LIÇÕES BETEL - Lição 6: A ação do Espírito Santo diante das Adversidades

ASSUNTO DA REVISTA: Triunfando sobre as batalhas e as adversidades da vida

Comentarista: Bispo Samuel Ferreira

Fonte: Revista Lição Bíblica Dominical – 3° trimestre de 2021 – Revista de Professor


📚 TEXTO ÁUREO

"O Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê, nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco e estará em vós." João 15.17

💡 VERDADE PRÁTICA

É por meio da ação do Espírito Santo que experimentamos a dimensão divina e conseguimos vencer as adversidades.

🎯 OBJETIVO da LIÇÃO

1. Apresentar os títulos do Espírito Santo.

2. Falar sobre a ação do Espírito na igreja e na vida do crente.

3. Discorrer sobre as qualidades do Espírito Santo.

📖 TEXTO DE REFERÊNCIA

JOÃO 14. 16 - 20

LEITURAS COMPLEMENTARES

SEGUNDA/Jo 16.13: O Espirito da verdade.

TERÇA / Jo 20.22: Promessa do Espírito sobre os discípulos.

QUARTA/At 1.8: O Espírito nos ajuda a testemunhar Cristo.

QUINTA/Rm 8.2: O Espírito da vida.

SEXTA / 2Co 5.5: O penhor do Espírito.

SÁBADO/2Co 13.14: A comunhão do Espírito.

🔊 HINOS SUGERIDOS 🎵

5 - Ó Desce Fogo Santo

24 - Poder Pentecostal

122 - Fogo Divino

🛐MOTIVOS DE ORAÇÃO

Ore para que o Espírito Santo fortaleça a união e a comunhão dos irmãos.

ESBOÇO DA LIÇÃO

Introdução

1. O Espírito Consolador

2. A orientação do Espírito Santo

3. A ação do Espírito Santo

Conclusão

INTRODUÇÃO

O Espírito Santo se apresenta na Bíblia com inúmeras atribuições e em especial a de nos auxiliar nos momentos mais difíceis da caminhada. Nesta lição veremos como Seus títulos expressam o Seu agir e como isso pode nos ajudar a vencer as adversidades.

 

👍 PONTO DE PARTIDA

O Espírito Santo nos auxilia nas adversidades.

 

1. O Espírito Consolador

O Espírito Santo é a terceira Pessoa da Santíssima Trindade. Ele é Deus, procede do Pai, e é enviado pelo Filho para nos ajudar diante das adversidades da vida. Ele é denominado como o "parakletos", o Consolador.

 

1.1. O Espírito Santo nos auxilia nas adversidades.

O Consolador [Jo 14.16], do grego “parakletos”, que significa literalmente "alguém que é chamado para estar ao lado", é um adjetivo verbal que sugere alguém com capacidade de prestar ajuda. No grego antigo um "parakleto" era uma pessoa que aconselhava, um líder que tinha o propósito de sustentar e treinar um grupo de pessoas para um determinado propósito, uma pessoa convocada para auxiliarem meio a determinada circunstância em que não se poderia vencer sozinho. No Antigo Testamento, o Espírito que capacitava os profetas a exercer seu ministério e receber a revelação de Deus [Zc 7.12]. Assim como era na antiga aliança, o Espírito de Deus continua auxiliando Sua igreja nas dificuldades e na sua função.

 

■ Subsídio do Professor

A maioria dos tradutores traduzem o termo 'para kl et os" de 1 João 2.1 como advogado, contudo, quando o vocábulo aparece no quarto evangelho, muitas são as diferentes traduções, como consolador, ajudador, aquele que fica ao lado, conselheiro, auxiliador. Barclay afirma que “a palavra parakletos é de difícil tradução, tendo em vista que significa tanta coisa que uma única palavra em português não a traduz de uma forma mais adequada". No entanto, todas essas qualidades e atributos se encaixam perfeitamente na ação do Santo Espirito.

