Ev. Jair Alves | Subsídios ebd: Lição 9: A SUTILEZA DO MOVIMENTO DOS DESIGREJADOS

Subsídios Bíblicos para a Lição dos Adultos (CPAD).  3° Trimestre de 2022

Subsídio: Ev. Jair Alves

Neste estudo definiremos o termo igreja, veremos a visão dos desigrejados e descreveremos a Igreja como organismo e organização.

1. DEFININDO A IGREJA

1.1. Definição etimológica.

A palavra igreja vem do grego ekklēsia e significa: reunião pública, ou assembleia regularmente convocada, cujo objetivo é congregar-se para deliberar sobre o bem comum.

1.2. Definição teológica.

Igreja é o conjunto daqueles que, aceitando a Cristo pela fé, são imediatamente agregados em seu corpo espiritual como sua possessão, a fim de testemunhar acerca do Evangelho.

 

2.  VISÃO E PRÁTICA DO MOVIMENTO DOS DESIGREJADOS

2. 1. Os “desigrejados’.

Conforme pesquisas de 2010, mais de quatro milhões de evangélicos brasileiros não congregavam. Esses cristãos são “evangélicos nominais”, conhecidos por desigrejados.


Um desigrejado também é definido como aquele que abandonou a igreja.


O fenômeno dos desigrejados surge com a interpretação de que toda estrutura religiosa apresenta-se como “instituição desnecessária”, defendendo que a fé cristã pode ser exercida desvinculada da comunhão da igreja.

2.2. O pensamento dos deseigrejados.

O pensamento dos desigrejados pode ser resumido assim:


🔥 Os desigrejados são contra toda forma de organização e institucionalização da Igreja. Para eles a igreja verdadeira não tem templos, cultos regulares aos domingos, tesouraria, hierarquia, ofícios, ofertas, dízimos, clero oficial, confissões de fé, rol de membros, propriedades, escolas, seminários.

🔥 Nada de regras, sermões e muito menos organização institucional.

🔥 Os sem igreja são contra, por exemplo, presbíteros, diáconos, bispos e pastores (Veja o que diz a Bíblia: Atos 20.28; Efésios 4.11-14 Hebreus 13.7,17).

🔥 Na verdade, os desigrejados não gostam de estar debaixo de liderança alguma. Não aceitam que alguém esteja na posição de autoridade sobre eles (Veja o que diz a Bíblia: Hebreus 10.25; 13.7,17).

2.3. Conselhos Bíblicos para os desigrejados.

A) Não deixando a nossa congregação (Hb 10.25).

É importante que os servos de Jesus se reunião constantemente, pois através desta prática podemos:

🔥 crescer na fé, superar dúvidas e questões e aprofundar o nosso relacionamento com Deus (Hb 10.23);

🔥 podemos obter encorajamento, uns dos outros (Hb 10.24);

🔥 podemos adorar juntos (Hb 10.25).

 

B) Participar das reuniões dos seguidores de Jesus a fim de juntos desfrutar dos dons espirituais e serem edificados.

 “Que fazer, então, irmãos? Quando vocês se reúnem, um tem um salmo, outro tem um ensino, este traz uma revelação, aquele fala em línguas, e ainda outro faz a interpretação. Que tudo seja feito para edificação. (1 Coríntios 14.26 – NAA).

 

C) Participar das reuniões da igreja para  encorajar e ajudar outros cristãos.

 Negligenciar as congregações cristãs é abrir mão do encorajamento e da ajuda de outros cristãos. Nós nos congregamos para compartilhar a nossa fé e fortalecer, uns aos outros, no Senhor.

 

As dificuldades nunca devem ser desculpas para não comparecer aos cultos na igreja. Em vez disso, quando houver dificuldades, deveremos fazer um esforço ainda maior para sermos fiéis em nosso comparecimento.

 

D) Participe dos cultos  é assim estará vivendo como membro do corpo de Cristo.

 A Igreja é o Corpo de Cristo. Nenhum membro de um corpo pode subsistir sozinho, sem o resto do corpo (1 Coríntios 12.21-22).

 

E) Aceite que toda igreja local deve ter um líder, ao qual se deve obedecer (Veja At 20.28; Ef 4,11).

 Obedeçam aos seus líderes e sejam submissos a eles, pois zelam pela alma de vocês, como quem deve prestar contas. Que eles possam fazer isto com alegria e não gemendo; do contrário, isso não trará proveito nenhum para vocês”(Hb 13,17 – NAA).

🔥 Veja a continuação na:

Revista Cristão Alerta: 3° Trimestre de 2022: Os Ataques Contra a Igreja de Cristo – Clique Aqui





Imagens de tema por friztin. Tecnologia do Blogger.