FECHAR <----

Subsídios EBD,  Apóstolos, Profetas, Escola Dominical...
Subsídio Bíblico para a Lição dos Adultos (CPAD). Lição: 8 | 2° Trimestre de 2020
***

O alicerce da Igreja foi lançado pelos apóstolos e pelos profetas do Novo Testamento. Jesus Cristo é o Fundamento (1 Co 3.11) e a Pedra Angular [1](SI 118.22; Is 8.14). A pedra angular é responsável pela integração da estrutura; Jesus Cristo uniu judeus e gentios na Igreja.

Os apóstolos e profetas NÃO eram o fundamento da igreja. Cristo é o fundamento da igreja. Porém, foram eles que lançaram o fundamento através das doutrinas que ensinaram sobre a pessoa e obra do Senhor Jesus. A igreja é fundada sobre Cristo no sentido de que ele foi revelado através do testemunho e dos ensinamentos dos apóstolos e profetas. Quando Pedro confessou-o como Cristo, o Filho do Deus vivo, Jesus anunciou que a sua igreja seria edificada sobre esta pedra, a saber, sobre a verdade sólida de que Jesus era o ungido de Deus e o seu Filho único (Mt 16.18).

1) Apóstolos

O termo grego apóstolos é usado para “enviado” ou “mensageiro”. Todo o apostolado é centrado em Cristo, que foi enviado para ser o salvador do mundo (Hb 3.1; 1 Jo 4.14). Mateus, Marcos e Lucas usam o termo quando se referem aos 12 escolhidos por Cristo (Mt 10.2-5; Mc 6.30; Lc 6.13). Paulo, Tiago e, possivelmente, Barnabé também foram comissionados como apóstolos (At 14.14; 15.13; 1 Co 9.1-6; 15.8-9). Aos apóstolos foi confiado o ministério da Palavra para instruírem a Igreja (At 6.2-4).

2) Profetas

A palavra grega prophetes significa proclamador e intérprete da revelação divina. A expressão “edificado sobre o fundamento dos apóstolos e profetas (Ef 2.20)”, trata-se dos apóstolos e profetas do Novo Testamento. De forma alguma o texto faz referência aos profetas do Antigo Testamento porque esses nada sabiam acerca da igreja (William MacDonald). “Em Efésios, as duas ocorrências onde apóstolos e profetas foram mencionados em conjunto (Ef 3.5; 4.11) a referência é claramente aos profetas cristãos como líderes da Igreja”.[2]


3) A doutrina dos Apóstolos
No Dia de Pentecostes, quase três mil almas converteram-se ao Senhor (At 2.14-39). Apesar de um crescimento tão surpreendente, os discípulos “perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações” (At 2.42).

Os apóstolos do Novo Testamento foram os mensageiros originais, testemunhas e representantes autorizados do Senhor crucificado e ressurreto (Ef 2.20). Foram as pedras fundamentais da igreja, e sua mensagem encontra-se nos escritos do Novo Testamento, como o testemunho original e fundamental do evangelho de Cristo, válido para todas as épocas.

Todos os crentes e igrejas locais dependem das palavras, da mensagem e da fé dos primeiros apóstolos, conforme estão registradas historicamente em Atos e nos seus escritos. A autoridade deles é conservada no Novo Testamento. As gerações posteriores da igreja têm o dever de obedecer à revelação apostólica e dar testemunho da sua verdade.

Todos os crentes e igrejas serão verdadeiros somente à medida em que fizerem o seguinte:

a) Aceitar o ensino e revelação originais dos apóstolos a respeito do evangelho, conforme o NT registra, e procurar manter-se fiéis a eles (At 2.42). Rejeitar os ensinos dos apóstolos é rejeitar o próprio Senhor (Jo 16.13-15; 1 Co 14.36-38; Gl 1.9-11).

b) Continuar a missão e ministério apostólicos, comunicando continuamente sua mensagem ao mundo e à igreja, através da proclamação e ensino fiéis, no poder do Espírito (At 1.8; 2 Tm 1.8-14; Tt 1.7-9).

(c) Não somente crer na mensagem apostólica, mas também defendê-la e guardá-la contra todas as distorções ou alterações. A revelação dos apóstolos, conforme temos no NT, nunca poderá ser substituída ou anulada por revelação, testemunho ou profecia posterior (At 20.27-31; 1 Tm 6.20).
👉 ATENÇÃO!
Peça a Continuação deste Subsídio Clique Aqui!


👍 Sugestão de Leitura – Clique e veja:




[1] A Igreja que Deus está edificando tem uma “pedra da esquina” (ou pedra angular) que é o próprio Senhor Jesus Cristo (2.20b). Qual é a importância desta pedra angular? Esta palavra, tanto aqui como em 1 Pedro 2.6, foi extraída de Isaías 28.16, “Portanto, assim diz o Senhor Jeová. Eis que eu assentei em Sião uma pedra, uma pedra já provada, pedra preciosa de esquina, que está bem firme e fundada...” Essa pedra é “uma parte essencial da fundação” (Stott, 107) e serve para manter toda a estrutura unida (2.21a). A partir daí, todo o restante da fundação será colocado ao longo da linha dos muros futuros; e a partir dela, como um ponto fixo de referência, os muros se levantarão em linha reta, com o ângulo exterior da fundação assegurando que os demais ângulos sejam verdadeiros. A pedra de esquina ocupa um lugar proeminente em toda a estrutura. Antigamente, muitas vezes o nome do rei era inscrito nesta. A Igreja, como templo de Deus, está sendo completamente edificada a partir da revelação de Cristo, elaborada e comunicada através do ministério de apóstolos e profetas (Comentário Bíblico Pentecostal – Novo Testamento, CPAD).
[2] ARRINGTON, French (Ed.). Comentário Bíblico Pentecostal do Novo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2003

 
Top