1.2.   O Espírito Santo advoga as nossas causas.

A Bíblia faz algumas referências aos processos jurídicos no mundo antigo. A própria palavra justificação é um termo forense que tem relação com o ato do juiz tornar o réu inocente [Rm 3.20]. Já na Grécia antiga, a palavra "parakletos" era o termo utilizado para se referir ao advogado. Um "parakletos'' era o amigo do réu, chamado para pleitear a favor deste, a fim de conseguir a absolvição diante do juiz -advogado de defesa. Ele é, portanto, um intercessor por natureza, um mediador, um intérprete [Rm 8.26]. 0 Espírito na vida do crente é a presença iluminadora, fortalecedora e capacitadora que nos exorta e intercede as nossas causas.

 

Subsídio do Professor

No evangelho de João Jesus afirma que enviaria "outro" Consolador [Jo 14.16]. Vine explica que a utilização do termo "outro" (do grego ‘alios’, outro do mesmo tipo) e não o termo "heteros" (outro, de diferente tipo), denota que assim como Jesus, o Espírito Santo possui natureza divina, e assim como o Filho de Deus estava com Seus discípulos em todas as circunstâncias, o Espirito Santo não os deixaria órfãos. É interessante que assim como Jesus é o nosso advogado [1 Jo 2.1], e intercede a nossa causa diante do Pai, o Espírito também intercede por nós, mas, sentindo em nós as nossas dores e gemidos.

 

1.3.   Somos consolados e confortados pelo Espírito.

A palavra ''parakletos" também aparece no sentido de consolar. Na Septuaginta (LXX), o termo é usado no Salmo 71.21, e em Isaías 40.1-2; e é usado no sentido de expressar aquele que vai consolar e confortar outro diante das dificuldades. Outrossim, este consolo e conforto é sempre um ato de capacitação que faz com que o fiel se ponha de pé e enfrente os obstáculos. Somos capacitados por Deus para enfrentar as dificuldades, O próprio profeta Jeremias, que no exercício do ministério vivenciou momentos de tristeza e sofrimento [Jr 9.1], foi capacitado por Deus para trazer uma difícil mensagem de arrependimento e de juízo ao povo de Israel. Deus conhece nossa estrutura e nos capacita através do seu Santo Espírito para vencer as batalhas [2Tm 1.7],

 

Subsídio do Professor

Assim como o Espírito Santo nos consola e conforta em meio às tristezas e dificuldades da vida, a igreja do Senhor, por ser o templo de Deus, deve agir dessa forma como lugar de acalento, acolhida e segurança. Em uma sociedade onde são incentivados o individualismo e a competição, é na Igreja que devemos encontrar o apoio e suporte para juntos vencermos as dificuldades. Diante da perda, da doença e/ou do luto, a presença de um irmão é mais importante do que muitas palavras. Que possamos sorrir com os que se alegram e chorar com os que choram [Rm 12.15].

EU ENSINEI QUE

O Espirito Santo é aquele que nos auxilia diante das dificuldades, advoga as nossas causas de forma a sentir o nosso sofrimento e nos consola de tal forma que nos coloca novamente de pé e nos capacita a vencer os obstáculos.

 

2. A orientação do Espírito Santo

O Espírito nos orienta a viver uma vida conforme a vontade de Deus pautada nos ensinos contidos nas Sagradas Escrituras. Ao seguirmos Suas orientações poderemos viver uma vida plena em Deus [Ef 4:13].

 

2.1. A ação do Espírito Santo na vida de Jesus.

Podemos ver a ação dinâmica do Espírito Santo na vida e no ministério de Jesus. Desde seu nascimento virginal [Lc 1:35], em sua infância diante dos mestres da lei [Lc 2.46], o Espírito ensinava o menino Jesus conforme crescia [Lc 2:52]. Após o Seu batismo, no início de Seu ministério, o Espírito Santo desceu sobre Jesus em forma de uma pomba [Mt 3:16]. Em seguida, Jesus foi conduzido ao deserto pelo Espírito onde foi tentado pelo diabo [Mt 4.1]. O Espírito estava com Jesus em todo Seu ministério, pois, Seus atos poderosos eram oriundos do Espírito [Lc 12:10]. Após ressuscitar, Jesus deixou o Seu Espírito sobre os Seus discípulos [Jo 20.22], que hoje é a Sua Igreja. Assim como Ele esteve com Jesus e em Seu ministério, Ele está conosco, nós não estamos sozinhos [Jo 14.17-18].

