FECHAR <-----

Como o Cristão Deve Portar-se?

O comportamento do verdadeiro cristão, o estilo de vida, a conduta, a postura e o seu andar diário podem levá-lo à vitória, ao sucesso, à felicidade, ou ao fracasso, à derrota e à infelicidade. Todos enfrentamos tentações procedentes do diabo com o propósito de destruir-nos.

1. Andar prudentemente
Prudência significa sabedoria, cuidado, cautela e sensibilidade. Diante das tentações, que são muitas e buscam atingir todas as áreas da vida, é preciso andar prudentemente com muita habilidade, a fim de que não entre no processo, pois, o pecado conduz à derrota (Ef 5.15).
2. Andar honestamente
Todo cristão verdadeiro deve buscar um alto padrão de conduta moral que enalteça o nome do Senhor Jesus e que o capacite a viver vitoriosamente ao surgirem as tentações. Em um mundo materialista, dominado pelo pecado voraz em que vivemos, é preciso portar-se honestamente diante das ofertas, propostas e ciladas terríveis do inimigo. Andar no Espírito e não provocar os desejos carnais. A honestidade mantém a mente calma e tranquila e o espírito livre das aflições e culpas.

3. Andar ordenadamente
Antes de a pessoa conhecer a Cristo, sua vida era desordenada; não somente isto, mas a conduta, os hábitos, o andar diário eram completamente fora de ordem. Andava e vivia desordenadamente.

No combate espiritual, o soldado de Cristo precisa estar em ordem. Aparência, vestimenta, higiene pessoal, vigilância constante, determinação, armamento adequado e persistência no cumprimento da missão são fatores que certamente contribuem para a vitória diante das tentações (2 Ts 3.7).

4. Praticar as boas obras
Uma forma eficaz, altamente produtiva, para se obter vitória nas tentações, por piores que sejam, é andar constantemente praticando boas obras.

O cristão pode e deve neutralizar as tentações, envolvendo-se na prática das boas obras.

Tiago observa que as boas obras não salvam. Ninguém entrará no céu pela prática de boas obras. No entanto, ele mesmo afirma que a fé sem as obras de nada se aproveita (Tg 2.14-17).

5. Andar em amor
Não existe nada mais sublime, profundo, poderoso, benéfico e saudável do que viver no amor. O amor é a virtude maior, pois é a essência do caráter e da personalidade do próprio Deus.

A maior expressão de amor vem do próprio Deus em ter mandado Seu próprio Filho para salvar a humanidade (Ef 5.2).

Viver o amor intensamente, praticar o mesmo, exercer individualmente esta virtude maior é mandamento para os filhos de Deus. Andar em amor significa receber o próprio Deus, isto é, Deus dando forças e ajuda na hora da peleja. O amor expulsa o medo (1 Jo 4.18).

Artigo: Revista Lições da Bíblia. N° 8 – Ano 2 – Central Gospel.

Auxílios para a Escola Dominical
Receba Lições, Artigos, Vídeos e Subsídios! É Grátis. Digite seu E-mail e em seguida abra o seu e-mail e clique em nosso link de confirmação: