SUBSÍDIOS EBD Adultos - Lição 2 A predileção dos pais por um dos filhos - Subsídios Dominical

Breaking

Home Top Ad

Post Top Ad

Novos Subsídios Bíblicos para as lições  O corpo de Cristo, 1° trimestre de 2024


SUBSÍDIOS EBD Adultos - Lição 2 A predileção dos pais por um dos filhos

🎯 Veja mais subsídios Dominical Aqui 

Subsídios Bíblicos para a Lição dos Adultos (CPAD).  2° Trimestre de 2023 | Lição 2

A Bíblia é repleta de histórias que nos mostram as complexidades das relações familiares e as consequências das escolhas que fazemos. Uma delas é a predileção dos pais por um dos filhos, o que pode gerar conflitos, ressentimentos e até mesmo tragédias. Aqui, vamos explorar algumas histórias bíblicas que ilustram esse tema e aprender como podemos evitar cair nessa armadilha em nossas próprias famílias.

Conceito

Predileção dos pais por um dos filhos

Definição

Comportamento em que os pais demonstram preferência ou tratamento diferenciado em relação a um filho em detrimento dos demais.

Manifestações

Elogios frequentes, permissividade excessiva, recompensas desproporcionais, críticas e castigos mais severos direcionados aos demais filhos.

Consequências negativas

Geração de conflitos, competições, ressentimentos e problemas emocionais.

Natureza

Pode ser inconsciente ou consciente.

 

1. O filho predileto de Isaque e o de Rebeca

       Um exemplo de predileção é a história de Rebeca e seus filhos, narrada em Gênesis 25. Rebeca tinha dois filhos, Esaú e Jacó, mas preferia Jacó, que era mais caseiro e tranquilo, em relação a Esaú, que era caçador e mais impulsivo.


1.1. Esaú, filho predileto de Isaque.

       O texto bíblico de Gênesis 25.28 nos apresenta uma situação de predileção de pais por filhos. No caso, Isaque amava Esaú porque ele era habilidoso na caça e lhe trazia alimento, enquanto Rebeca amava Jacó. Essa predileção pode ser vista como uma consequência natural de afinidades pessoais e interesses em comum entre pais e filhos.

       Portanto, é importante que os pais reconheçam a singularidade de cada um de seus filhos e evitem demonstrar favoritismo excessivo por um deles. Os filhos precisam sentir-se amados e valorizados de forma equitativa, para que possam desenvolver uma autoestima saudável e relações fraternas positivas.

 

1.2. Jacó, o filho predileto de Rebeca

       O texto de Gênesis 25.28 menciona que Rebeca amava Jacó, o segundo filho de Isaque, enquanto Isaque amava Esaú, o primogênito. Uma possível explicação para a predileção de Rebeca por Jacó é que ele era mais ligado às coisas da família, enquanto Esaú, como caçador, estava mais tempo fora de casa.

 

Jacó foi descrito como um homem pacato, enquanto Esaú foi visto como impulsivo (Gn 25.27-28). No entanto, a predileção de Rebeca por Jacó tornou-se mais evidente quando ela interferiu para que a bênção patriarcal fosse dada a Jacó em vez de Esaú. Ela orquestrou um plano para enganar Isaque e fazer com que Jacó recebesse a bênção que pertencia ao primogênito. Essa ação foi motivada por sua preferência por Jacó, mas também por sua crença de que ele seria o melhor sucessor para Isaque.


       No final, a predileção de Rebeca e Isaque por seus filhos causou conflitos e sofrimentos na família, revelando que a preferência por um filho pode levar a sérias consequências.

       Esse conflito familiar é um exemplo da importância de se tratar os filhos de forma justa e igualitária, sem favorecimentos ou preferências. O favoritismo pode levar a ressentimentos, inveja e rivalidade entre irmãos, criando um ambiente de hostilidade e conflito na família.

       Além disso, a história de Isaque e Rebeca mostra a importância da oração e da busca por ajuda divina em momentos de dificuldade e desafios familiares. Deus ouviu as orações de Isaque e Rebeca e guiou a família em direção ao seu plano perfeito, apesar dos erros e falhas humanas ao longo do caminho.

       Essa preferência ficava clara nas atitudes de Rebeca em relação aos filhos, como quando ela ajudou Jacó a enganar o pai e roubar a bênção de Esaú. Essa predileção gerou muita rivalidade e conflito entre os irmãos.

🔥 VEJA A CONTINUAÇÃO NA:

Revista Cristão Alerta: 2° Trimestre de 2023 Clique Aqui


Post Bottom Ad