Subsídio do Professor

Jesus promete o Seu Espírito aos Seus discípulos [Lc 24:49]. No entanto, é interessante notar que existem dois relatos que, aparentemente, apresentam a doação do Espírito: João 20.22 e Atos 2.1-13. Segundo Goppelt, “a promessa do Espírito como na despedida do Cristo ressurreto através do seu sopro representa uma ação simbólica em que seus discípulos posteriormente receberão em Atos 2.4”. Por isso, a partir da descida do Espírito inicia a caminhada da Igreja.

 

2.2. A ação do Espírito Santo na vida da Igreja.

O cristão é filho de Deus por adoção por intermédio de Cristo [Gl 4:5], contudo, é somente através da ação auxiliadora do Espírito que expressamos nossa condição e sentimento de filhos. Pois, assim como Jesus foi ressuscitado pelo Espírito: “E, se o Espírito daquele que dos mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dos mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.” [Rm 8.11], a Igreja será vivificada pelo mesmo. O Espírito é o sinal de que a Igreja pertence ao Senhor, como o selo [Ef 1.13]; e a garantia antecipada de sua salvação como o penhor [Ef 1:14]. Portanto, a Igreja de Cristo age de acordo com a orientação e vontade do Espírito.

 

Subsídio do Professor

Em relação ao selo, Keener afirma que pessoas importantes tinham símbolos em seus anéis que, ao serem pressionados em cera aquecida, atestavam sua origem e pertença. Já Barclay, sobre o penhor (do grego, “arrabon”), afirma que ele era um termo comercial que significava o pagamento antecipado por algo, ou seja, o Espírito Santo na vida do crente é o primeiro sinal de Deus sobre a sua salvação plena na glória. É a presença do Espírito que é a nossa garantia da salvação escatológica.

 

2.3. A ação do Espírito Santo na vida do cristão.

Tendo em vista que o cristão deve viver de acordo com a revelação de Deus em Jesus e na Sua Palavra, será o Espírito Santo que capacitará o crente a interpretar, compreender e viver uma vida que agrada a Deus. O Santo Espírito nos “guiará em toda a verdade” [Jo 16.13], contudo, esta promessa exige de nós uma resposta positiva de esforço, estudo e aplicação. Horton afirma que o Espírito nos conduzirá em toda a verdade à medida que lermos e estudarmos cuidadosamente a Bíblia, sob Sua orientação e com humildade [Lc 12:12]. Só podemos ser lembrados das coisas que um dia, ou vivenciamos, ou aprendemos. Muitos acham que Deus vai usá-los em Sua Palavra, ou orientá-los sem que aja uma dedicação às Sagradas Escrituras. Deve haver uma justaposição entre ensino/ aprendizado e prática.

 

Subsídio do Professor

A Bíblia nos informa que muitas das ações de Jesus não foram entendidas inicialmente pelos Seus discípulos e que somente depois da ressurreição dEle que passaram a entendê-las [Mt 16:9; Jo 2.22]. Portanto, é o Espírito Santo que ilumina a nossa mente e nos auxilia a entendermos os mistérios de Deus.


EU APRENDI QUE

O Espírito Santo nos orienta a viver uma vida que agrada a Deus.

 

3. A ação do Espírito Santo.

Os títulos do Espírito Santo revelam a Sua forma de agir e auxiliar todo aquele que crer.

 

3.1. O Espírito da vida.

O Espírito se manifesta como o Espírito da vida. É Ele que capacita o ser humano a um novo relacionamento, que, através da comunhão, se transforma em uma nova comunidade. Portanto, aquele que morreu e ressuscitou com Cristo, recebeu a nova vida do Espírito: no batismo, pelo mesmo Espírito, fomos todos acolhidos num único corpo [1Co 12:13]. A Igreja é, portanto, um organismo vivo porque tem dentro de si o Espírito de vida, ela é Corpo de Cristo e templo de Deus, no qual habita o Espírito [1Co 3:16].

