DICAS PARA uma BOA AULA: Lição 6: Paulo no Poder do Espírito (Classe Dominical Adulto)

🔥 Veja a lição 6 na íntegra - Clique Aqui

📚 Consulte mais subsídios Bíblicos para a lição 6, Clique Aqui

🔊 Está sem tempo para ler a lição da semana? Acesse Aqui a LIÇÃO DOMINICAL EM ÁUDIO

DICA RÁPIDA PARA A LIÇÃO 6: Paulo no Poder do Espírito

O ponto mais importante desta lição é que o aluno, após estudá-la, esteja consciente a respeito da necessidade de viver na plenitude do Espírito para fazer a obra de Deus. Nesse sentido, os demais tópicos colaborarão para que o aluno tenha essa consciência. Não podemos deixar de reconhecer que é a dependência do Espírito Santo que garante a eficácia da evangelização e o crescimento saudável da Igreja de Cristo.

Resumo da lição

O primeiro tópico da lição procura expor a verdade de que Cristo deve ser pregado no poder do Espírito. No ministério de Paulo, observamos o quanto o apóstolo era movido pelo Espírito Santo. Todo o seu caminho percorrido na exposição da Palavra de Deus tinha o Espírito Santo como agente confirmador e sustentador. Pelo Espírito, Paulo não tinha outra missão, senão, a de pregar Cristo Jesus no poder do alto.

O segundo tópico tem como objetivo identificar o argumento de Paulo sobre a plenitude do Espírito. O que o apóstolo quer dizer com essa expressão? Para isso, o texto bíblico (At 18) mostra como Paulo agiu para que Apolo fosse doutrinado acerca do Espírito Santo. Apolo era um pregador habilidoso, mas não havia experimentado ainda o poder do Espírito. Ou seja, além de nascer de novo, o seguidor de Jesus pode e deve ter uma experiência sobrenatural por intermédio do Batismo no Espírito Santo com evidência das línguas estranhas.

Terceiro tópico apresenta as fontes de Paulo para a experiência no Espírito Santo. Em primeiro lugar, sem dúvida, eram as Escrituras Sagradas. Embora a Terceira Pessoa da Santíssima Trindade não aparecesse de maneira clara no Antigo Testamento, era possível percebê-la e confirmá-la com a revelação em Cristo Jesus que o apóstolo acabara de tomar contato. Em segundo, a experiência do Pentecostes foi algo marcante que chegou ao apóstolo, embora este não estivesse participado daquele evento.

Aplicação

Assim, fica claro que o Batismo no Espírito Santo é uma capacitação indispensável para a eficiência da obra de Deus e o melhor exercício de uma vocação. É preciso que os vocacionados se encham do Espírito Santo para fazer a obra de Deus com poder. Um poder que vem do alto, que vem de Deus. Deixe claro que não é vontade divina viver uma vida espiritual sem experimentar uma dimensão mais profunda do Espírito Santo.


PARCEIRO (a) da Escola Dominical

O nosso site tem gastos para permanecer no ar oferecendo conteúdos importantes para professores e alunos da Escola Dominical. Por favor seja parceiro (a) de nosso site.

FAÇA UMA PEQUENA DOAÇÃO, Clique em nosso Botão:

DOAR AQUI

Obs. Somos gratos por você fazer parte dessa parceria. Obrigado.



Imagens de tema por gaffera. Tecnologia do Blogger.