FECHAR <----

 

O planejamento é definido como:
1) Estabelecimento racional de hierarquia, de prioridades necessárias à realização de um propósito definido.

2) Processo moderno de separar um conjunto de decisões para ação futura, visando alcançar objetivos estabelecidos de antemão.

3) Modo de traçar o esboço de uma situação futura, esboço baseado em decisões atuais, isto é, tomadas no presente e informadas em relação ao passado.



4) Processo que objetiva bem distribuir no tempo e no espaço os recursos disponíveis, dentro de uma sequência lógica de necessidades, a fim de possibilitar a elaboração de meios para alcançar o desígnio.

5) Seleção e identificação dos objetivos globais, de longo prazo, de uma organização, dos vários cursos de ação possíveis em termos de custos e efetividade ou benefícios relativos, de modo a facilitar aos executores a decisão dos cursos em ação a serem adotadas para atingir os referidos objetivos.

Portanto, neste artigo discorreremos sobre o momento e diferentes tipos de planejamentos. E abordarmos sobre as perguntas que o professor deve responder no momento do planejamento. Por fim, veremos a cerca das características de um planejamento de ensino.

I - TIPOS DE PLANEJAMENTO
1. Setorial: segundo as necessidades a atender: agricultura, educação, etc;

2. Social, econômico, administrativo - segundo o tipo de variáveis que manifestarão no processo;

3. Municipal, regional, estadual - segundo a área de atuação ou competência;

4. Micro e macro - segundo o nível de variáveis a manipular partindo da menor unidade existente ( grupo ) até o nível máximo ( nacional ).
5. Curto , médio, longo - períodos de decisão e execução.

6. Imperativo e indicativo - segundo o grau de urgência.

II – TRÊS ÁREAS DE PLANEJAMENTOS

1. Planejamento educacional
É amplo, geral e abrangente. Prevê a estruturação da totalidade do sistema educacional e determina as diretrizes da política nacional educacional.

2. Planejamento curricular
É a previsão global e sistemática de toda ação a ser desencadeada pela escola, em consonância com os objetos educacionais, tendo como foco o aluno. É a previsão de todas as atividades que o educando realiza sob a orientação da escola para atingir os fins da educação

3. Planejamento de ensino
Processo de decisões bem informadas que visam à racionalização das atividades do professor e do aluno, na situação ensino-aprendizagem.

III- AS PERGUNTAS QUE O PROFESSOR DEVE RESPONDER NO MOMENTO DO PLANEJAMENTO
Ao planejar, o professor deve interrogar e responder a si mesmo:

1. O que pretendo alcançar?
RESPOSTA: Estabelecer os objetivos a atingir em termos de ações a serem executadas pelos alunos.

2. Como distribuir bem o tempo?
RESPOSTA: Analisando: tempo disponível x atividades a executar.

3. Como apresentar o assunto?
RESPOSTA: Adequando métodos e técnicas à situação de aprendizagem.

4. Como poderei enriquecer a minha apresentação?
RESPOSTA: Selecionando meios auxiliares de acordo com a situação de aprendizagem.

5. Que atividades deverão ser desenvolvidas pelo professor?
RESPOSTA: Selecionando atividades que levem ao atingimento dos objetivos estabelecidos.

6. Como avaliar o trabalho desenvolvido?
RESPOSTA: Observando, medindo, formulando perguntas constantemente.

IV - CARACTERÍSTICAS DE UM PLANEJAMENTO DE ENSINO
1 - UNIDADE:
 Todas as atividades planejadas devem manter perfeita coesão entre si convergindo para os objetivos propostos.

2 - CONTINUIDADE:
Envolve a previsão das etapas do trabalho, de tal forma que haja integração entre elas e que nada fique jogado ao acaso.

3 - FLEXIBILIDADE:
Deve permitir possíveis reajustamentos do plano em marcha, com a possibilidade de inserção ou supressão de alguns elementos de acordo com as necessidades e/ou interesses dos alunos.

4 - PRECISÃO E CLAREZA:
Os enunciados devem ser claros e precisos, com indicações exatas e sugestões concretas para o trabalho a ser realizado.

5 - OBJETIVIDADE:
O planejamento deve basear-se em condições reais e imediatas de local, de tempo, de recursos e de desenvolvimento dos alunos.
As características acima enunciadas devem estar sempre presentes no desenrolar de todo o processo de planejamento como fundamento das fases a serem desenvolvidas em termos de reflexão a fim de permitir, em qualquer etapa do trabalho, um possível replanejamento.

ETAPAS BÁSICAS DO PLANEJAMENTO DIDÁTICO



PARA QUÊ?



Objetivos
- Tomada de posição do professor quanto:
à natureza dos estudos referentes à disciplina; às exigências sociais;
- à necessidade de auto-realização dos alunos.

PARA QUEM?
População-alvo
- idade dos alunos
- experiência anterior na sucessão do curso
- motivação e interesse.

O QUE?
Seleção de conteúdos
- aspectos significativos do programa
- conteúdos que atendam aos interesses dos alunos.

COMO?
Modos operacionais
- métodos
- técnicas
- recursos didáticos

O QUE?

Avaliação
- conteúdo
- hábitos
- atitudes
- habilidades
- comportamentos

ONDE?

Fontes de informações
- livros
- revistas
- publicações em geral
Obs. Podemos dizer que o planejamento didático representa o trabalho de reflexão do professor quanto a sua ação e a dos alunos a fim de tornar o ensino mais eficiente.

CONCLUSÃO
O planejamento eficiente exige que o professor conheça os alunos com os quais vai trabalhar. Sendo o aluno centro do processo educativo, é preciso estarmos atentos para que a população alvo para quem o planejamento é feito - esteja inserida em determinado contexto sócio-econômico-cultural e por isso devemos revelar e respeitar os limites que lhes são impostos pela realidade. Para conhecer seus alunos, necessário se faz uma sondagem que forneça ao professor subsídio visando a atender aos interesses, motivações e estágio do conhecimento.

Publicado por: Subsídios EBD

Fonte: Didática

 
Top