 

Subsídio do Professor

O Espírito é representado como aquele que doa a vida. O vocábulo utilizado aqui não é a vida “bios”, que possui um conteúdo e significado mais ético, mas, sim, a vida “zoe”, que se expressa como uma vida com significado existencial, uma vida plenificada. Sempre nas Escrituras quando aparece a palavra “vida eterna”, vida aqui é “zoe”. Quando tem a plena convicção do propósito e sentido de sua vida, o cristão vivencia as provações com mais firmeza e esperança, pois ele entende que todas as coisas contribuem para o seu bem [Rm 8.28].

 

3.2. O Espírito da Verdade.

Tendo em vista que Jesus é a verdade [Jo 14.6], o Espírito da Verdade é aquele que revela o Cristo. Assim como o Filho revela o Pai, o Espírito revela o Filho. Na dinâmica trinitária, Deus Pai envia o Filho e não é enviado; o Filho é enviado e envia o Espírito; o Espírito é enviado do Pai pelo Filho. É Ele quem convence o homem do pecado, da justiça e do juízo [Jo 16.8]. Uma vida pautada no Espírito é pautada na verdade que aponta para Cristo. Verdade aqui é uma relação sincera e exclusiva com Deus através de Seu Unigênito. Diante de um mundo onde a verdade se tornou relativa, temos o Espírito da Verdade.

 

Subsídio do Professor

O oriental interpreta o conceito de verdade diferente do que o ocidental, por isso, muitas vezes, não conseguimos entender de forma satisfatória quando a Bíblia fala sobre verdade. A concepção básica de verdade na Bíblia, como afirma Konings, é que antes de tudo ela é existencial, e serve a um desejo prático de conhecimento para a vida, e não somente um conhecimento teórico ou especulativo. Por isso, verdade serve o seu propósito básico de ser algo fidedigno, sincero, digno de confiança e verdadeiro em sua essência. Podemos confiar verdadeiramente no Deus que está conosco através de Seu Espírito.

 

3.3. O Espírito Santo.

A palavra Santo apresenta o caráter e a natureza de Deus. Com isso, o Espírito age no ser humano no que tange à santificação. Essa santificação é tanto progressiva como posicional, ou seja, o cristão é santo por ser santificado pelo sacrifício de Cristo e pela ação do Espírito, mas, também, deve viver uma vida de santificação, se apartando do mal e do pecado. Uma vida de santificação fortalece o cristão e o torna inabalável diante das adversidades.


Subsídio do Professor

Em Deus, santidade vai além de uma qualidade em Deus, é Sua natureza, assim como no ser humano, santidade é uma condição, pois ele só é santo porque Deus o tornou assim. Por isso, buscar a santidade é antes buscar a presença de Deus, pois sem a santidade ninguém verá o Senhor [Hb 12.14]. Uma vida na presença de Deus é sinônimo de uma vida vitoriosa.

 

Revista BETEL | 3° Trimestre De 2021 | Betel Dominical Adultos – Triunfando sobre as batalhas e as adversidades da vida | Lição 06: A ação do Espirito Santo diante das adversidades


EU APRENDI QUE

Vida, verdade e santidade são dádivas e condições para um viver pleno na presença de Deus e que nos auxiliam nas adversidades.


CONCLUSÃO

A ação do Espírito Santo na Igreja é que a tem capacitado e auxiliado. Desde o seu início em Pentecostes, o Espírito Santo se revela como aquele que nos sustenta e que garante a nossa vitória diante das tribulações e provações.

🔍PÁGINAS👇INDICADAS🔍

  • ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL
  • SUBSÍDIOS BÍBLICOS
  • ESTUDOS BÍBLICOS
  • CURIOSIDADES BÍBLICAS
  • AUXÍLIOS PARA PROFESSORES EBD
  • FAZER PESQUISAS
  • Bem Vindo (a) a nossa Loja de E-books e Apostilas

    Informações Aqui
    ***
    ***
    ***

    Informações Aqui

    ***

    Informações Aqui

    ***

    Informações Aqui

    ***

    Informações Aqui

    ***

    Informações Aqui



    Imagens de tema por gaffera. Tecnologia do Blogger.