SUBSÍDIO Lição 7. Paulo, o Plantador de Igrejas

Subsídios Bíblicos para a Lição dos Adultos (CPAD).  4° Trimestre de 2021

🔥 Subsídios Bíblicos Completos Aqui

🔥 Lições Bíblicas Completas Aqui

Enquanto o Apóstolo Paulo e tantos outros discípulos do Senhor Jesus foram verdadeiros desbravadores missionários e saíram plantando (fundando) igrejas; no Brasil, principalmente nos últimos 30 anos, o que se ver são vários pastores pescadores de aquários alheios (ou seja, fundam igrejas e levam para suas novas denominações os membros de outras igrejas). No Estado de São Paulo, por exemplo, existem cidades que tem tantas denominações evangélicas umas próximas das outras, que você poderá até perder as contas. São MUITAS!

A grande mensagem que as muitas denominações evangélicas, umas próximas das outras, passam para os descrentes é que os evangélicos são desunidos, por isso é que eles abrem várias igrejas de ministérios diferentes.

 

O apóstolo Paulo, através de seus ensinamentos e experiências, tem muito a nos ensinar o que é ser um verdadeiro plantador de Igrejas e não pescadores de aquários.


I. PAULO, UM PLANTADOR DE IGREJAS (1 Co 3.6)

O maior missionário de todos os tempos foi o apóstolo Paulo. Esse ex-fariseu, que uma vez odiou e perseguiu os cristãos, fez três grandes viagens missionárias, nas quais implantou dezenas de igrejas locais.

 

1. Algumas Igrejas implantadas por Paulo.

O Novo Testamento é composto, basicamente, por cartas que Paulo escreveu para algumas das igrejas que implantou e para seus pastores.

Essa lista inclui:

- A epístola destinada a Roma (Romanos).

- A epístola destinada a Éfeso (Efésios).

- A epístola destinada a Colossos (Colossenses).

- A epístola destinada a Filipos (Filipenses).

- A epístola destinada a Galácia (Gálatas).

- As duas epístolas destinadas a Tessalônica (1 e 2 Tessalonicenses).

- As duas epístolas destinadas ao pastor Timóteo (1 e 2 Timóteo).

- A epístola destinada ao pastor Tito (Tito).

As duas epístolas destinadas a Corinto (1 e 2 Coríntios).

 

2. Paulo plantou (1 Co 3.6).

A maior parte dos estudiosos entende plantei como sendo uma referência à fundação da igreja por Paulo e regou como se referindo ao ministério posterior de Apoio, depois que Paulo deixou Corinto.

 


CURSOS BÍBLICOS PARA VOCÊ:

1) CURSO BÁSICO EM TEOLOGIA Clique Aqui
2) CURSO MÉDIO EM TEOLOGIAClique Aqui
3) Formação de Professores da Escola Dominical Clique Aqui
5) CURSO OBREIRO APROVADO - Clique Aqui


Matricule-se já ! 

3. Apolo Regou (At 18.24-26

A) Quem era Apolo

Nativo de Alexandria (Egito), era um judeu cristão e pregador eloquente no tempo das viagens missionárias do apóstolo Paulo. A principal passagem bíblica sobre Apoio está em Atos 18.24—19.1. De Alexandria, Apoio foi para Éfeso, na Ásia Menor.

 

Apoio sabia e pregava acuradamente sobre a vinda de Jesus, mas a conhecia somente por meio da mensagem do precursor de Jesus, João Batista.

 

Priscila e Áquila, amigos de Paulo, ouviram Apoio falar em Éfeso e perceberam que ele não ouvira o que acontecera a Jesus. Eles o chamaram de lado em particular e lhe explicaram o caminho de Deus mais acuradamente. Antes disso, ele fora convencido do valor do batismo de João e de sua mensagem de que Jesus era o Messias. Ele evidentemente não estava informado sobre ensinamentos como a justificação pela fé em Cristo ou a obra do Espírito Santo na salvação. Nesses pontos, Priscila e Áquila, tendo vivido e trabalhado com Paulo, foram capazes de ajudar Apoio (At 18.26).

 

Logo depois dessa instrução, Apoio partiu de Éfeso para a província romana da Acaia, na Grécia, com cartas dos cristãos efésios, conclamando os discípulos naquela província a dar-lhe boas-vindas como irmão na fé. Na chegada, ele refutou os judeus vigorosa e publicamente, usando seu grande conhecimento das Escrituras do Antigo Testamento para provar que Jesus era o Messias. Paulo considerou a obra de Apoio em Corinto, capital da Acaia, tão valiosa que o descreveu como regador da semente que ele, Paulo, havia plantado como o fundador da igreja (1Co 3.5-11).

 

B) Apolo, um grande conhecedor do Antigo Testamento.


Apolo representa aquele tipo de pregador do evangelho de Jesus que prega com muita eloquência e conhecimento Bíblico (At 18.24), e ensina com precisão as coisas concernentes a Jesus (At 8.25), entretanto, lhe fata conhecer mais sobre o batismo com Espírito Santo. Lhe falta desfrutar do enchimento do Espírito Santo (At 19.1-7). Apolo só conhecia o batismo ensinando por de João (At 18.25b).

 

4. Deus deu o crescimento.

Paulo tinha um chamado divino para pregar o Evangelho onde ainda não havia sido pregado (At 18.4-11). Apolo tinha o dom de mestre, gostava de ensinar os membros de uma igreja já implantada, normalmente edificando os novos convertidos que Deus convocava à salvação por meio da pregação pioneira de Paulo. As duas funções têm igual importância e são complementares para o cumprimento da vontade de Deus.

 

Os crentes que trabalham em favor da obra de Deus (na liderança da igreja local e em outras atividades), precisam entender que são “servos” - não estrelas, e que se Deus não der o crescimento de nossos trabalhos, os nossos esforços serão inúteis.

 

“Pois quem é Paulo e quem é Apolo, senão ministros...(SERVOS)? Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento” (1Co 3.5,6).

🛑 Obs. A continuação deste conteúdo está na Revista Cristão Alerta.

👉Clique Aqui

 

Escolha o seu E-BOOK e clique na capa para mais informações e solicitar o seu exemplar.

Informações Aqui

Informações Aqui
***
***
***

Informações Aqui

***

Informações Aqui

***

Informações Aqui

***

Informações Aqui

***

Informações Aqui

📚 📚 Veja também

CURSOS BÍBLICOS PARA VOCÊ:

1) CURSO BÁSICO EM TEOLOGIA Clique Aqui
2) CURSO MÉDIO EM TEOLOGIAClique Aqui
3) Curso de Secretariado para Igrejas Clique Aqui
4) Formação de Professores da Escola Dominical Clique Aqui
5) CURSO OBREIRO APROVADO - Clique Aqui
Matricule-se já ! 




Imagens de tema por gaffera. Tecnologia do Blogger.