FECHAR <-----

Lição 6: Quem Domina a sua Mente (Subsídio)

Seja bem-vindo (a) ao subsídio bíblico para a classe de Adultos.
Lição: 6
Revista do 1° trimestre de 2019 – CPAD
Veja a continuação deste estudo em Nosso “E-book Subsídios EBD”. Vol. 15 – Clique Aqui.
INTRODUÇÃO
“Como você pensa determina quem você é. Por isso, a Escritura adverte-o para ter cuidado com o foco de sua atenção (Filipenses 4.8). Sua vida atual é resultado de seu pensamento de ontem. Sua vida de amanhã será determinada pelo que você pensa hoje”. [1]

“O que ocupa sua mente e o que você pensa pesa mais do que todas as outras coisas. Sua percepção da vida determina quanto você ganha, onde vive e quem se tornará”.[2]
Veja também:

I – A BATALHA NA MENTE
A mente é o campo de batalha espiritual na guerra espiritual. Cada ataque de Satanás envolve a mente humana.  Embora o Diabo não possa interagir diretamente conosco, de modo físico, pode ter acesso a nossas mentes. Ele não pode ler a nossa mente, mas pode influenciar os nossos pensamentos.
 
1. O conceito de mente (Rm 11.34; 1Co 2.16; 14.14; 2Co 11.3)
Vejamos alguns significados para o termo “mente” (do grego nous).

ü  No ser humano, faculdade de entender, de pensar reflexiva e afetivamente; entendimento, cognição.
ü  Parte imaterial de alguém, em que se encontra a sensibilidade, a inteligência; pensamento, intelecto.
ü  Parte de uma pessoa em que estão às lembranças, as experiências de vida; memória.

O vertiginoso potencial da mente humana atinge seu ápice na possibilidade de processar a mente de Cristo através do ministério do Espírito Santo - uma possibilidade confirmada por Paulo, ao dizer: “... nós, porém, temos a mente de Cristo”, uma mente que está sendo constantemente renovada (1 Co 2.16; Rm 12.2).

Ter a mente de Cristo (Ver 1 Co 2. 12) significa pensar como Ele. Para sabermos o que Cristo pensa sobre os mais diversos assuntos, os quais envolvem a nossa vida e o mundo espiritual, então precisamos conhecer a Bíblia Sagrada.

2. Por que O Diabo ataca a mente
ü  O maior mandamento inclui amar a Deus com toda a sua mente. Esta é uma das razões principais pelas quais ele, Satanás, peleja por sua mente (Mateus 22.37-38).

ü  Satanás peleja por sua mente porque ela está intimamente relacionada com seu coração e sua boca (Mateus 15.18-19).

ü  Satanás peleja por sua mente porque a maneira como você pensa afeta a maneira como você age (Provérbios 23.7).

O Diabo sabe que se você pode controlar sua mente, você pode controlar seu corpo, suas ações e seu espírito.
 
3. Detectando a interferência de espíritos malignos na mente
a) Se a mente estiver agindo fácil e tranquilamente na ação normal do momento, mas surgirem lampejos, sugestões ou pensamentos desconexos, fora de sequência e sem uma relação ordenada com o raciocínio.

b) São duas maneiras pelas quais o inimigo coloca pensamentos na mente

ü  Por meio de comunicação direta com a mente;
ü  Ou na forma indireta atacando o espírito, causando sentimentos indesejáveis, irritação, etc.

Ø  LEMBRETE. Pensar é quando a mente se ocupa de alguma coisa e não quando alguma coisa ocupa a mente.

4. Métodos usados pelo Diabo para atacar a mente
a) Questionar a autoridade de Deus
A primeira tentação do homem começou na mente. Começou com esta estratégia: questionar a autoridade de Deus (Gn 3.1). Questionar a Deus e a Sua Palavra levam à dúvida, à incredulidade, e ao ceticismo.

b) O Engano (1 Timóteo 4.1).
Satanás usa mentiras, cultos e “espíritos religiosos” para enganar a milhões em nosso mundo hoje.

Espíritos sedutores da parte de Satanás atacam a mente para distorcer a verdade da Palavra de Deus.

“Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios” (1 Timóteo 4.1).
c) Cegueira espiritual[3]
Satanás opera nas mentes dos não crentes para cegá-los à verdade do Evangelho (2 Coríntios 4.4).

d) Isolamento
O propósito desta estratégia é isolar-lhe do resto do corpo de Cristo. Visto que os crentes funcionam juntos no ministério como um corpo, o isolamento lhe torna não funcional.

Exemplos de homens de Deus que foram atacados mentalmente por Satanás e se isolaram são Elias (1 Reis 19) e Jonas (Jonas 4.5-11).

e) Motivos errados nas ações
Satanás tratará de criar motivos errados para o serviço cristão colocando-os sutilmente em sua mente. Satanás provoca motivos errados para desejar o poder de Deus. Você pode encontrar um exemplo dele em Atos 8.18-23 na história de um homem chamado Simão.

f) Rebelião
Satanás também introduz pensamentos rebeldes dentro de sua mente. Rebelião é desobediência voluntária contra a autoridade de Deus. A rebelião foi o pecado original de Satanás.

g) Acusação e condenação
Satanás é chamado “o acusador dos irmãos” (Apocalipse 12.10). Ele envia dardos inflamados de acusação a sua mente, fazendo-se sentir inferior e condenando-se. Ele lhe dará sentimentos de culpa, vingança, indignidade e vergonha.

h) Impureza sexual
Satanás introduzirá pensamentos de impureza sexual, luxúria, e fantasias sexuais mentais. Jesus disse: “Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela” (Mateus 5.28).

i) Pensamentos errados
Se você permite que Satanás persista em pensamentos de depressão, suicídio, tormento, acusação, etc., você pode tornar-se mentalmente enfermo.
VEJA A CONTINUAÇÃO DESTE ESTUDO AQUI


[1] JOHN C. MAXWELL
[2] JOHN C. MAXWELL
[3] Distúrbio da razão; falta de discernimento.