrito na Lição l (tópico 1.1.1). Esse período indica o começo do período tribulacional.

Quando a primeira etapa (Tribulação) tiver início, as pessoas estarão assustadas com os últimos acontecimentos, especialmente com o desaparecimento de milhões de indivíduos em todo o mundo. A ausência de familiares, amigos e conhecidos impactará desmesuradamente os que não tiverem sido arrebatados.

Neste ponto, autoridades em todos os níveis da sociedade tentarão resolver celeremente os problemas causados pelo desaparecimento das pessoas. É possível imaginar o caos que se instalará em todos os lugares. O mundo enfrentará o desastre da paralisação de todos os segmentos sociais — das mais altas esferas, às mais humildes; dos bens e serviços mais elementares, aos mais específicos.

Mesmo sofrendo, as pessoas procurarão adaptar-se às circunstâncias nesses primeiros três anos e meio. Será um tempo de muita dificuldade, mas suportável, o pior acontecerá na segunda etapa — na Grande Tribulação —, que ocorrerá nos próximos três anos e meio.

Conforme mencionado na Lição 3 (tópico 1.2), a assinatura de um pacto de paz, proteção e colaboração entre o governante mundial e a nação de Israel será um sinal profético da Tribulação que o mundo conhecerá (Dn 9.27).

1.2. Justiça e ira divina
Deus manifestará Sua justiça, juízos, julgamentos e ira sobre toda a terra, através dos selos, das trombetas e das taças. Serão 21 juízos imediatos; alguns, simultâneos — especialmente na segunda etapa (na Grande Tribulação).

Todos os termos utilizados na Escritura para fazer referência à Grande Tribulação indicam, essencialmente, ira, punição, condenação, castigo, julgamento e juízo divinos. No panorama profético, o Dia do Senhor, especificamente, focaliza os piores sofrimentos que ocorrerão durante a Grande Tribulação.

Na Bíblia, encontramos termos que descrevem o período da Grande Tribulação, tais como; ira, indignação, destruição, desolação, juízo,
prova, trevas, sofrimento, ruína, escuridão, nuvens, aflição e negridão. Diversas expressões, aliás, referem-se a essa época como o tempo da angústia de Jacó; o dia de trevas; o dia da vingança de nosso Deus; aquele dia; o grande dia e Dia do Senhor.

2. QUEM SERÃO OS PROTAGONISTAS DESTE TEMPO ESCATOLÓGICO?
É sabido que o diabo, o Anticristo e o Falso Profeta constituem a trindade satânica, mas o que acontecerá, no céu e na terra, durante a Grande Tribulação? Que papel cada um dos protagonistas mencionados no texto bíblico exercerá nesse período? De que maneira os fatos previstos para acontecer nos tempos do fim influenciarão a vida de cada ser humano? Vejamos a seguir.

2.1. O diabo
O diabo será um dos mais ativos personagens neste período — que antecederá sua derrocada final, bem como a de seu império maligno. Ele fará de tudo; investirá tudo; mobilizará, convocará, manipulará e tentará todas as pessoas; e utilizará todos os meios possíveis para arrastar milhões de seres humanos ao destino final que lhe está reservado — o lago de fogo ardente, o inferno, lugar real e literal de tormento eterno (Ap 20.10).

2.2. O Anticristo
Na opinião de ilustres eruditos da Bíblia, o Anticristo, depois do Senhor Jesus, é a figura mais importante nas profecias bíblicas e em toda a história humana. Ele será o governante mundial durante os sete anos da Tribulação.

Um estudo detalhado acerca do tema permite-nos afirmar que João, no Livro do Apocalipse, refere-se ao Anticristo como rei; o apóstolo Paulo, por sua vez, descreve seu aspecto espiritual; e o profeta Daniel destaca o ponto de vista histórico relacionado a esta figura satânica. Mas, de onde ele virá?

Qual será sua nacionalidade? Ele já está entre nós? Quanto tempo durará o seu domínio universal?

As natureza s de Cristo e do Anticristo são completamente opostas. Passagens bíblicas mencionam o homem pecador (Lc 5.8) e o servo do pecado (Jo 8.34); todavia, a expressão homem do pecado é citada uma única vez nas Escrituras e se aplica exclusivamente ao Anticristo (2 Ts 2.3).

2.2.1. O homem do pecado
E expressão homem do pecado (2 Ts 2.3} é uma das figuras atribuídas ao Anticristo. Ele fará tudo que estiver ao seu alcance para aborrecer e ofender a Deus, que é pleno em santidade. Deus é santo em tudo que é e faz (Is 6.3), enquanto o Anticristo é iníquo em tudo que é e faz (2 Ts 2.8).

Como homem do pecado, o Anticristo, consciente e voluntariamente, entregar-se-á a tudo que é errado, nocivo e imundo, cumprindo o seu papel no cenário profético mundial.

