Featured

 


FECHAR<===


Antes de discutir esse tema, vamos definir o termo liderança. Se os que tentam analisar a liderança se equivocam quanto à sua tarefa, como disse W. C. H. Prentice, isso acontece em parte por não compreenderem bem o que seja liderança.

A liderança é o esforço de exercer conscientemente uma influência especial dentro de um grupo no sentido de levá-lo a atingir metas de permanente benefício que atendam as necessidades reais do grupo.

Cada palavra dessa definição é importante. A palavra esforço foi escolhida para indicar que uma pessoa não nasce líder, torna-se líder. Existem algumas que, intuitivamente, exercem algumas das características de líder, mas a verdadeira capacidade de liderança é obtida pelo exercício da função.

O Líder Nasce Feito ou é Feito?
Certamente há alguns que, por natureza, serão melhores líderes que os outros. Serão melhores em sua capacidade de utilizar aquela combinação de dotes pessoais que lhes conquista um seguimento voluntário e consciente por parte de outros. Entretanto, por meio de treinamento, qualquer pessoa que atua numa posição de liderança pode tornar-se mais influente e eficiente.

Se todos os outros fatores forem iguais, poderá parecer que os que exercem uma liderança eficiente possuem abundantes doses de energia física e emocional. São dotados de uma força que os impele na direção de um propósito ou meta específica. Dominam bem os métodos pelos quais alcançarão o fim que pretendem. Conseguem manter a confiança, a lealdade e, muitas vezes, a afeição daqueles que lideram. Sabem ser persuasivos ao aliciar seguidores para apoiar a causa que, como demonstram, serve aos próprios interesses dos seguidores.

Em 1980, a Harvard Business Review compilou quinze artigos relacionados com liderança sob o título "Caminhos Para o Progresso Pessoal: um Líder Não Nasce Feito, Faz-se". Esses artigos explicam que como um cirurgião, um astronauta, ou um orador sacro, um líder não nasce feito, mas se faz. Deus pode dar dons especiais a alguns, mas esses dons jamais virão à tona se eles não fizerem algum esforço para desenvolvê-los e exercitá-los.

O líder trabalha para atingir uma meta com a cooperação de outras pessoas. E o processo necessário para se conseguir a cooperação delas pode ser aprendido e desenvolvido. O líder motiva outros para participarem assegurando a satisfação pessoal deles, envolvendo-os num projeto comum.
A aptidão para a liderança não pode ser dispensada. A aptidão é uma capacidade potencial para se atuar em um campo especial recebida por herança genética. Ela possui uma força propulsora, mas para que atinja seu nível de desenvolvimento e expressão máximos, é necessária disciplina pessoal e de ambiente social adequado.

Por outro lado, já que o líder não nasce feito, mas faz-se, quem não possui aptidão não está desqualificado para ser um líder. Deus determinou tarefas de liderança para Moisés, Jeremias e o apóstolo Paulo, mas eles tiveram de adquirir certas habilidades de liderança, do mesmo modo que um homem vocacionado para ministro do evangelho precisa aprender para poder pregar.

Visão, a mais Poderosa Arma para a Transformação do Mundo
Visualizar é a própria essência da liderança. Tire de um líder a capacidade de visualizar seu ideal, e ele morrerá. A visão é o combustível que faz o líder continuar. É a energia que cria a ação. É o fogo que acende a paixão dos fiéis. É o chamado nítido, que mantém os esforços concentrados ano após ano, década após década, com as pessoas servindo a Deus de modo perseverante e abnegado.

Provérbios 29.18 diz: "Quando não há visão, o povo não tem freio" (Bíblia de Jerusalém). Ele não pode se concentrar, não pode alcançar qualquer objetivo, não pode seguir seu sonho. Uma tradução mais antiga diz: "Não havendo profecia, o povo se * corrompe" (ARC). Sem visão, o povo perde a vitalidade que o faz se sentir vivo.


Não estou dizendo que tudo o que uma igreja precisa seja um líder visionário. Quando uma igreja local perde seu alento ou sofre uma baixa no seu moral, apela para seus pastores, seus artistas e para os membros dela que possuem o dom da misericórdia, em busca de uma nova onda de animo.
Quando a igreja precisa de organização e ordem, vira-se para as pessoas com o dom da administração e diz: "Dê um jeito nessa confusão". Quando precisa ser edificada, apela para pessoas com o dom do ensino.

Mas quando uma igreja precisa de uma visão confiável, que a faça avançar em direção ao Reino de Deus e honrá-lo, ela se vira para seus líderes. Isto ocorre porque Deus põe no arsenal do líder a poderosa arma ofensiva chamada visão. O objetivo deste capítulo é desvelar as complexidades da visão, de forma que nós, líderes, possamos aprender a desencadear esse poder em nossas igrejas. É nesse ponto que o mundo começa a mudar.

Como um Líder Recebe uma Visão
Neste sentido, qual a definição de visão? Assim como você já ouviu dezenas de definições, a melhor definição, contudo, é esta: visão é uma imagem do futuro que produz paixão.

Para Henry Ford, esta era uma imagem em que havia um modelo Ford T estacionado na garagem particular de cada açougueiro, padeiro ou fabricante de candelabros. Para o Dr.Martin Luther King Jr., a imagem do futuro era uma onde duas crianças, uma branca e uma negra, brincassem em um balanço, sem se darem conta da cor da pele uma da outra. O Dr. Billy Graham imaginou milhares de pessoas decididas a aceitar a Cristo, enquanto o coro cantava "Tal Como Sou".

Para cada uma dessas pessoas, sua imagem do futuro fez seu coração bater mais rápido e sua mente disparar.
Qual imagem produz esse efeito em você?
É a imagem de crianças famintas sendo alimentadas e protegidas em um ambiente seguro?
É a imagem de desabrigados que acham refúgio ou de mulheres violentadas que acham um lugar seguro?

Pessoas confusas achando a fé? Orientar pessoas na busca de significativas oportunidades no ministério? O pensamento de pessoas solitárias integrando-se socialmente em pequenos grupos ou artistas finalmente usando seus dons divinos no ministério na igreja dão um nó na sua garganta? Creio que existem imagens apaixonantes tanto quanto existem líderes.

Um Chamado à Liderança?
Deus está convocando líderes. Este chamado é necessário por causa da crise de liderança, uma crise provocada pela explosão populacional e porque aqueles que se dizem líderes não querem liderar. Nossa sociedade clama por liderança.
Liderança não é opção. A crise de liderança não é como a crise provocada por uma falta de encanadores, por exemplo. Nossa sociedade está se movendo depressa e mudando rapidamente, e nós precisamos ser orientados e liderados.

Um líder não nasce feito, faz-se. Reconhecidamente, algumas pessoas têm mais aptidão para a liderança do que outras, mas a aptidão sozinha não faz dela um líder. Inversamente, outra que não tenha nenhuma aptidão para a liderança, mas possua um ardente desejo de liderar, pode chegar ao sucesso na liderança.

De que tipo de liderança nosso mundo precisa? Uma liderança baseada na Bíblia, tendo Cristo como o centro, é único tipo que poderá desarmar o fusível da bomba-relógio formada pelas pessoas revoltadas da terra. Uma liderança desse tipo terá como preocupação principal a evangelização do mundo.

Fonte: Administração e Liderança, IBADEP / Reverberação: Subsídios EBD
 
Top