O que Jesus quis dizer quando afirmou que, para segui-lo, devemos ‘aborrecer’ pai, mãe, mulher e filhos (Lc 14.26)?

Os cuidados da vida, diante do nosso compromisso de servirmos a Jesus sem reservas, podem levar-nos a fazer a pergunta de Pedro: “Eis que nós deixamos tudo, e te seguimos. Que receberemos?”, Mt 19.27.

👇 LEIA TAMBÉM 👇

👉 O Desafio de Educar Filhos em um Mundo Conturbado

👉 Limites aos Filhos sem Excessos

👉 A Conduta do Crente em Relação à Família

👉 Outros Tipos de Famílias


É muito natural desenvolvermos preocupações com os nossos familiares, e a respeito disse o apóstolo Paulo nos admoesta. dizendo: “Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, principalmente da sua família, negou a fé, e é pior que o infiel", lTm 5.8.

 

Também somos muito propensos a vivermos solícitos conosco mesmos e não há erro algum nisso, contanto que não haja excessos. “Tem cuidado de ti mesmo” (lTm 4.16) foi a  recomendação do apóstolo Paulo.

 

Logo, as palavras de Jesus em Lucas 14.26 não têm por objetivo levar-nos a odiar nossa família, mas alertar-nos para que atentemos para outro lado da questão.

 

Pela Palavra de Deus, todos sabemos que a salvação já nos é garantida pela graça e fé no sacrifício de Cristo na cruz do Calvário, porém seguir a Jesus tem um preço.

 

O modelo bíblico para seguirmos a Jesus e sermos seus fiéis discípulos requer renúncia e aprendizado constante. Dessa forma, entendemos que o Senhor não nos está dizendo que devemos ser relapsos no que tange às nossas obrigações em relação aos nossos familiares, mas que não devemos abandonar a nossa fé por causa da nossa família.

 

A palavra aborrecer, na versão Revista e Corrigida de Almeida, significa, tão somente, amarmos menos (Mt 10.37) e secundarmos tudo em nossa temporal existência, inclusive nossa família, para priorizarmos o Reino de Deus (Mt 6.33).

 

Todos os elementos citados no texto de Lucas 14.26 são importantes, se não o Senhor não os mencionaria. Porém, são todos passageiros, e não podem, em momento algum, ocupar o espaço que corresponde ao Senhor nosso Deus, que é Eterno.

A Bíblia responde de modo claro e convincente que vale a pena deixar tudo que porventura embarace os nossos passos no seguir a Jesus.

 

Quando aceitamos o desafio do Mestre de o seguirmos sem reservas de esforços e sem estabelecermos condições, já podemos ouvi-lo responder pela Palavra: “Todo aquele que tiver deixado casas ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou filhos, ou terras por amor do meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna”, Mt 19.29.


Deixar tudo por Jesus, se assim for necessário, é uma atitude de amor obediente, uma demonstração prática de uma vida de fé e confiança nas infalíveis promessas de Deus. A recompensa fica assegurada a quem deste modo procede.


Artigo: Pr. Temóteo R. Oliveira


Leituras para Aprofundar

Informações Aqui
***
***
***

Informações Aqui

***

Informações Aqui

***

Informações Aqui


Imagens de tema por gaffera. Tecnologia do Blogger.