No aspecto espiritual-religioso, a oposição total que o Anticristo fará ao Senhor Jesus Cristo pode ser observada no quadro a seguir.

CRISTO É...
O ANTICRISTO É...
a verdade
a mentira
o santo
o ímpio
o Varão de dores
o homem do pecado
o Filho de Deus
o filho da perdição
o mistério da santidade
o mistério da iniquidade
o purificador do templo
o profanador do templo
o Cordeiro
a besta

2.2.2. A vinda do Anticristo
Nos dias em que o apóstolo João viveu, os cristãos ouviram falar sobre a vinda do Anticristo (l Jo 2.18) e sobre o espírito do Anticristo que já estava no mundo (1Jo 4.3).

Comenta-se nos meios teológicos que o Anticristo poderá surgir, no panorama mundial, como um indivíduo muito importante no conflito do Oriente Médio entre árabes e judeus. Tal opinião tem como base as profecias que declaram que ele será um governante universal.

Como poderoso negociador e articulador, o Anticristo se envolverá profundamente nas instituições e organizações políticas, tais como a União Europeia, o parlamento europeu, o Mercosul, a OEA (Organização dos Estados Americanos), a ONU (Organização das Nações Unidas), dentre outras.
A marca, o sinal e a senha da primeira besta, o Anticristo, será um projeto mundial liderado pelo Falso Profeta na Grande Tribulação (Ap 13.16,17).

2.3. O Falso Profeta
O Falso Profeta será outro personagem importante durante a Grande Tribulação. Coma assessor direto do Anticristo, suas atividades estarão subordinadas diretamente ao enganador, ao ímpio, ao opressor (Is 14.4). Ele é identificado na Bíblia como a outra besta (Ap 13.11). Ele controlará o maior e mais terrível sistema de apostasia religiosa de todos os tempos e promoverá a pior de todas as apostasias morais jamais existentes na história da humanidade.

O Falso Profeta não buscará glória para si mesmo. Ele não será o foco, nem será alvo de culto ou adoração. Sua missão consistirá em dirigir toda a atenção do mundo para o Anticristo. Possuído pelo poder de Satanás, a outra besta realizará falsos milagres e falsos sinais, em proporções incríveis, levando milhões de pessoas ao engano. Ele conduzirá as nações, os povos, as famílias e cada pessoa, individualmente, à adoração do Anticristo (Ap 13.11-15).

2.4. Os descendentes de Abraão, Isaque e Jacó
Os judeus terão destaque entre os habitantes da terra no período tribulacional — um dos principais motivos está relacionado ao fato de os acontecimentos mais relevantes deste período transcorrer em Israel, no Oriente Médio.

De acordo com as profecias, o povo judeu, neste tempo, será purificado pelo Senhor, a fim de preparar-se para sua restauração espiritual, política, social e geográfica. Esse tempo de dores para os filhos de Abraão é referenciado na Bíblia como a angústia dejacó (Jr 30.4-7).

2.5. Outros povos
Nações gentias de todas as partes do mundo vivenciarão os horrores da Grande Tribulação. As pessoas que rejeitaram a Cristo e os ímpios (que deliberadamente escolheram servir ao diabo na prática desenfreada do pecado) serão alvos dos juízos divinos e serão castigados por toda maldade. Os povos que perseguiram o povo de Deus serão severamente punidos (Is 13.11-13; Jl 3.2; Ob 15,16).
Clique e acesse

Conclusão
A Grande Tribulação será um período de sofrimento inigualável. As aflições desse tempo jamais foram vividas pêlos homens em toda a sua história.
A Grande Tribulação serve a alguns propósitos, dentre os quais se destacam:
• fazer com que Israel reconheça o Messias verdadeiro: Jesus Cristo, o Senhor (Ez 20.33-38; Mt 23.37-39);
• julgar as nações gentias pela tentativa de exterminar a nação de Israel e por seus abusos infames (Gn 12.3);
• permitir que os incrédulos experimentem pessoalmente a tristeza e o sofrimento perpetrados pelo império maligno — administrado por Satanás, o Anticristo e o Falso Profeta;
• derramamento da ira de Deus sobre todos os que rejeitaram o evangelho (Ap 14.9-11). Ouçamos a voz das profecias!

ATIVIDADE PARA FIXAÇÃO
1. Qual será a grande missão do Falso Profeta, de acordo
com o que foi exposto nesta lição?
R.: O Falso Profeta não buscará glória para si mesmo. Ele não será o foco. Ele não será alvo de culto ou de adoração. Sua missão consistirá em dirigir toda a atenção do mundo para o Anticristo.
Leia também:
- Lições Bíblicas de Jovens – 1° Trimestre de 2018 – Acesse Aqui
- Lições Bíblicas de Adultos – 1° Trimestre de 2018 – Acesse Aqui
- Lições Bíblicas Juvenis - – 1° Trimestre de 2018 – Acesse Aqui
- Estudos Auxílios para professores da EBD – Acesse Aqui


 
Top